Socorrão-Presidente-Dutra

URGENTE, EXCLUSIVO E EM PRIMEIRA MÃO AGORA ÀS 23:30 – Neste exato momento está pegando fogo a Usina de Oxigênio da UTI do Hospital Regional de Urgência e Emergência de Presidente Dutra, o Socorrão. A informação foi repassada ao Blog por um funcionário do Hospital que está de plantão e pediu pra não se identificar. “Aqui no Socorrão o reboliço é muito grande com muito corre corre de médicos e enfermeiros”, declarou a fonte.

Ainda de acordo com a plantonista, a mais desesperada é a Diretora Geral Daniela Cunha que está auxiliando na transferência de pacientes entubados para outras UTI´s, conforme sugere o Supervisor Administrativo Antonio Paulo.

O Socorrão tem hoje 08 pacientes entubados internados em sua UTI. O desespero da equipe para tentar transferir esses pacientes é muito grande já que existem poucas UTI´s disponíveis nas regionais. Veja a lista abaixo:

1 leito de UTI Macro Coroata
1 leito de UTI em Codo
1 leito de UTI UPA Coroata
1 leito Caxias
1 leito São João dos Patos

A equipe médica está se debatendo e já fez o roteiro para onde os pacientes entubados serão transferidos. Pelo menos é o que mostra as mensagens recebidas pelo Blog. 

Ainda de acordo com a fonte que está no plantão nesse momento, As ambulâncias do SAMU estão vindo buscar os pacientes da UTI e vão levar para as Unidades citadas acima. Destalhe: Outra fonte informa via watsap que a empresa que fornece oxigênio para o Hospital Socorrão, estaria sem receber pagamento há pelo menos seis meses.

Mais informações a qualquer momento


com marca dágua-01O candidato à reeleição pela “Coligação O Trabalho Continua”, prefeito Juran Carvalho de Souza inaugurou seu comitê eleitoral na noite desta terça-feira na Rua 28 de Junho Sul.

O evento que era pra ser só uma palestra com os moradores da rua, se transformou num gigantesco comício como mostram as imagens terrestres e aéreas.

aaa

com marca dágua-02

DCIM100MEDIADJI_0053.JPG

foto-01

Antes do início da palestra, Juran Carvalho visitou todas as casas do Rua 28 sul. A palestra-comício encerrou-se por volta das 21h:30m. De lá, todo mundo saiu em direção à Rua Adalto Cruz acompanhando o prefeito candidato até a casa do ex-prefeito Jurandir Carvalho.

Hoje a “Coligação O Trabalho Continua” promove palestra na Rua Coronel João Rolins nas proximidades da casa do vereador Itamar Lucena Lima.

Irene Soares

Já a “Coligação Juntos Somos Mais Fortes” que tem como candidata a prefeita Irene de Oliveira Soares fará visitas e caminhada na tarde noite desta quarta-feira. A candidata estará na Rua da Pedra a partir das 17h:00m. Itinerário: deslocamento pela Rua Adalto Cruz com a Rua Marechal Castelo Branco até a residência da Irene Soares.


13873044_928339977278341_3540067840063036755_n

Orny Lima e o pai, o ex-prefeito de Santo Antonio dos Lopes, Mousinho

O governador Flávio Dino mostrou que o ex-diretor Administrativo do Socorrão de Presidente Dutra Orny Lima, não é apenas um aliado político seu e sim um amigo e que desfruta de muito prestígio dentro do governo comunista.

Uma prova disto é que Orny Lima acaba de ser convidado pelo governador para ser o novo Gestor Regional de Saúde de Presidente Dutra em substituição a José Orlando da FNS que ocupava o cargo interinamente no lugar do médico Orlando Pinto que desincompatibilizou-se para ser candidato a vice-prefeito na chapa da ex-prefeita Irene Soares. “O Secretário Marcio Jerry ligou-me agorinha me comunicando. Estou muito feliz”, declarou Orny Lima. Entenda o caso da demissão de Orny Lima da direção administrativa do Socorrão AQUI e AQUI.


junior

O candidato do PV à Prefeitura de Barra do Corda Júnior do Nezin, fez uma caminhada apoteótica no final da tarde desta segunda-feira pelas ruas da cidade. Uma caminhada que entrou pra história política do município reunindo milhares de pessoas. O número de carros e motos foi tão grande que cortou a cidade inteira de uma ponta a outra. O evento marcou o início de fato o início da campanha vitoriosa de Júnior do Nenzin e serviu para a abertura do seu comitê eleitoral e contou as presenças do deputado estadual Rigo Teles, do Líder Político Aristides Milhomem, do empresário Pedro Teles e do ex-Prefeito Nenzin, além de empresários, vereadores, candidatos a vereador, lideranças politicas e comunitárias da região.

junior01

Em seu discurso, a candidata a vice na da chapa de Júnior, Jaíne Milhomem, chamou a atenção para as incoerências do seu adversário. “Ele fala que cuidou da saúde e nosso povo sofreu com a maior epidemia de dengue e chikungunha que o nosso estado já viu. Ele fala em educação de qualidade e em quatro anos não construiu uma só sala de aula”, frisou

Discursando para a multidão, Junior do Nezin declarou que vai continuar fazendo o que sempre fez, que é cuidar bem do povo da Barra do Corda. “Cuidar bem do povo não é abrir um sorriso falso ou dá um abraço de urso. Cuidar do povo é cuidar com o coração e tudo que eu faço vem de dentro do meu coração”, afirmou Júnior, para em seguida completar. “Vamos fazer a maior administração que Barra do Corda já viu, uma administração arrojada, visando o bem estar da população e o crescimento do município, onde os nossos comerciantes vão ter vez e tudo será comprado aqui e não em Tuntum e em Imperatriz como aconteceu nos últimos quatro anos com esse prefeito que aí está”, declarou.

No caso do aplicativo, é que há denuncias de que tem candidatos em Barra do Corda usando aplicativos de celular para aumentar o numero de pessoas nas fotos na hora de publicá-las.

DCIM100MEDIADJI_0020.JPG


ornyEm contato com o Blog agora há pouco, o dentista Orny Lima disse ainda não saber os reais motivos de sua demissão da Diretoria Administrativa do Socorrão de Presidente Dutra. “Sinceramente ainda não sei. Estou indo a São Luís amanhã saber o que realmente aconteceu. Irei falar com Flávio Dino”, declarou surpreso.

Orny Lima, também rechaçou as acusações de que, segundo políticos da região, estaria tratando mal os pacientes de outros municípios e dando prioridade aos de Santo Antonio dos Lopes, sua cidade natal. “De antemão, te digo, nunca tratei ninguém, inclusive nem Prefeito ou candidato, mal. Pelo contrário estou recebendo o apoio de várias lideranças políticas da região que estão pedindo minha volta”, afirmou.

Este Blog vem tentando apurar os reais motivos que levaram a demissão de Orny Lima e a cada contato vem se deparando com uma história diferente. Posso adiantar que, prevalecendo a demissão do dentista, ele poderá ter sido vítima de um grande complô comandado por pessoas bem próximas a ele, o chamado fogo amigo. “Meu amigo, estou muito triste e decepcionado com tanta falsidade. Fico muito triste com tudo isso, mas Deus conhece meu coração”, lamentou.

Orny ainda se mostrou confiante e acredita que tudo não passa de um mal entendido. “Ainda não está confirmado, estou indo pra São Luís amanhã (segunda-feira) e irei saber pessoalmente. Provavelmente voltarei ao cargo”, finalizou.


13873044_928339977278341_3540067840063036755_n

Orny Lima e o pai ex-prefeito Mousinho de Santo Antonio dos Lopes – Foto retirado do Facebook

O Dentista com Especialização em Administração Hospitalar Orny Lima, foi demitido no começo deste final de semana da Direção Administrativa do Hospital Regional de Urgência e Emergência de Presidente Dutra (HRUEPD), o Socorrão. Orny é filho do ex-prefeito Mousinho de Santo Antonio dos Lopes e ocupava a direção do hospital desde o governo Roseana Sarney de quem era aliado há décadas e rompeu com ela em 2014 pra apoiar Flávio Dino. O dentista nunca foi uma unanimidade dentro daquela casa hospitalar, chegando a ser acusado por políticos regionais de várias matizes e cores de ter implantado ali a chamada “república de Santo Antonio dos Lopes”, dando prioridades no atendimento de pacientes vindos de sua terra natal.

Os motivos da demissão

Comenta-se que os motivos que levaram à queda de Orny Lima foram vários. No interior do Socorrão, servidores que não quiseram se identificar, alegam que ele estaria dando pressão em todos por apoio à candidata Irene Soares de quem é muito amigo e nunca escondeu isso de ninguém.

Há também outra versão de que o diretor não vinha se bicando muito bem com o prefeito de Dom Pedro Hernando Macedo, a quem alguns creditam sua degola. Segundo informações, os Macêdos acusavam Orny de não está dando a atenção merecida aos pacientes dom-pedrenses.

Já uma fonte de dentro do núcleo do governo Flávio Dino informa ao Blog, que o motivo da demissão do dentista teria sido generalizado. “Ninguém, nenhum político da região gostava dele (Orny) porque ele tratava todo mundo mal”, afirmou a fonte para em seguida finalizar. “Todos estão felizes com a troca e o governador Flávio Dino vai ganhar muito com isso”.

Dois Nomes estão contados para assumir a direção administrativa do Socorrão, o da  enfermeira Kelma Vale e o do bioquímico Nasser Jadão. Ela, indicação do prefeito Tema de Tuntum e ele, na cota do prefeito Hernando Macêdo de Dom Pedro. A briga é de foice no escuro. Orny não foi localizado pelo Blog pra dar sua versão. O celular estava fora de área e ele não respondeu as mensagens enviadas via Watsap. O espaço continua aberto.


POR EURICO DUTRA

o-ocultoPois bem. Entre encontros, desencontros e toda sorte de atropelos ocorridos entre a oposição ao governo municipal, eis que nos deparamos com – talvez – o momento mais catastrófico da política presidutrense dos últimos anos. As alianças que pareciam estar sendo costuradas nas inúmeras reuniões feitas pelos pretensos candidatos à enfrentar o atual prefeito de Presidente Dutra, Dr. Juran Carvalho em sua empreitada rumo à reeleição, deram espaços a uma previsível consolidação da vitória do mandatário maior da cidade.

Nunca antes tinha-se visto tantas aglomerações políticas buscando solidificar um nome em torno do qual pudesse se construir, ainda que minimamente, chances reais de enfrentar Juran Carvalho nas eleições municipais de 2016. Embora tenham sido constantes, nenhuma dessas tentativas se mostrou frutífera, de modo que o que se viu foi o efetivo e concreto “depenamento” do grupo ora cabeceado por Irene Soares, a eterna Pipira. A viúva do ex-prefeito e ex-deputado estadual Remy Soares, viu fiéis escudeiros de seu grupo político capitanearem uma verdadeira revolução dentro de sua confraria, vociferando aos quatro cantos seu apoio político à Juran Carvalho, sabidamente o candidato de maiores – para não dizer únicas – condições de vencer o pleito eleitoral que se inicia.

O político com maior número de mandatos eletivos de Presidente Dutra, José Nunes Martins e seu filho ex-vereador Aristeu Nunes, exaustos do desprestígio sofrido ao longo dos anos, mesmo diante de toda a fidelidade demonstrada aos “Soares” ao longo de décadas, resolveram unir-se a outros tantos ex-aliados de Irene e deflagrar um dos maiores rompimentos de alianças políticas já vistos. O que pode ser entendido por muitos como um ato de rebeldia dos dois, deve ser visto antes de tudo como, nada mais do que um fluxo natural das coisas. O rompimento dos “Nunes” com o grupo hoje liderado por Irene Soares, já era tido por muitos como algo que pairava sobre o tempo, esperando apenas o momento propício para a sua efetivação. Senão, rememoremos a forma como liderava sua equipe política ainda nos idos de sua desastrosa passagem pela administração municipal. Reconhecidamente uma figura ausente das ações esperadas de um prefeito, Irene Soares incorreu no maior erro que qualquer líder ou pessoa comum pode incorrer: entender-se como autossuficiente. Alheia às necessidades e opiniões do povo, a ex-prefeita de Presidente Dutra sequer dava ouvidos aos serviçais mais próximos, abandonando à própria sorte os serviços públicos e os presidutrenses, o que de certo foi decisivo para aquilo com o que se deparou Juran Carvalho ao assumir as rédeas da administração de Presidente Dutra: um completo ambiente de abandono.

Diante de toda a revolução assistida nos últimos dias e depois de ouvir os vários comentários dos eleitores nos últimos dias, não é difícil prever o final dessa história. Conhecida por pleitos concorridos, quase sempre decididos muito próximo ao dia da votação, Presidente Dutra tem tudo para passar por eleições sem maiores surpresas em 2016. Fazendo jus à Lei da Colheita que exige que colhamos exatamente aquilo que plantamos. O grupo oposicionista tem tudo para amargar vergonhosa derrota de Juran Carvalho justamente pelo desprestígio tanto junto ao eleitorado que é o maior conhecedor da desastrosa “Era Soares” à frente da Prefeitura, quanto dos próprios correligionários que viram-se traídos pela sede de poder dos cabeceiam a chapa da oposição. Nem mesmo o suposto apoio do “Governador Regional” poderá livrar Irene Soares da derrota nas urnas.

É esperar para ver.

.

Eurico Dutraé funcionário público estadual e federa e pediu pra não ser identificado


JURAN E IRENE

Os dois candidatos a prefeito de Presidente Dutra que disputam a preferencia do eleitor, começam efetivamente suas campanhas na próxima terça-feira 23-08. As assessorias de Juran Carvalho (PP) candidato a reeleição e da ex-prefeita Irene Soares (PSL) pretendente a um novo mandato, já estão divulgando suas programações nas redes sociais conforme abaixo.

JURAN CARVALHO – COLIGAÇÃO “O TRABALHO CONTINUA”.

Concentração na Rua 28 de junho, com a inauguração do comitê e visitas às ruas próximas.

IRENE SOARES – COLIGAÇÃO “JUNTOS SOMOS MAIS FORTES”

Visitas Praça do Pau do Brefo, Imediações do Posto Priscylla, Praça Diogo Soares, Rua Magalhães de Almeida até a Praça São Sebastião.

A partir das 16:00h visitas à Rua Antonio Piaui. O principal detalhe é que a ex-prefeita Irene Soares já está nas ruas à caça do voto desde o último dia 16/08, enquanto que Juran Carvalho, talvez por está em melhor colocação na corrida, ainda não colocou o Bloco na rua. Vamos aguardar


REFORMA-POLÍTICAO deputado federal Hildo Rocha (PMDB/MA) apresentou projeto que altera a lei dos partidos políticos. Segundo o parlamentar, o PL 6.004/2016 pretende alcançar dois objetivos: fortalecer os partidos políticos e inibir uma prática nociva, vergonhosa e humilhante que consiste em intervir nos diretórios municipais em troca de vantagens. Inclusive vantagens financeiras.

“Participei de várias convenções, no nosso Estado, e percebi que alguns partidos políticos dissolviam, com maior facilidade, as comissões provisórias muitas vezes numa troca que leva inclusive vantagem financeira para dirigentes de partidos”, destacou Rocha.

Decisões monocráticas

O deputado ressaltou que as negociatas não são praticadas apenas por pequenos partidos. “Grandes partidos também estão utilizando essa prática. Por decisão monocrática de um presidente regional trocam as comissões provisórias, seguindo a orientação de uma liderança de um grupo politico. Isso interfere no resultado das eleições. Para evitar essa anomalia é que apresentei, e já está tramitando O Projeto de Lei 6.004/2016”, justificou Rocha.

Novas regras

A proposta do deputado Hildo Rocha estabelece o cancelamento do registro civil e do estatuto dos partidos que não tenham diretórios em pelo menos 80% dos Estados, e em 40% dos municípios. “Não é o suficiente, mas é uma forma de inibir essa prática que só faz envergonhar a política brasileira porque em nenhum outro país existe essa prática covarde de tirar o direito de um cidadão que se preparou durante muito tempo pra ser candidato e de repente é retirado o partido que ele achava que era o melhor para ele se filiar, defender e de repente apenas um dirigente partidário, presidente de partido no Estado ou na regional retira dele esse direto porque os detentores de maior poder econômico compram as siglas, por meio da dissolução de comissões provisórias”, enfatizou o parlamentar.

“Portanto, fica aqui o meu pedido aos senhores deputados e deputadas pra que possamos aprovar esse projeto de lei importante para a política brasileira”, pediu Hildo Rocha.


imagesA Justiça Eleitoral em todo o país utilizará novas regras para fiscalizar os recursos empregados nas campanhas dos candidatos. De acordo com a reforma eleitoral aprovada pelo Congresso no ano passado, os partidos e coligações deverão prestar contas aos tribunais regionais eleitorais (TREs) a cada 72 horas. Os dados poderão ser consultados no site do TSE.
Pela nova norma, os candidatos também estão proibidos de receber doações de empresas e só poderão ser financiados por pessoas físicas e recursos do Fundo Partidário. As doações de simpatizantes dos candidatos só podem ser feitas por meio de recibo e declaradas no Imposto de Renda. As chamadas “vaquinhas virtuais” foram vetadas pelo TSE.


3080170a-b211-410b-bda6-80eab5add26fO atual prefeito de Presidente Dutra Juran Carvalho de Souza (PP) registrou no final da tarde desta segunda-feira  15/08 sua candidatura à reeleição. O pepista estava acompanhado do seu vice Itamar Lucena Lima, de presidentes de vários partidos e de  candidatos a vereador. Ele entregou toda documentação exigida pela justiça eleitoral na sede do Cartório Eleitoral da 54ª Zona Eleitoral na Vila Militar.

Juran Carvalho encabeça a Coligação “O Trabalho Continua” composta por 13 partidos PV/PP/PRB/PSD/DEM/PMDB/PRP/PPL/PSB/PSDB/PMB/SD/PHS.

Por ocasião da entrega da documentação, o gestor se mostrou satisfeito com as alianças que foram feitas em torno do seu nome. “Essa união de forças das lideranças em torno do nosso nome só comprova que o trabalho que fizemos em Presidente Dutra foi aprovado pela maioria da nossa população”, ponderou Juran.

Foram registradas duas coligações para vereador: “O Trabalho Continua e “Forte é o Povo”.


dionizioNa lista dos ilegíveis divulgada no final da tarde desta segunda-feira pelo TCE, Tribunal de Contas do Estado, apenas um nome de político de Presidente Dutra, o do ex-vereador Dionízio Oliveira Pinto consta como inapto a concorrer nas eleições de 2 de outubro deste ano.

Dionízio foi presidente da Câmara Municipal de Presidente Dutra e teve duas prestações de contas referentes aos exercícios de 2009 e 2011 consideradas irregulares pelo TCE.

Dois outros nomes que configuravam na lista por ocasião da eleição passada, do ex-prefeito Jurandir Carvalho de Souza e do ex-vereador Wilson Oliveira ficaram de fora este ano. Baixe aqui a lista.


0d33947c-69f5-4756-b1ec-725bbb124d93Uma força-tarefa formada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), Controladoria Geral da União (CGU), Ministério Público Federal (MPF) e pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) está realizando, entre 15 e 20 de agosto, uma grande auditoria na aplicação dos recursos públicos na Educação e no Transporte Escolar da Prefeitura Municipal de Barra do Corda, referentes aos exercícios financeiros de 2015 e 2016, conforme estabelecido na 4ª Etapa do Programa de Fiscalização conjunta com CGU.

O comunicado foi feito ao prefeito de Barra do Corda, Eric Costa, pelo próprio presidente do TCE, conselheiro João Jorge Jinkings Pavão, por meio do ofício 115/2016. No ofício, o presidente Jorge Pavão alerta que o objeto da auditoria é a aplicação de recursos públicos na contratação e manutenção dos serviços de Transporte Escolar, formalizados pelos processos 10568/2016 e 10569/2016, do Tribunal de Contas do Estado.

No documento, o presidente Jorge Pavão apresenta ao prefeito Eric Costa a equipe de servidores responsáveis pela auditoria: os auditores estaduais de controle externo, José Silvério da Silva Santos (matrícula 10975) e Mônica Valéria de Farias, (matrícula 11403), e pede a disponibilização de documentos necessários à execução da fiscalização, ambiente seguro para trabalhar e esclarecimentos para facilitar os trabalhos da força-tarefa.

A força-tarefa vai analisar processos licitatórios completos, autorização para sublocação de veículos, relatório do sistema contábil no setor educacional com valores, números e datas das notas de empenho e ordens de pagamento, relação dos veículos locados, carteira de habilitação dos motoristas,certificados de licenciamento dos veículos e o número de estudantes atendidos pelo transporte escolar fornecido pela Prefeitura de Barra do Corda.

Na Câmara Municipal de Barra do Corda, vereadores da Oposição denunciam que existem suspeitas de vícios nos processos de licitação na contratação do transporte escolar, a falta de segurança para os estudantes, veículos e motoristas sem documentação, automóveis deteriorados e outras irregularidades que certamente serão apuradas pela força-tarefa.

.

.

Com informação de Djalma Rodrigues


a-boa-amos-1Tudo bem que o documento perdeu muito da sua importância depois de o STF decidir que é exclusivamente da Câmara Municipal a competência para julgar as contas de governo e as contas de gestão dos prefeitos.

De qualquer forma, o Blog do Gilberto Léda publica a lista de gestores que tiveram contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE).

São 1.319 no total.

Em outros tempos, era bem provável que quase todos fossem declarados inelegíveis pela Justiça Eleitoral (saiba mais).

Com a reviravolta após o STF definir que vale a interpretação da Constituição para esses casos, só podem ser considerados inelegíveis, dessa lista, os secretários e presidentes de poderes.

Prefeitos escaparam…

Baixe aqui a lista.

.

.

Do Blog de Gilberto Léda


61905A Justiça libera, a partir desta terça-feira (16), os candidatos para iniciaram a propaganda eleitoral na rua e na internet. Os postulantes a prefeito ou vereador poderão pedir o voto dos eleitores até o dia 1º de outubro próximo, um dia antes da realização do primeiro turno do pleito.

Serão 46 dias possíveis para o uso de carros de som, altos-falantes, jingles e material gráfico, como os conhecidos santinhos. Também é permitido promover caminhadas, passeatas, carreatas e comícios. A campanha nas internet, inclusive, redes sociais, também está liberada.

Mas os candidatos e eleitores devem ficar atentos, pois nem tudo é considerado legal pela Justiça Eleitoral. A propaganda paga na internet, por exemplo, está proibida. Alguns candidatos fazem a avaliação de custo benefício para saber se o saldo que vai conseguir com a propaganda é melhor do que pagar a multa. Essa é uma opção do candidato, mas a Justiça eleitoral vai estar muito atenta a essa propaganda na rede social.

A utilização de alto-falantes também tem regras. Só podem funcionar das 8h às 22h, sendo proibidos num espaço menor que 200 metros de repartições públicas, hospitais, escolas, bibliotecas e igrejas. Os veículos com a publicidade sonora, de caminhão a bicicleta, devem ter autorização da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente. O barulho não pode ultrapassar 70 decibéis, caso o veículo esteja em movimento. Parado, o alto-falante deve ser desligado, com a exceção de estar em evento autorizado pela Justiça Eleitoral. Continuam proibidos os “showmícios” e a contratação de artistas para qualquer outro evento que sirva para promover a imagem de candidatos. A distribuição de brindes como camisas e bonés também é proibida, assim como a publicidade em outdoors, cuja contratação pode reverter em multa de R$ 5 mil a R$ 15 mil para a coligação, partidos ou político.

A distribuição de bens materiais, mesmo que seja um relés chaveiro, pode ser interpretada como compra de voto, podendo o candidato ser processado e ter o registro de candidatura cassado.

Os cavaletes nas praças da cidade passou a ser proibidos. Postes de iluminação pública, sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e outros equipamentos urbanos também devem ser preservados da propaganda eleitoral. Nos ambientes privados, cartazes e placas relacionadas a candidaturas devem ter tamanho limitado a meio metro quadrado.


123»» Última
Página 1 de 173
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com