O prefeito de Santo Antonio dos Lopes levou uma tremenda “taca” das duas mulheres mais belas do município.

Na eleição para presidência do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Santo Antonio dos Lopes que aconteceu neste domingo (15), o candidato Chico Angelin apoiado pelo prefeito Bigú de Oliveira e seu grupo político, apanhou feio para Zé Doca do PT, apoiado pela Vice-prefeita de Santo Antonio dos Lopes Priscyla Freitas e pela Deputada Estadual Ana do Gás.

As duas líderes políticas levaram o “prefeitão” a experimentar a primeira derrota depois de eleito prefeito. A derrota de Bigú, é reflexo da traição à Família Abreu, principal responsável por coloca-lo no poder. “Isso é só começo” avalia uma pessoa próxima a Priscyla Freitas.

Zé Doca foi eleito presidente com 1.275 votos, contra 935 dados a Chico Angelim, uma diferença de 340 votos; 99 votos a mais do resultado da eleição para prefeito em 2016, quando Bigu, bateu Tiago Mendonça com 241 votos à frente.

A coisa está tão feia para a administração Bigu, que ele não consegue eleger nem presidente de sindicado. É mole ou quer mais?


O DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes liberou um lado da pista que estava interditada desde a última terça-feria (10) depois de uma cratera ser aberta pelas águas das fortes chuvas que caíram em toda região região.

O trânsito no momento ainda é lento, mas pelo menos os motoristas não são mais obrigados a fazer um desvio de mais de 100 quilômetros para chegar a São Luis.


O médico Mariano de Castro, apontado pela Polícia Federal como operador do esquema desbaratado pela Operação Pegadores, suicidou-se, na noite de hoje (12), em Teresina (PI), onde estava em prisão domiciliar, conforme decisão do TRF-1 (reveja).

Segundo as primeiras informações, ele se enforcou no apartamento onde morava na capital piauiense.

Mariano foi assessor especial da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES) a partir de 2015, e nos últimos dias teve o teor de uma carta escrita de próprio punho vazado na imprensa.

No escrito ele revelava várias nuances do esquema desbaratado pela PF e apontava envolvidos que já estiveram ou ainda estão trabalhando na SES.

Movimentação

Um dos principais alvos da Operação Pegadores, Mariano de Castro teve moviemtnações financeiras atípicas que chamaram atenção até do desembargador federal Ney Bello, da Terceira Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

Em despacho ao negar liberdade ao então acusado, o magistrado estranhou um fato relacionado ao ex-assessor da Secretaria de Estado da Saúde (SES), apontado como um dos líderes do esquema que desviou, segundo a PF, R$ 18 milhões da Saúde estadual.

Após relatar as várias acusações que pesam contra Mariano (reveja), Ney Bello fez uma reflexão sobre o fato de um servidor “do terceiro ou quarto escalão de uma Secretaria de Estado” ter movimentado somas tão altas de recursos públicos em contas bancárias de sua titularidade, ou sob seu controle.

“Evidente que há algo a ser investigado no conjunto fático aqui demonstrado, pois não é razoável que um servidor do terceiro ou quarto escalão de uma Secretaria de Estado movimente valores do montante apontado, faça pagamentos vultosos a sua ‘sogra’ e através de uma empresa que – ao menos em fundada suspeita – é dele próprio e não de terceira pessoa, mãe de sua esposa. Além de ser, a priori, injustificável que receba valores de prestadores de serviço conforme indicado”, destacou Bello em seu despacho.

Está claro que não só a PF, como também a Justiça, não acredita que Mariano atuava sozinho. Parecia ser, antes, o testa de ferro de alguém maior.

Cheques

Foi num cofre em um dos seus de Mariano de Castro, em Teresina, que os federais encontraram, por exemplo, 59 cheques da empresa Márcio V. P. Santos – ME, cada um no valor de R$ 20 mil. A empresa tem um contrato de R$ 1,8 milhão com a Prefeitura de Coroatá e pertence a um filho do atual secretário de Saúde daquele Município (relembre).

No mesmo cofre, a PF encontrou, ainda, nada menos que 30 cheques emitidos pela empresa BrasilHosp, cada um no valor de R$ 10,5 mil.

No total, são R$ 315 mil em cheques da BrasilHosp que estavam em posse de Mariano Silva.

Segundo os federais, a empresa pertence a Luiz Marques Júnior, o que corrobora a tese de que dois dos principais operadores do esquema de desvios na Saúde estadual estão em associação criminosa – e reforçam suspeitas que já haviam sido levantadas quando da descoberta de um manuscrito de Luiz Júnior descrevendo débitos que a BrasilHosp tinha (ou tem) com Mariano (veja abaixo).

Condenação

Uma mudança ocorrida em 2012 retirou Luiz Marques Barbosa Júnior do quadro societário da BrasilHosp num movimento que parece ter sido pensado para evitar o bloqueio de bens da empresa.

Em dezembro daquele ano, saíram da sociedade Luiz Júnior e Vanessa Barbosa, e entraram Silvia Brasil e Marlene Barbosa, respectivamente sogra e mãe do ex-superintendente da SES.

Dias depois, ele foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão a devolver mais de R$ 7 milhões aos cofres públicos, além do pagamento de multa de mais de R$ 700 mil, por causa de irregularidades na sua gestão à frente da Saúde do Município de Coroatá (reveja).

.

.

Por Gilberto Léda


A Polícia Militar do Maranhão prendeu no início da noite desta quinta-feira (12) seis pessoas acusadas de explodir e assaltar um carro forte no povoado Caxuxa localizado entre os municípios de Alto Alegre do Maranhão e Coroatá a 200 quilômetros de São Luís.

De acordo com informações da polícia, a chance de participação das quatro pessoas no assalto é de 99%, já que foram presos próximo aonde aconteceu o assalto e no momento da abordagem os militares encontraram com os acusados, armamento de grosso calibre e até fardas da polícia.

Ainda de acordo com a PM, o bando explodiu o carro forte da Prossegur, quando este levava 5 milhões reais. A quadrilha era formada por 15 assaltantes. Uma parte fugiu para Bacabal e outra que imaginou chegar em São Luís foi presa em Bacabeira.


Dom Pedro está sofrendo com dois problemas; o estrago causado pelas fortes chuvas e agora o caos provocado pelo intenso movimento de veículos pesados que estão trafegando pelas ruas da cidade.

O local mais atingido é a Rua da Veneza; o desvio de rota dos caminhões de grande porte por conta do rompimento da BR-135 próximo a Presidente Dutra, tem deixado um lastro de destruição nos município de Eugênio Barros, Gonçalves Dias e principalmente Dom Pedro.

De acordo com as imagens que chegaram ao Blog de Adonias Soares, a situação é crítica, o fluxo de caminhões deixou uma enorme cratera nas proximidades do viaduto da Rua da Veneza; duas uma retroescavadeiras e um trator estão sendo usados para desatolar os carros.

O Secretário de Obras da Prefeitura de Dom Pedro, Márcio Arlindo informa que o município está tomando todas as providências no sentido de resolver, se não por completo, pelo menos parcialmente os problemas, até que as chuvas diminuam. “A prefeitura está dando todo o suporte necessário para que a população não fique prejudicada”, declarou, Márcio Arlindo

Ainda de acordo com Márcio Arlindo, a grande questão é saber quem vai pagar os prejuízos. “Esse desvio de rota inviabilizou o tráfego local e acabou com algumas ruas de Dom Pedro, pergunto: quem vai pagar o prejuízo? Quem vai mandar recuperar tudo isso? É o DNIT?, indaga o secretário

Cobertura completa amanhã no Balanço Geral da TV Cidade de Presidente Dutra


O trabalho de recuperação do trecho da BR-135 rompido na altura do km325 na saída para Dom Pedro a seis quilômetros de Presidente Dutra próximo ao povoado Vajão, teve início na manhã desta quarta-feira (11). Imagens colhidas pela equipe de reportagem da TV Cidade de Presidente Dutra no final da tarde, mostram que o tráfego de veículos continua suspenso.

O nível da água baixou e as máquinas estão trabalhando normalmente; uma grossa camada de brita está sendo colocada para receber os tubos por onde as águas serão escoadas. Uma pequena passagem foi construída para facilitar o vai e vem de pedestres.

É provável que no máximo até a próxima sexta-feira, o transito seja liberado.



O rompimento da pista no km-326 da BR-135 a seis quilômetros de Presidente Dutra ainda permanece na mesma. Até o final da tarde desta terça-feira (10) não passava nenhum veículo e quem se aventurava atravessar, era obrigado se equilibrar numa taboa segurando num cabo de aço de um lado ao outro da cratera aberta pelas águas.

A empresa responsável pela manutenção da rodovia foi acionada pelo DNIT e, segundo o engenheiro responsável, fará um serviço paliativo; e dentro de dois ou três dias o tráfego será parcialmente liberado, isso se não chover.

A 135 é uma BR cujo tráfego de caminhões e carros de passeio é intenso; os motoristas que precisam se deslocar para São Luis, tem duas opções; ou ficam parados esperando a situação ser resolvida ou são obrigados a fazer um enorme atalho pegando a BR-226 sentido ao Baú, passar pelas cidades de Governador Eugênio Barros, Gonçalves Dias, até sair em Dom Pedro pra pegar novamente a BR-135,um desvio de mais de 100km.


Uma Guarnição da Polícia Militar, Pelotão de Capinzal do Norte formada pelo Cabo Weskley e pelos Soldados Otávio e Pablo, estourou mais uma boca de fumo na noite desta segunda-feira (10) no centro da cidade, resultando na prisão de um casal e apreensão de drogas.

De acordo com o Comandante do Pelotão, Cabo Weskely, por volta das 21h:45m a guarnição fazia um policiamento ostensivo de rotina quando foi acionada através do celular da corporação sobre uma intensa movimentação na casa 50 da Rua da Mangueira, Centro, onde morava um casal recém chegado ao município. “Além da movimentação, existia um forte cheiro de queima de entorpecente parecido com o da maconha”, declarou Weskley.

De posse da denúncia os militares se deslocaram até o endereço. No local foram presos Antonio Lourenço dos Santos do Nascimento de 26 anos e Leilane Carvalho da Silva de 20 anos. De posse do casal, os policiais apreenderam uma moto Yamaha YBR 125k vermelha placa NMY-5812, 01 Celular Samsung, 873,25 (oitocentos e setenta e três reais e vinte e cinco centavos) em dinheiro e 01 porção farta de maconha prensada.

Antonio e Leilane foram encaminhados à Delegacia Regional de Pedreiras para os devidos procedimentos legais.


Um avião de pequeno porte teria caído por volta das 18h deste domingo no Lago do Limoeiro, Zona Rural de Conceição do Lago Açu. Alguns moradores teriam ouvido barulho de explosão. Oficialmente a Aeronáutica ainda não confirmou o acidente.

Moradores dos povoados Olho D´água da Lapela, São José do Aterrado e Mata Velha estão tentando chegar de canoa ao local da suposta queda da aeronave; o local é de difícil acesso.

As informações, áudios e vídeos circulam em grupos de Watsap de Conceição de Lago Açu desde as primeiras horas da noite. Uma equipe do SAMU chegou à cidade conforme mostras as imagens enviadas ao Blog. Mais informações a qualquer momento.

 


A melhor síntese desses dias conturbados é Oscar Moroni, dono do Bahamas Hotel Club, o puteiro mais festejado de São Paulo. Na porta do Clube, colocou as fotos de Sérgio Moro e Carmen Lúcia. E, pelas redes sociais, o vídeo oferecendo cerveja de graça se Lula fosse preso, e uma semana de graça se fosse executado na prisão.

Um cafajeste exemplar, o estereótipo perfeito do cafetão do bem, arrotando álcool, fedendo suor, coçando o saco, mas sabendo, agora, que está do lado dos homens de bem. Ele está do mesmo lado  do Ministro Barroso, do juiz Sérgio Moro, da notável Carmen Lúcia, do bravo procurador que pediu a antecipação da prisão de Lula para combater o espírito de onipotência do condenado.

Mostrando-se um rufião agradecido, Moroni aunciou prêmios variados aos diversos protagonistas do espetáculo. Ao Sérgio Moro, “pela tua competência como juiz, acabou de ganhar um vale ingresso vitalício em Bahamas Hotel Club”.

Para a Polícia Federal, “pela tua coragem e dignidade no cumprimento da função”, cinco ingressos para quando vierem a São Paulo. Os bravos integrantes do Ministério Público também poderão sortear cinco ingressos grátis.

Profundo conhecedor dos procedimentos, Moroni explica que “reparem que escrevi o nome destas instituições com letras maiúsculas, pois são brasileiros que merecem destaque pela sua dignidade e eficiência da condução da profissão”. E, para encerrar, o brado de patriotismo: “Estou orgulhoso novamente de ser brasileiro”.

Todos estamos. Graças à Lava Jato, os nostálgicos de Brasil conseguem reencontrar um Brasil ancestral que parecia enterrado, a raiva rompante dos bandeirantes executando os gentios, dos jagunços executando os inimigos dos coronéis, do feitor chicoteando os escravos, dos inquisidores queimando quem não professasse a fé cristã, do corpo de Tiradentes, queimado e salgado.

Todas as épocas do Brasil em uma síntese inesquecível.

O modo como pessoas aparentemente pacíficas, de repente, passaram a fazer eco ao ódio, lembrava em tudo os cristãos novos que, nos reizados, batiam bumbo com toda força nas festas dos Reis, para que não despertassem suspeitas sobre a nova fé abraçada. Olha eu aqui, também estou desejando a morte do Lula, pareciam dizer a seus chefes, aos vizinhos, à Justiça, aos donos de jornais. Não quero ficar de fora, também sei arrotar ódio e bater nos mais fracos.

Não houve nenhum tipo de clemência, nenhuma concessão. O cercado de 15 m2, que receberá Lula na PF de Curitiba, passou a ser tratado como a sala do Estado Maior. Dois dias a mais de liberdade, seriam um privilégio inominável. O fato de Moro dar a opção de Lula se apresentar, um ato benigno de quem tem a força.

Foi o mesmo clima da AP 470, na qual até a discussão de meros embargos de infringência assumiram o caráter das votações definitivas. Ao inimigo não se pode conceder nada, nem os direitos básicos .

Qual a diferença de Moroni e de âncoras de jornais babando ódio incompreensível, contra um adversário caído? Nenhuma. Por trás, o mesmo sentimento irracional de selvageria de uma Klu KLux Klan, das brigadas fascistas. Um homem que teve a sua casa invadida, a sua cama revirada, suas conversas grampeadas, seus filhos processados, que viu sua mulher morta pela perseguição inclemente movida contra sua família. Tudo isso depois do maior feito humanista de qualquer governante, em qualquer tempo: tirar 40 milhões de pessoas da miséria absoluta. E o único momento de indignação era quando repórteres, na linha de frente, sofriam alguma represália de manifestantes.

O que leva esse pessoal a babar sangue, atiçar a turba, acender a pira até o instante final? Talvez o medo do tempo, de serem superados pelos jovens que chegam ao mercado de trabalho. Receio de serem alvos das idiossincrasias dos donos de veículos. Ou seria apenas o prazer sádico de bater, bater, bater em quem está caído, descontando nele todas as frustrações e ódios de uma vida.

E, depois, como bons cidadãos, celebrar a vitória no Bahamas Hotel Club, ao lado de seu sonho de consumo e de cidadão: Oscar Moroni, o cafetão do bem.

.

.

Por Luis Nassif


As fortes chuvas que caem nesse momento em Barra do Corda, região do Centro Sul Maranhense alagou por completo várias ruas do centro da cidade conforme essas imagens enviadas ao Blog pelo colaborador e amigo Clemilton Sampaio, o nosso Clemilton dos Correios.

A situação merece muito cuidado e atenção. Há informações de que diversas casas foram invadidas pelas águas e moradores e comerciantes começam a contabilizar os prejuízos.

Chegou uma informação ainda não confirmada, que uma criança teria desaparecido quando brincava com outras crianças na Rua Rio Tocantins, nas proximidades da Pizzaria Mix. Mais informações a qualquer momento. Abaixo imagens e fotos.


O pré-candidato a deputado estadual e ex-secretário Municipal de Finanças, Ciro Neto vai disputar uma das 42 vagas de deputado estadual pelo PP – Partido Progressista, mesma agremiação que o seu pai, o atual prefeito de Presidente Dutra Juran Carvalho foi reeleito em 2016, para um segundo mandato.

O ato de filiação de Ciro, contou com a presença do deputado federal André Fufuca, presidente do diretório estadual do PP e de lideranças políticas de peso, como o prefeito de Presidente Dutra Juran Carvalho, Cleber Andrade, “o Tratorzão”, ex-prefeito de São Domingos do Maranhão e de Luciano Genésio, prefeito de Pinheiro que estava acompanhado da esposa, Thaisa Hortegal, que a exemplo de Tratorzão, deve disputar as eleições de outubro próximo.

“Com o término do prazo para filiações partidárias que termina neste sábado (7) alguns partidos sairão fortalecidos e um deles é o PP”, avalia o deputado André Fufuca.


A Polícia Civil de Barra do Corda através da Delegacia Regional e do seu titular delegado Renilto Ferreira em parceria com o Ministério Público incinerou na tarde desta quinta-feira (05) quase duas toneladas de Maconha.

Segundo Renilto Ferreira, a droga foi apreendida em janeiro de 2017 durante grande operação de combate ao tráfico de drogas na região, especificamente dentro de uma reserva indígena do município.

Ainda segundo o delegado, na época, as investigações apontaram que a maconha era utilizada como moeda de troca por alguns indígenas na aquisição de produtos roubados, em especial motocicletas que eram furtadas em Barra do Corda e região.


Roberto Rocha está longe de ser uma liderança política no Maranhão. Depois que assumiu o controle do tucanato no estado não conseguiu filiar um só nome de peso; e quem prometeu se filiar, desistiu.

Bastou um pequeno movimento do vice-presidente da Câmara dos Deputados, o imberbe deputado federal Fufuca, e o vice-prefeito de Caxias Paulo Marinho Jr foi convencido a trocar sua filiação ao PSDB pelo PP.

Marinho Jr acompanhado de Marinho Pai chegaram a participar de vários atos de filiação tucana promovidos por Bob Rocha, mas ficou só nisso mesmo.

A filiação do vice-prefeito de Caxias ao PP foi confirmada nesta quinta-feira (5) por André Fufuca, presidente da sigla no estado. Com isso fica praticamente certo o desembarque dos Marinho no governo Flávio Dino, uma vez que o PP faz parte da base de sustentação do governo comunista, tendo inclusive, o controle da pasta do esporte.

Segundo apurou o blog, Roberto Rocha não gostou nada disso; e muito menos, alguns integrantes do grupo Sarney, como Edson Lobão, Roseana e o próprio oligarca José Sarney.

Agora é esperar pra ver se Marinho pai cumpre o compromisso acordado, coisa que muitos duvidam. É aguardar pra conferir depois.


123»» Última
Página 1 de 226