BARRA DO CORDA: Flávio Dino estaria pensando em lançar candidatura de Marcos Pacheco à prefeitura?

centro de especialidades

Algumas atitudes protagonizadas pelo governador Flávio Dino (PC do B) durante sua visita ao município no último sábado 05/03 por ocasião da inauguração do Centro de Especialidades Médicas de Barra do Corda, deixaram a classe política local com uma pulga atrás da orelha. Explica-se:

Primeiro: A placa inaugural não consta o nome do prefeito Eric Costa (PC do B), apenas a do Secretário Estadual de Saúde Marcos Pacheco e a do próprio governador. Por ser a autoridade máxima do município e sendo ou não aliado do governo, o nome do gestor municipal, geralmente aprece nas placas, não nesse governo megalomaníaco.

E segundo: Durante o discurso que fez, Flávio Dino jogou tanto confete em Marcos Pacheco, que só faltou mesmo pedir pra quem estava ali, votar nele para prefeito nas próximas eleições municipais. “Eu gostaria que a população prestasse muita atenção no grande trabalho que o secretário Marcos Pacheco vem realizando em Barra do Corda”, disse Flávio Dino. Pra bom entendedor, meia palavra basta.

Lembrando que na semana que antecedeu a inauguração do Centro de Especialidades Médicas, Marcos Pacheco esteve aquartelado a semana inteira dentro de uma tenda instalada no Espaço Cultural tentando amenizar a epidemia de dengue que castiga a população do município há vários dias. Pacheco chegou, inclusive, consultar alguns pacientes, não se sabe se, com o objetivo de resolver realmente o problema ou posar para fotos na tentativa de angariar alguns votos. Verdade ou não, o tempo é que vai dizer.

Por falar nisso…

Recém convertido ao comunismo, o prefeito Eric Costa está vendo suas pretensões de ser apoiado por Flávio Dino, escapar por entre os dedos. Quando deixou PSC – Partido Social Cristão e o grupo da ex-governadora Roseana Sarney, a quem deve sua eleição e aterrissou no PC do B, Eric tinha certeza que teria o apoio incondicional do governador, certeza esta, que hoje não existe mais, diante do comportamento obscuro do comunista. Flávio Dino declarou na última semana em Paço do Lumiar, que só apoiará “os companheiros que andaram com ele na chuva e no sol e não quem chegou por último”, como é o caso do prefeito de Barra do Corda. Agindo dessa forma com o Eric Costa, Flávio Dino deixa claro que não aceita traição e prova que a vingança é um prato que se come frio e na véspera.

Só pra lembrar

Ultimamente, Marcos Pacheco é presença quase que constante em Barra do Corde e tem participado de todo tipo de evento. De velório a jogo de bila. Mas esse é assunto pra outro post.

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog