Após terem a prisão temporária decretada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, o empresário Joesley Batista, um dos donos do grupo J&F, e o diretor de Relações Institucionais do grupo, Ricardo Saud, decidiram se entregar à Polícia Federal (PF); procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou a prisão de Joesley e Saud após a descoberta do áudio de uma conversa de quatro horas entre os dois delatores da Lava Jato; os delatores da J&F querem se antecipar ao cumprimento do mandado de prisão de Fachin e estão em São Paulo, tendo que se deslocar para Brasília para se entregar à PF.

.

.

Do Brasil247


Foi uma demonstração de força e de articulação, antes de tudo.

Mesmo diante das mais diversas críticas – e até de chacotas -, o presidente interino da Câmara dos Deputados, André Fufuca (PP), manteve-se focado e em contato permanente com os líderes dos partidos e conseguiu, ontem (5), aprovar em plenário o texto principal da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 282/16, do Senado, que veda coligações para eleições proporcionais e cria uma cláusula de desempenho para o acesso de partidos ao Fundo Partidário e ao tempo de propaganda em rádio e TV.

A proposta, relatada pela deputada Shéridan Oliveira (PSDB-RR), teve 384 votos favoráveis e 16 votos contrários, em votação em primeiro turno.

Após a aprovação, Fufuca comemorou o avanço de parte da reforma política, depois de semanas de impasse. “Independentemente do resultado que nós iremos ver ao abrir as urnas, esta Casa é vencedora. Esta Casa não se furtou a ser pai da sua própria decisão, a ser pai do seu próprio destino”, disse.

A votação foi realizada depois de um acordo de procedimento feito entre os líderes dos principais partidos. Pelo acordo, a análise da proposta só será retomada depois que os deputados decidirem sobre outra PEC da reforma política: a PEC 77/03, relatada pelo deputado Vicente Candido (PT-SP), que altera o sistema para eleição de deputados e vereadores e cria um fundo público para o financiamento das eleições.

A decisão sobre o sistema eleitoral terá prioridade porque influencia diretamente as regras sobre coligações: por exemplo, se for aprovado o chamado “distritão”, que seria a eleição pelo sistema majoritário de deputados e vereadores em 2018 e 2020, o sistema de coligações não afeta a distribuição das cadeiras. Por outro lado, se as mudanças forem rejeitadas e ficar mantido o sistema proporcional atual, as regras para as coligações são determinantes para o resultado.

Texto aprovado

Em termos gerais, a proposta aprovada hoje preserva as prerrogativas dos partidos para adotar os critérios de escolha e o regime de suas coligações nas eleições majoritárias (governador, prefeito, senador e presidente da República), “vedada a sua celebração nas eleições proporcionais” (deputados e vereadores). A regra vale a partir de 2018.

Quanto à cláusula de desempenho, haverá uma transição até 2030 quanto ao índice mínimo de votos obtido nas eleições para a Câmara dos Deputados ou de deputados federais eleitos. Esse índice será exigido para acesso ao Fundo Partidário e ao horário gratuito de rádio e televisão.

Há, no entanto, destaques para tentar alterar o texto. O PPS, por exemplo, quer adiar a vedação das coligações para 2020, como previa o texto original da proposta. Já o PCdoB e o PR apresentaram pedidos para retirar do texto a expressão “vedada a sua celebração nas eleições proporcionais”, mantendo o sistema atual. Também há destaques contra a janela para mudança de partidos, alterações no acesso ao Fundo Partidário, entre outros pontos.

Relatora da proposta, a deputada Shéridan disse que as mudanças não são a reforma política ideal, mas uma reforma que vai ajudar a corrigir distorções do sistema político atual.

“É importante que a sociedade traduza os seus votos vendo seu candidato eleito e não essa conta absurda [do quociente eleitoral de coligações] que, muitas vezes, elege quem nem tem voto para estar onde está. E ninguém está sendo tolhido na cláusula de desempenho proposta. É apenas exigir um mínimo de representação nacional para distribuir esses recursos do Fundo Partidário e do tempo de rádio e de televisão. É racionalizar”, defendeu.


A Polícia Federal encontrou um ‘bunker’ em Salvador, num endereço ligado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima.

No local, de acordo com os investigadores, o aliado de Michel Temer armazenava dinheiro de corrupção.

O dinheiro, em malas e caixas de papelão, foi levado em carros a um banco, onde será depositado em uma conta judicial.

A operação, nomeada de Tesouro Perdido, foi autorizada pela 10ª Vara Federal de Brasília. O endereço foi encontrado com informações obtidas na Operação Cui Bono, que prendeu Geddel no início de julho.

O político baiano conseguiu um habeas corpus e cumpre hoje prisão domiciliar.

Significado de Bunker:

Esconderijo subterrâneo que contém tudo o que alguém precisa para sobreviver.



O deputado estadual Wellington do Curso (PP) apresentou na Assembleia Legislativa do Maranhão o Projeto de Lei N.º222/2017, que obriga o Governo do Estado do Maranhão a publicar relatório referente às viagens oficiais realizadas pelas autoridades de primeiro escalão do Poder Executivo.

Ao defender o projeto, o deputado Wellington defendeu a transparência enquanto pilar da Administração responsável.

“A transparência na utilização dos recursos públicos deve ser princípio norteador da ação dos Governos. Assim, é de fundamental importância que o Governo amplie os mecanismos de transparência, conferindo ao cidadão a possibilidade de acompanhar e fiscalizar suas ações de maneira simples e direta. A criação do Relatório de Viagem Oficial permitirá à população não apenas acompanhar os gastos do Governo com viagens oficiais, mas também verificar se tais gastos trouxeram impactos positivos para o Estado”, disse Wellington.

De acordo com o projeto, o relatório deverá conter, pelo menos, as seguintes informações :nome das autoridades e demais membros da delegação;cargo ocupado pelos agentes públicos que participarem da delegação; destino da viagem; período, objetivo e despesas da realização da viagem.


Ao votar e aprovar um Projeto de Lei Inconstitucional só para não se indispor com a colega autora, os vereadores de Presidente Dutra não se deram conta de dois grandes problemas que estavam criando; um pra si e outro para os moradores e comerciantes da Avenida Tancredo Neves.

Pra si, é o desgaste político desnecessário provocado pela lambança; e para os moradores, a dor de cabeça que irão ter para trocar seus endereços na Cemar, Caema, Cartões de Crédito, enfim, em todos os locais onde fizeram cadastros.

Problemas maiores enfrentarão os empresários e comerciantes. Estes sim estão “fritos” como se diz no ditado popular. Além de serem obrigados a mudar o endereço de suas empresas nos fornecedores, na Junta Comercial, Receita Estadual e Receita Federal, ainda vão ter que gastar muito com contadores e com pagamentos de taxas nessas repartições; isso sem contar com as enormes filas que terão de enfrentar nos bancos, o que, com certeza transformarão suas vidas num verdadeiro inferno.

“Nisso, nenhum vereador pensou na hora de votar esse projeto oportunista. A pergunta é: Quem vai pagar essas despesas que teremos?”, desabafa um empresário que não quis se identificar.

Em conversa com o Blog o Contador Marquinho Bandeira informa que as mudanças de endereço, caso a Lei seja promulgada pelo prefeito Juran Carvalho, podem ser feitas gradativamente. “Não é necessário fazer a mudança de imediato, logo no dia seguinte; isso pode ir sendo feito à medida em que o consumidor for fazendo novos ou renovando antigos cadastros”, afirmou

Segundo o contador, para as empresas que por força da lei sejam obrigadas a mudar seu domicilio, as taxas são salgadas. “Para Micro e pequenas empresas o valor varia em torno de mil reais e para as societárias, um pouco mais de mil e quinhentos”, declarou Marquinho Bandeira.

Se o PL fosse votado dentro da lei, homenageando uma pessoa morta, estaria correto; mas mesmo assim, moradores, comerciantes e empresários, ainda teriam que ser ouvidos, porque enfrentariam os mesmos transtornos.

O que mais chama atenção são as justificativas da Vereadora Silvia; autora de um Projeto de Lei, que em qualquer Câmara Municipal do mundo formada por vereadores com o mínimo de conhecimento jurídico, já teria nascido morto. Mas esse é assunto para o próximo post.


A tarde do sábado (26) foi especial para Jefferson Ferreira, morador do bairro Alto da Esperança, em São Luís. Pai solteiro, ele levou duas, das cinco filhas, para receber, das mãos do governador Flávio Dino, um cheque no valor de R$ 2,5 mil para realizar melhorias estruturais na casa de um cômodo onde mora. Ele foi uma das 1.500 pessoas que receberam o benefício do Cheque Minha Casa, em evento organizado no Espaço Renascença. 

Moradores de vários bairros de Raposa, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e São Luís receberam os cheques no valor de R$ 2,5 mil, referentes à primeira parcela, e, após a comprovação dos gastos, será entregue o referente à segunda e última parcela do recurso, totalizando R$ 5 mil. 

Com mais essa etapa, o Governo do Maranhão atinge a marca de quatro mil beneficiados com o programa. O Cheque Minha Casa vai trazer um benefício muito grande na vida de Jefferson e de outros milhares de pais e mães de famílias. 

Para ele, terminar a construção da casa de um cômodo em que mora com suas filhas vai melhorar muito a qualidade de vida. “Esse programa vai trazer um benefício muito grande pra mim. Porque eu não tinha recebido nada de Governo anterior nenhum”, relatou.

A história de Jefferson é igual a de milhares de outras famílias de baixa renda do Maranhão, como a de Concita Sousa, moradora da Vila Conceição. Feliz da vida, ela disse que nunca houve um governador que fizesse um projeto desses para as pessoas que precisam. “Conseguir fazer minha casa foi muito difícil. Mas hoje vai ser bem melhor, vai dar uma qualidade de vida muito boa. Estou feliz e emocionada. Torço para que esse projeto beneficie outros mais”, afirmou a dona de casa. 

Os beneficiários do Cheque Minha Casa – prioritariamente idosos, pessoas com deficiência e famílias de baixa renda – podem construir ou adequar suas residências, sendo, em maior parte, solicitações referentes a melhorias ou construções de banheiros, principalmente em lares com idosos. 

Após a execução dos serviços, os beneficiados devem comprovar a aplicação dos valores em acordo com o projeto apresentado. Os cheques têm validade de 90 dias após a emissão.

R$ 20 milhões e quatro mil beneficiados 

Com o fim da primeira etapa do programa Cheque Minha Casa, o Governo do Estado beneficia quatro mil famílias que recebem até três salários mínimos e injetará R$ 20 milhões na economia do Maranhão. 

“Isso possibilita que as famílias possam melhorar suas moradias ao mesmo tempo que nesse momento de recessão econômica no país ajuda na geração de empregos”, ressaltou o governador Flávio Dino. 

Ele também destacou que centenas de postos de trabalho em comércios hoje estão garantidos por conta dessa movimentação econômica, além dos postos de trabalho na construção civil, uma vez que as pessoas compram material de construção e naturalmente contratam pessoas das suas famílias, da vizinhança, para ajudarem a ampliar suas residências. 

“De modo que é um programa completo, muito bem sucedido que vai entrar em novas etapas. Estamos concluindo hoje a primeira etapa, e assim que finalizarmos totalmente, com todos os resultados aferidos, com todas as prestações de contas feitas, vamos lançar um novo edital para que esse programa prossiga já que é uma grande marca, uma grande vitória do nosso Governo e traz tantos benefícios”, garantiu o governador. 

A secretária de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Flávia Alexandrina, sublinhou que o Governo chega à fase final da primeira etapa do programa com muito êxito e propiciando melhoria da qualidade de vida das pessoas que necessitam de mais dignidade em suas moradias. “Agora vamos planejar e programar a próxima etapa no próximo ano”, anunciou.


Um Congresso Nacional formado majoritariamente por corruptos, que se venderam a Michel Temer, denunciado por corrupção em razão das propinas pagas pela JBS, salvou, nesta quarta-feira, o governo mais sujo da história do Brasil; numa data que ficará gravada na história do Brasil como um dia da infâmia, Temer exonerou dez ministros, incluindo seu articulador Antônio Imbassahy, do PSDB, que comprou votos em plena sessão; operação para salvar Temer custou cerca de R$ 17 bilhões, em emendas e perdões de dívidas de setores como o ruralista, que ajuda a formar a base de Temer; com isso, conclui-se mais uma etapa do golpe dos corruptos contra a presidente honesta Dilma Rousseff – o que deixa o Brasil sequestrado, dominado e governado pelo crime.

.

.

Do Brasil247


Em mais uma edição de sucesso, centenas de pessoas na cidade de Cururupu receberam os serviços ofertados pela 11ª ‘Caravana Governo de Todos’ na última sexta-feira (21). E a deputada estadual Ana do Gás esteve presente prestigiando e participando das ações do evento ao lado da prefeita da cidade, professora Rosinha, de vereadores, secretários e assessores municipais, autoridades regionais, da Secretária de Estado da Mulher, Laurinda Pinta e da comitiva do governo do Maranhão.

A deputada Ana do Gás, que é parceira da gestão da prefeita Rosinha e que vem contribuindo bastante com a administração municipal sempre liberando emendas parlamentares e articulando parcerias e serviços para Cururupu, falou um pouco sobre o evento: “Mais uma vez venho com maior prazer a Cururupu para testemunhar os avanços que esta cidade tem vivido na gestão de Rosinha. É notório que a cidade está mudando para melhor. Parabenizo o governo do Estado por mais uma vez estar proporcionando ao povo os serviços tão importantes como os da Caravana Governo de Todos e aproveito aqui para reafirmar meu compromisso com os cururupuenses e dizer que continuarei contribuindo com a cidade”.

A prefeita, professora Rosinha também agradeceu ao governo do Estado e á deputada Ana do Gás pela parceria e destacou o trabalho de todos: “o governador já nos doou uma ambulância, autorizou a construção de um IEMA, também a reforma do Hospital da cidade, de escolas, teve também nossa inclusão no programa ‘Mais Asfalto’, com ajuda da deputada Ana do Gás que destinou emenda parlamentar para ajudar nesse processo e também em outras áreas e agora fomos agraciados com a passagem da Caravana Governo de Todos. Só tenho a agradecer pelas parcerias de trabalho e dizer que o trabalho não vai parar!”, exclamou Rosinha.

Foram ofertados à população os mais diversos serviços nas áreas da saúde, educação, assistência social, infraestrutura, cultura e lazer. Dentre eles estão: emissão de documentos pelo VIVA, Carreta da Mulher, força estadual de saúde com vários atendimentos como exames preventivos, mamógrafo móvel, curso de arbitragem, palestras, atividades culturais, votação do Orçamento Participativo do Território, cadastro no Sistema Nacional de Emprego (Sine), no ‘Mais Emprego’, atendimento odontológico e outros.

A caravana é organizada e coordenada pela Secretaria de Estado de Comunicação Social e Articulação Política e é executada em parceria com outras secretaria e órgãos estaduais prestando um serviço de excelência à população. Além de Cururupu, a ação também foi realizada nos municípios de Bacuri e Serrano do Maranhão na última sexta-feira (21), simultaneamente.


Com uma programação de tirar o chapéu e uma organização invejável, começou no último domingo (02), na cidade de Paulo Ramos o festival de verão mais tradicional da região do Médio Mearim, o festival do ‘Galo Duro’, onde um total de 12 atrações se apresentarão aos domingos deste mês. Realizado pela prefeitura de Paulo Ramos e com apoio total da deputada estadual Ana do Gás e do governo do Estado do Maranhão, o festival chega a sua 28ª edição trazendo em seu roteiro de shows, grandes nomes como Márcia Felipe, Avineh Vinny, Chicabana e o DJ brasileiro de renome internacional, galã e ex-namorado da popstar norte-americana Madonna, Jesus Luz.

A deputada, que vem trabalhando ao lado do prefeito Deusimar Serra, destinando emendas e articulando recursos para o município nas áreas da educação, saúde, infraestrutura e cultura, incluindo para a festa do Galo Duro, esteve presente no evento acompanhada do marido e ex-prefeito da cidade de Santo Antônio dos Lopes, Eunélio Mendonça e passaram o dia ao lado do povo. Orgulhosa de ter tido participação na estruturação do evento este ano, a deputada demonstrou muito entusiasmo “sou fruto político desta região e por várias vezes acompanhei notícias do festival do Galo Duro, mas hoje aqui vejo que esse ano está tendo a melhor programação e organização possível. É contagiante ver como o povo realmente abraça a festa! O prefeito Deusimar Serra está de parabéns pela excelente gestão, pelos secretários competentes que escolheu, fico muito feliz e satisfeita em estar ajudando junto ao governador Flávio Dino nesse trabalho e mais feliz ainda de chegar aqui e ver o magnífico resultado. Foi uma festa sensacional e ainda tem muito mais nos próximos domingos”.

O festival acontece tradicionalmente todos os domingos do mês de julho às margens do rio Grajaú que corta a cidade e disponibiliza um belíssimo balneário à população e aos visitantes. Na abertura do evento este ano, a animação ficou por conta das atrações Jhonatan e Banda que começou o agito por volta das 14h, Forró Sacode e paredões. E um dos pontos altos da festa foi o discurso emocionado do Sr. Nélio, um dos primeiros moradores da cidade de Paulo Ramos explicando orgulhoso a origem do nome da festa, que, segundo ele, surgiu devido uma brincadeira feita quando ele, ainda criança, em uma refeição em família teria desenhado na parede de casa um galo batendo em um jacaré pelo fato de sua irmã ter preparado um galo cozido muito duro e difícil de comer. Após isso, todos que olhavam o desenho exclamavam: “o galo é duro!”. Pelo fato de ter sido a irmã dele quem cozinhou o galo, o Sr. Nélio se diz tio do Galo Duro. 


A cidade de Esperantinópolis na região do médio mearim completou 63 anos de emancipação política no dia 27 de junho e para comemorar, o prefeito Aluizinho preparou vários presentes para o povo incluindo uma linda festa que atraiu milhares de pessoas. A deputada Ana do Gás foi uma das convidadas de honra e chegou ainda de dia para participar da programação juntamente com membros do governo do Estado como o Secretário de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry que estiveram presentes inaugurando e anunciando obras e investimentos para Esperantinópolis.

Durante o dia, o prefeito Aluizinho acompanhado da deputada Ana do Gás, do Secretário, Márcio Jerry, de vereadores e autoridades presentes, inaugurou a Unidade Básica de Saúde do povoado Bom Princípio e em seguida o sistema de telefonia celular e internet da operadora Claro no povoado Palmeiral. 

Também foram visitadas as obras de asfaltamento pelo programa ‘Mais Asfalto’ do Governo do Estado com ajuda da emenda parlamentar da deputada Ana do Gás, que já começaram. Ainda no evento, foram anunciadas mais obras, como a da construção de mais uma unidade básica de saúde no povoado Jequiri. Em seguida a comitiva seguiu para a Rádio Boa Esperança onde concederam entrevista e de lá seguiram para a Final da Copa Cidade de futebol de campo que teve o time do bairro Pedro Jovita como campeão.

A festa de comemoração do aniversário da cidade faz parte do calendário do ‘Arraial dos Palmeirais’, título das festas juninas do município que aconteceu dos dias 24 a 27 de junho. Várias atrações culturais e grandes shows passaram pelo Arraial durante todos os dias, como quadrilhas, danças típicas, apresentação de bumba-meu-boi e de danças escolares. Finalizando a programação do dia 27, a animação ficou por conta das bandas Cavalo de Vaqueira, Doce Mel na Boca, Tock Vip e o cantor maranhense destaque em todo Brasil, Léo Magalhães.

Ao fazer uso da palavra, a deputada Ana do Gás destacou a importância do trabalho do prefeito Aluizinho: “Essa comemoração tem motivos! O pode e deve comemorar o aniversário da cidade, pois ela está sendo bem cuidada pelo prefeito e toda sua equipe que se preocupam verdadeiramente com todos os esperantinopenses. Eu e Aluizinho estamos batalhando juntos desde 2014 e sinto muito orgulho da trajetória política honrada que ele tem. Venho ajudando, liberando emendas, conseguindo recursos para a cidade através do governo do Maranhão que é também um grande parceiro desta gestão de Aluizinho e com isso estamos vendo uma nova Esperantinópolis. Uma cidade em um rumo promissor, por isso é importante se comemorar essa nova fase sim. Parabéns a todos organizadores do Arraial dos Palmeirais, ao prefeito, a toda equipe que vem desempenhando um trabalho extraordinário que não pode e nem vai parar e principalmente ao povo, que é a principal razão de tudo acontecer. Contem comigo!”, exclamou a parlamentar.


foto11SESSÃO-28-03-17-J.R-11A recente onda do sombrio jogo da ‘Baleia Azul’ que tem induzido jovens do Brasil e de várias partes do mundo ao suicídio e que tem preocupado bastante a sociedade, traz à tona discussões em torno de temas como a saúde mental juvenil, educação familiar e a importância da qualidade de relacionamento interpessoal e interação social. O jogo tem início em ambiente virtual onde um integrante chamado “curador” ou moderador seleciona os participantes que são denominados de Baleia Azul e a partir de então começa a distribuir uma série de 50 desafios a serem cumpridos nas madrugadas de maneira sigilosa, que vão desde a automutilação, exposição contínua a imagens de medo e violência por meio de vídeos e filmes de terror, até o desafio final que é o suicídio.

Nesse âmbito, a deputada estadual do Maranhão, Ana do Gás (PCdoB), deu entrada em um Requerimento no último dia 25 de abril na Assembleia Legislativa para que seja encaminhado em caráter de urgência a Câmara de Deputados em Brasília o pedido de votação com maior brevidade possível do Projeto de Lei nº 6986/2017 que solicita a alteração do Marco Civil da Internet (Lei 12.965 de abril de 2014) no intuito de que se inclua no texto original “procedimento para retirada de conteúdos que induzam, instiguem ou auxiliem o suicídio através de aplicações na internet”.

O requerimento nº 277/2017, da deputada Ana do Gás, pede celeridade na votação deste projeto tendo em vista que se trata de um jogo viral e, com isso, tem atraído cada dia mais jovens no Brasil e no restante do mundo para uma grande cilada onde são incentivados a se maltratarem e tirarem as próprias vidas. Induzir, instigar ou auxiliar alguém a cometer suicídio é crime previsto no artigo 122 da Lei 2848/40 com pena que varia entre dois a seis anos de prisão. A deputada comenta a decisão de enviar o requerimento:

“Este jogo se enquadra no que chamamos de crime cibernético ou crime virtual. O advento da internet possibilita uma conectividade em tempo real proporcionando interatividade com pessoas do mundo inteiro, que, por um lado é totalmente positivo, mas por outro, aumenta os riscos e ameaças para as pessoas que, no caso específico desse jogo, provavelmente estão emocionalmente fragilizadas. Com isso, é necessário pensar em formas de combate a esse tipo de prática criminosa que se aproveita da fragilidade emocional dos jovens para incentivá-los a se torturarem e tirarem a vida. Já tivemos relatos de casos no Maranhão que possivelmente tem ligação com o jogo ‘Baleia Azul’ que se somam aos números crescentes no Brasil e no mundo afora. Sabemos bem que é preciso trabalhar com a população em cima de políticas de prevenção de doenças de origem emocional para que estejam preparadas para não caírem nessas armadilhas virtuais, porém, no ponto que chegamos, o momento exige ações urgentes de combate à prática. Espero realmente que o projeto seja de fato votado logo para que possamos diminuir os índices de incentivo ao suicídio pela internet que, infelizmente, só tem aumentado. Estou junto nessa luta! ”, exclamou Ana do Gás.

O Projeto de Lei nº 6986/2017 tramita na Câmara dos Deputados desde fevereiro deste ano e é de autoria do Deputado Federal Odorico Monteiro do PROS/CE. Atualmente o projeto encontra-se aguardando parecer da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, cujo o Relator designado é o Deputado maranhense Júnior Marreca (PEN).


7a283314-bf6c-4cac-bc0e-815d233a8b6e

O Delegado César Ferro. titular da 13ª Delegacia Regional de Presidente Dutra e sua equipe de investigadores, após quase três meses de intensa investigação, prendeu hoje (28), por volta das cinco horas da tarde, no município de Gurupi/TO, Odailson Almeida de Sousa, principal suspeito de ser o autor do latrocínio, roubo seguido de morte do comerciante Abdon Emanuel Gomes Costa, ocorrido no dia 25 de janeiro desse ano. O Crime gerou grande repercussão na cidade, tendo em vista que a vítima era uma pessoa de bem e trabalhadora.

De acordo com o Delegado Regional César Ferro, ele e sua equipe de investigadores chegaram ao suposto assassino após vários levantamentos, inclusive com a ajuda da Inteligência. “Foi detectado que Odailson estaria vivendo no Município de Gurupi/TO e trabalhava num caminhão carregando arroz naquela região. Diante desta informação, este Regional, determinou aos Policiais Civis, Edgar e Wesley, que diligenciassem até o referido município com o escopo de localizar e prender Odailson e assim foi feito”, declarou César Ferro.

Ainda de Acordo com César Ferro, depois de dois dias de levantamentos, foi constatado que Odailson estaria usando nome falso. “Todos o conheciam como Marcos, momento em que o mesmo foi preso no Interior do Município de Gurupi/TO, localizado a 1200km de Presidente Dutra/MA”, finalizou Ferro.

Em contato com o Blog de Adonias Soares, César Ferro informou que neste momento está a caminho de Presidente Dutra trazendo o acusado Odailson Almeida que será apresentado na próxima segunda-feira durante coletiva de imprensa na 13ª DP. O delegado destacou o apoio ofertado pela Polícia Civil do Tocantins e todos os seus policiais, mas precisamente da Cidade de Gurupi/TO.

CYMERA_20170126_143357

Relembre o caso

Abdon Emanuel Gomes Costa e Odaílson Almeida de Sousa eram amigos. Os dois saíram de Presidente Dutra em direção a Barra do Corda no final de janeiro desse ano. De acordo com informações, Abdon portava uma certa quantia em dinheiro e na altura do povoado Cajazera BR distante 30km da sede de Barra do Corda, não foram mais vistos. Na época o caso foi amplamente divulgado.

Abdon e Odailson estavam numa pick up, modelo estrada, cor prata, de placas KJQ 5755 encontrada posteriormente abandonada em Araguaína-TO. Depois de algumas buscas, os familiares encontraram o corpo de Abdon Costa num ponto de desova próximo à Cajazeira sem o dinheiro e sem o veículo. A partir daí começou uma busca incessante pelo principal suspeito do assassinato de Abdon. A busca terminou na tarde desta sexta-feira (28) com a prisão Odailson de Almeida.

2515af87-4c01-4bd0-b934-84c82513e314

Policiais Civis de Gurupi/TO com Odailson Almeida


carpideiras

As viúvas da oligarquia na blogosfera continuam inconsoláveis, porém, ávidas em criar factóide que lhes possam nutrir alguma esperança do grupo comandado pelo ex-senador José Sarney (PMDB), que levou o Maranhão ao fundo do poço após cinco décadas de mando absoluto, voltar ao comando do Estado.

A abstinência do poder tem feito escribas da mídia digital ligados ao que restou do sarneismo   ter verdadeiras alucinações, como por exemplo, uma suposta pesquisa em que a ex-governadora Roseana Sarney, atolada até o pescoço em escândalos de corrupção, estaria tecnicamente empatada com governador Flávio Dino na disputa da sucessão de2018.

Como mentira tem pernas curtas, o factóide das “carpideiras” não durou 24 horas. Bastou o Instituto Exata ir às ruas saber a opinião da população sobre as eleições de 2018 para constatar que a suposta pesquisa trata-se, na verdade, apenas de um manifesto de desejo daqueles que desejam convencer Roseana a criar coragem e assumir sua candidatura ao governo.

Roseana resiste às pressões, mas aqui e acolá insinue que será candidata, porém, tem a clareza da sua fragilidade, pois já não dispõe da montanha de dinheiro público que costumava mobilizar para as suas milionárias campanhas e muito menos com a máquina administrativa que lhe permita ameaçar prefeitos e lideranças políticas no interior do Estado que não rezam na cartilha do sarneismo.

.

.

Por Jorge Vieira


5

Prefeito de Joselândia Biné Soares entre o Presidente da CAEMA Davi Teles e a Deputada Ana do Gás

Após solicitações feitas pela Deputada Ana do Gás (PCdoB) juntamente com o prefeito de Joselândia, Biné (PDT) e o Secretário Municipal de Infraestrutura Madson ao presidente da Caema, Davi Telles e ao governador Flávio Dino (PCdoB), finalmente a solução para a grave problemática do abastecimento de água no município será resolvido.

Na semana passada Ana do Gás, Biné, Madson e Davi Telles estiveram mais uma vez reunidos para articular e traçar os primeiros passos das obras e agilizarem o processo que está em caráter de urgência, pois há mais de 10 anos grande parte da população vem sofrendo com este grave problema. O município de Joselândia foi incluído no grupo de cidades que receberão do governo do Estado e Caema investimentos de R$ 8 milhões para obras de regularização de abastecimento de água através de ordem de serviço assinada pelas autoridades no último dia 11 em solenidade no Palácio dos Leões, onde Ana do Gás esteve presente e assinou como testemunha.

3

Para Joselândia a deputada conseguiu a liberação de um convênio de R$ 1 milhão e 600 mil reais para a perfuração de mais dois poços artesianos com 300 metros de profundidade que serão responsáveis por abastecer cerca de 3 mil metros de redes de distribuição levando água tratada e mais dignidade a vida dos ?joselandenses, além de outros serviços de melhoria e implantação da rede de água e ligação predial.

A deputada agradeceu ao governador Flávio Dino, ao prefeito Biné e a população de Joselândia:

“O problema da falta de água em Joselândia é grave e já prejudica grande parte da população há mais de dez anos. O prefeito Biné com muita dedicação e compromisso já vinha tentando resolver há algum tempo e agora, nós juntos, conseguimos essa vitória que não é nossa, mas do povo de Joselândia. Muito em breve estaremos na cidade confirmando esse compromisso com a população e garantindo que dessa vez, com todo apoio do governador Flávio Dino e sua equipe de governo através da uma administração comprometida com as carências do povo maranhense, este problema finalmente será resolvido e eu estarei mais um vez acompanhando de perto todo o processo. Agradeço a parceria do prefeito Biné, a confiança do povo de Joselândia e ao governador por ter atendido essa minha solicitação que levará um dos bens mais necessários para a vida humana que é a água”, declarou Ana do Gás.


123»» Última
Página 1 de 39
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com