IMG-20150702-WA0034

Por volta das 18h:30m um homem identificado por Rangel Lira da Silva morreu vítima de acidente na BR-316 na altura do quilômetro 263 próximo à Santa Inês-MA, distante cerca de 245km da capital São Luis. De acordo com testemunhas, Rangel pilotava uma moto sem placas e com os faróis desligados, bateu frontalmente com uma caçamba placas ASW-0923 de Sergipe, levando o condutor da moto à morte ainda no local do acidente.

De acordo com uma outra testemunha é muito comum essas caçambas trafegarem pelo local em alta velocidade pondo em risco a vida de quem mora ou trafega pelo local.

IMG-20150702-WA0033

IMG-20150702-WA0032


Flávio Dino com Noleto: e olho em Imperatriz

Flávio Dino com Noleto: e olho em Imperatriz

Para tentar abafar a crise gerada pelas suas grosserias contra a Igreja Católica, e atingir o ex-secretário Ricardo Murad, o governador Flávio Dino (PCdoB)  acusou a Ires Engenharia de ter desviado R$ 4,2 milhões da construção de hospital em Rosário.

A revelação foi feita pela força tarefa da secretaria de Transparência do próprio governo comunista.

Contrato com a empresa denunciada por Dino

Contrato com a empresa denunciada por Dino

Ocorre que a transparência dinista fez vista grossa para a contratação da mesma Ires Engenharia – por mais de R$ 23 milhões – pela Secretaria e Infra-estrutura, comandada por um camarada do mesmo partido de Flávio Dino, o secretário Cleiton Noleto.(Leia mais  no Atual7)

Detalhe: a Ires Engenharia já é investigada pelo Ministério Público por escamoteamento de recursos da própria Sinfra, para obras em São José de Ribamar.

Mas a Transparência do governo Flávio Dino só consegue ver o que convém ao chefe comunista.

É assim no governo da mudança…

.

.

Por Marco D´Eça


III Arraial da Cidade - Praça São Sebastião - Presidente Dutra-MA

III Arraial da Cidade – Praça São Sebastião – Presidente Dutra-MA

Quem compareceu à Praça São Sebastião não teve dúvidas: O III Arraial da Cidade promovido pela Prefeitura de Presidente Dutra foi o melhor da região central do estado. Em uma semana, diversas atrações se apresentaram. Desde quadrilhas até shows evangélicos.

Noite dedicada aos evangélicos o show com o cantor gospel Charles Adorador, ex-Charles da Rocinha. No evento a presença maciça de membros de várias igrejas, que cantaram, adoraram e pregaram a palavra de Deus.

Nas demais noites apresentações de danças folclóricas e quadrilhas locais e de cidades vizinhas. Mais uma vez o destaque foi a quadrilho milho verde.

O domingo 28/06, aniversário da cidade, a prefeitura preparou uma grande festa que incluiu queima de fogos de artifícios e shows com o Rei do Forró Toca do Vale e com a Banda Forró Sacode.

arraial-5

Binè Soares, Silvia, Juran Carvalho, Antonio Pereira, Antonio Galdino e Ronaldo Freitas.

Explosão na Praça

Ao discursar para uma multidão, o prefeito Juran Carvalho disse que naquela noite fez questão de comparecer à praça. “Hoje fiz questão de vir a esta praça porque dizima nos quatro cantos da cidade que aqui iria haver uma grande explosão e eu vim porque não tenho medo de nada e pra provar também que vou está sempre junto com o povo de Presidente Dutra”, declarou Juran.

Para quem apostou no fracasso do arraial, quebrou a cara e para que espalhou o boato de explosão, parabéns, a única explosão que aconteceu foi de alegria.

arraial-3

Toca do Vale

arraial-4

Tony Guerra – Forró Sacode


O deputado Hildo Rocha elogiou os avanços sugeridos no relatório preliminar do Pacto Federativo, apresentado durante audiência pública, em Brasília, nesta terça-feira (30), mas, lembrou que algumas responsabilidades dos entes federativos não estão bem definidas, no Artigo 23 da Constituição Federal.

“Sempre uma reforma avança. Estamos avançando bastante. Mas, nós temos que nos preocupar também na questão da regularização do Artigo 23 da Constituição Federal, o artigo que define as competências comuns dos Estados, dos Municípios e da União. Aí é que está o grande problema. Os municípios terminam assumindo responsabilidades que não estão bem definidas”, enfatizou.

Para exemplificar, o parlamentar citou a questão do transporte escolar. Rocha ressaltou que, segundo a Constituição, a responsabilidade pelo ensino médio é dos estados. Mas, a lei não especifica a quem cabe fazer o transporte dos estudantes.

O deputado disse que as indefinições contidas no Artigo 23 prejudicam a população e geram despesas que ajudam a sufocar as finanças de muitos municípios não tem de onde tirar os recursos para bancar esse tipo de gasto.

Voz em defesa do municipalismo

Na condição de membro titular da comissão que está elaborando propostas para o novo Pacto Federativo, Hildo Rocha tem sido um ardoroso defensor de mudanças na redação do Artigo 23. O parlamentar defende maior autonomia administrativa para os municípios assim como luta para que estas unidades da federação passem a ter maios participação na divisão dos tributos arrecadados pela União.

No mês passado, durante Audiência Pública em Goiânia, Hildo Rocha fez ampla explanação sobre os percalços gerados pela falta de clareza do Artigo 23, no que se refere às atribuições comuns aos entes federativos.

Relatório preliminar

O relatório preliminar sobre o pacto federativo, apresentado pelo deputado André Moura (PSC-SE), contém cinco propostas de emenda à Constituição (PECs) e sete projetos de lei (PLs) para alterar a partilha de recursos entre União, estados e municípios.

O documento de 58 páginas propõe maior participação dos estados e municípios na partilha dos recursos públicos. O financiamento da saúde e outros temas polêmicos deverão predominar nos debates que serão realizados durante o segundo semestre.

Resumo das propostas apresentadas no Relatório Preliminar

Propostas de Emenda à Constituição

– Amplia de 10% para 12% a parcela do IPI repassada a estados e DF, com redução do teto por estado de 20% para 10%;

– Aumenta o repasse ao FPE de 21,5% para 22,5% (0,5% em 2016 e 0,5% em 2017);

– Inclui critério população no rateio da cota-parte de 25% do ICMS para municípios (60% proporcionalmente ao valor agregado; 20 % proporcionalmente à população e 20% na forma que dispuser a lei estadual);

– Prorroga por 15 anos (até 2030) prazo para irrigação da aplicação de percentuais mínimos dos recursos para irrigação nas regiões Centro-Oeste e Nordeste (20% e 50%, respectivamente), com metade para agricultura familiar; e

– Torna o Fundeb instrumento permanente de financiamento da educação básica pública. Atualmente, o Fundeb tem prazo de vigência até 2020.

Projetos de Lei

– Zera alíquotas do PIS/Pasep sobre receitas de estados, DF e municípios ou de transferência para esses entes; 

– Garante complementação da União quando gastos com professores passar de 60% dos recursos do Fundeb;

– Permite, para estados e municípios, uso de parte de depósitos judiciais e administrativos para pagamento de precatórios, parcelas de dívidas e custeio de investimentos em infraestrutura;

– Permite a estados e municípios cobrar de operadores de plano de saúde por atendimentos médicos nos serviços públicos de saúde;

– Amplia prazo para os municípios acabarem com os lixões;

– Aumenta repasse da União para o pagamento de merenda escolar; e

– Inclui reajuste anual do piso dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias, de acordo com o IPCA.


IMG-20150627-WA0008

IMG-20150627-WA0018O Serviço de Inteligência da Polícia Militar de Presidente Dutra prendeu na tarde da última sexta-feira, o comerciante Maurício Fernandes da Silva de 47 anos. Com ele a PM encontrou um verdadeiro arsenal de guerra.

Todo o material foi encontrado na residência do acusado no Bairro Santa Maria, zona urbana da cidade. A polícia apreendeu 1.173 cartuchos, 2.293 munições, 514 cartuchos de recargas, 15.200 espoletas, 264 frascos de pólvora e mais 2.960 reais em dinheiro. Contabilizando o valor de mais de trinta mil reais em material.

De acordo com a polícia, as munições estavam escondidas em caixas de material farmacêuticos e com os códigos de barra recortados. Maurício Fernandes foi encaminhado para a 13ª delegacia regional de Presidente Dutra, onde responderá pelos crimes de porte ilegal de armas e comercialização ilegal de munições.

IMG-20150627-WA0002

IMG-20150627-WA0009

IMG-20150627-WA0000


CODEVASF_AUDIÊNCIA_22_06_2015_03

O deputado Federal Hildo Rocha solicitou e o presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales dos Rios São Francisco e Parnaíba (Codevasf), Felipe Mendes, deu garantias de que o órgão irá ampliar as ações no Maranhão.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (23), em Brasília, durante reunião de trabalho na qual o parlamentar reivindicou a construção de duas pontes; a conclusão do esgotamento sanitário do município de Magalhães de Almeida; e construção de poços artesianos que irão beneficiar milhares de famílias em diversos municípios maranhenses.

As duas pontes irão beneficiar milhares de pessoas das microrregiões do Itapecuru e Baixo Parnaíba. Cantanhede; Itapecuru-Mirim; Pirapemas; Matões do Norte; e Magalhães de Almeida serão as cidades mais favorecidas com as duas obras.

CODEVASF_AUDIÊNCIA_22_06_2015_01

Emendas parlamentares

A construção da ponte sobre o Rio Itapecuru será financiada com recursos federais provenientes de emendas dos deputados Hildo Rocha e Júnior Marreca. A obra ligará a BR-135 à BR-122 encurtando distâncias entre inúmeros municípios da região. Moradores da zona rural de Cantanhede, também serão beneficiados, pois o deslocamento até a sede do município acontecerá com maior comodidade e rapidez.

Baixo Parnaíba

A cidade de Magalhães de Almeida, na região do Baixo Parnaíba, também será beneficiada com a construção de uma ponte que ligará a sede do município ao Projeto de Irrigação Tabuleiro do São Bernardo.

Completando a lista de reivindicações apresentadas ao presidente da Codevasf, Hildo Rocha solicitou a conclusão do projeto de esgotamento sanitário de Magalhães de Almeida, que está paralisado desde o final de 2014 e solicitou a construção de poços artesianos que irão beneficiar milhares de pessoas em diversas regiões do Estado.

O parlamentar disse diversos municípios localizados nas bacias do Mearim e Itapecuru também poderão ser beneficiados com ações da Codevasf. “As intenções do Dr. Felipe são as melhores possíveis. Fui muito bem atendido e ele me deu uma esperança muito grande de que as reivindicações serão atendidas”, comemorou o parlamentar.


Secretaria de Turismo divulgou ontem, entusiasmada, a informação de que jornalistas da Espanha estão fazendo matérias em São Luís; mas de que servirá divulgação depois que o São João acabar?!?

Localidade em Santo Amaro,d e onde jornalistas partirão em um trekking pelos lençóis...

Localidade em Santo Amaro, de onde jornalistas partirão em um trekking pelos lençóis…

A secretária de Turismo do governo Flávio Dino (PCdoB), Delma Anrade, está deslumbrada com uma ação de pouco ou quase nenhum resultado prático.

Sua assessoria divulgou ontem que correspondentes do jornal espanhol El Mundo, German Aranda e Chema Llanos, estão em São Luís “acompanhando os festejos juninos de São João da capital do Estado, São Luis (Sic)”.

Eles também vão aos Lençóis Maranhenses.

– Esta ação é resultado do esforço conjunto entre as iniciativas pública e privada para promover os destinos maranhenses e apresentar toda a diversidade de atrativos que os turistas poderão encontrar aqui – explicou a secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade, de acordo com o release da Setur.

mas perguntar não ofende, nobre secretária: que ganho turístico terá São Luís em divulgar o São João depois do São João?!?

.

.

Do Blogue de Marco D´Eça


CGU_AUDIÊNCIA_COM_MINISTRO_VALDIR_MOYSÉS_SIMÃO_18_06_2015_02Em audiência com o ministro-chefe da Controladoria-Geral da União, Valdir Moisés Simão, nesta quinta-feira (18) em Brasília, o deputado federal Hildo Rocha (PMDB/MA) solicitou agilidade no procedimento de apuração de possíveis irregularidades na aplicação de recursos do Termo de Compromisso TC/PAC nº 1079/08, celebrado entre a prefeitura de Barreirinhas e a Fundação Nacional de Saúde.

Hildo Rocha explicou que o valor total do convênio para a implantação do sistema de abastecimento de água de vários povoados é de R$ 1.3000.000,00. Desse total, já foram liberados R$ 910.000,00. “Algumas obras encontra-se paradas em razão do processo de tomadas de conta especial e as comunidades beneficiárias dos convênios estão sendo prejudicadas sem os serviços”, disse o deputado.

CGU_AUDIÊNCIA_COM_MINISTRO_VALDIR_MOYSÉS_SIMÃO_18_06_2015_01

“É inaceitável que a população seja penalizada por falhas de convênios. Estamos falando de água potável, um bem importante. Se o projeto demorar a ser concluído os equipamentos já instalados sofrerão danos. Por isso, estou solicitando agilidade na solução das pendências para que os sistemas entrem em funcionamento o mais rápido possível”, argumentou.

Transparência

Hildo Rocha debateu sobre a Escala Brasil Transparente, metodologia criada pela CGU para avaliar o grau de cumprimento às normas da Lei de Acesso à Informação. No ranking da CGU o estado do maranhão ficou entre os três piores do país perdendo apenas para os estados do Acre e Rio Grande do Norte.

O parlamentar ressaltou a importância da CGU e se comprometeu em votar projetos de lei que tenham por finalidade aprimorar e fortalecer o órgão.

Valdir Simão explicou que a CGU vai aprofundar o monitoramento da transparência pública e aprimorar o acompanhamento das ações realizadas por estados e municípios.

O ministro ressaltou o assim que a CGU concluir a análise do convênio com a prefeitura de Barreirinhas o órgão irá deliberar sobre os procedimentos a serem adotados com a finalidade de solucionar as pendências que dificultam conclusão do convênio.

CGU_AUDIÊNCIA_COM_MINISTRO_VALDIR_MOYSÉS_SIMÃO_18_06_2015_03


O titular deste Blog viajava para Presidente Dutra e chegou ao local poucos instantes depois do acidente acontecer e colheu bastante imagens e depoimentos.

DSC_2696

Um grave acidente aconteceu por volta das 15:00h no Campo de Perizes na saída de São Luis. De acordo com informações uma Toyota Hilux de placas HWY 1096 de Vespasiano-MG invadiu a contra mão batendo de frente com um Corsa Classic de Placas NXL-0548 de Humberto de Campos-MA. No Corsa viajavam seis pessoas, entre elas uma criança de mais ou menos 3 anos. Quatro morreram no local, o motorista, o passageiro ao lado e uma senhora que viajava no banco traseiro e a criança que teve morte instantânea. Outras duas pessoas, de acordo com a polícia ficaram feridas e foram encaminhadas para o Socorrão em estado grave. O motorista da Toyota fugiu do local sem prestar socorro às vitimas.

Os três ocupantes do Corsa ficaram presos às ferragens. Os bombeiros tiveram que serrar o carro para poder tirar os corpos. Matéria completa no Qual é a Bronca da TV Cidade de São Luis na manhã desta terça-feira e no Balanço Geral da TV Cidade de Presidente Dutra na quarta.

DSC_2870

 

toyota

 

DSC_2785

 

acidente01

 

 

DSC_2747

 

DSC_2693

 

acidente02

 


IMG_1007

Alertada do erro, a organização ainda tentou minimizar a situação virando a placa para o lado contrário, mas já era tarde, a gafe já tinha ganhado as redes sociais.

O governo Flávio Dino através da Secretaria de Cultura do Estado provou que desconhece a cultura maranhense. A prova maior foi o erro grotesco na placa de entrada do Arraial do IPEM promovido pelo governo do estado e inaugurado na última sexta-feira (19/06).

A idéia era que o local das brincadeiras deveria homenagear o grande cantador de toadas do Boi de Axixá Donato Alves, já falecido, mas erraram feio colocando o nome da festa de “Arraial NONATO ALVES” que ninguém sabe quem diabo é. Donato, um dos maiores expoentes da cultura maranhense, deve está se revirando no túmulo com a falta de sensibilidade e desconhecimento cultural do “governo da mudança”.

E o que é pior, a família de Donato Alves afirma que, apesar da homenagem, não foi convidada para participar da inauguração do Arraial IPEM. “A gente fica chateada com uma coisa dessas. Fiquei sabendo por pessoas que me ligaram e contaram sobre o erra (no nome). Nonato Alves não existe. O certo é Donato Alves, declarou a viúva de Donato, Conceição Alves.

A organização do Arraial do IPEM deve ter convidado a família de “Nonato Alves”, em vez de convidar da família do cantador Donato Alves. Incrível como este governo comete gafes! 


123»» Última
Página 1 de 221