Hildo Rocha exclui Eduardo Cunha de grupo do PMDB no WhatsApp

Brasil, BrasÌlia, DF, 17/07/2015. O presidente da C‚mara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), concede entrevista coletiva para anunciar sua ruptura com o governo apÛs ser acusado pelo lobista J?lio Camargo de cobrar propina no valor de US$ 5 milh?es, no Sal„o Verde da C‚mara dos Deputados, em BrasÌlia (DF). - CrÈdito:DIDA SAMPAIO/ESTAD?O CONTE?DO/AE/CÛdigo imagem:185493

O deputado federal Hildo Rocha (PMDB-MA) foi o responsável por excluir o ex-deputado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do grupo do PMDB Nacional no WhatsApp.

A informação é do portal de notícias R7.

Segundo a publicação, a exclusão ocorreu logo após a notícia da prisão de Cunha, na tarde de ontem (19). “Apesar de ter tido o mandato cassado há mais de um mês, o peemedebista ainda era membro do grupo no aplicativo”, diz o portal, que acrescenta:

“Segundo relatos de parlamentares do PMDB, o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), administrador do grupo, excluiu Cunha às 13h35, cerca de meia hora depois da prisão e após saber que a PF havia apreendido o celular do ex-deputado”.

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog