O programa do Governo Federal Saúde da Família passará a contar com o apoio dos médicos veterinários. Uma portaria publicada nesta semana pelo Ministério da Saúde garantiu a inclusão dos profissionais no programa com o objetivo de solucionar fragilidades na prevenção e vigilância epidemiológica. Os veterinários deverão ser chamados para integrar os núcleos de atendimento no Maranhão e o recrutamento dependerá dos gestores municipais. Já no restante do país, a reestruturação deverá ampliar em cinco vezes o alcance do Programa.

A proposta ao Ministério da Saúde foi encaminhada pelo deputado federal Carlos Brandão (PSDB-MA). O parlamentar, que é veterinário, manifestou a necessidade e urgência em aprimorar os mecanismos de gestão para assegurar a promoção da saúde nos municípios atendidos pelo Programa. Desde 2008, Brandão vinha promovendo a discussão com representantes do Ministério e os conselhos veterinários para destacar a importância da iniciativa.

Na avaliação de Carlos Brandão, a decisão de reestruturar o programa garantirá avanços positivos não só no Maranhão, mas em todo o território nacional. “O papel do médico veterinário é de grande importância na prevenção e atenção à saúde. Felizmente conseguimos sensibilizar o Ministério para corrigir a falha no que se refere à ausência desses profissionais no programa”,afirma Carlos Brandão, que também é médico veterinário.

De acordo com a Coordenação-Geral de Gestão da Atenção Básica à Saúde, os municípios atendidos no Maranhão receberão aproximadamente R$ 20 mil para a implantação do Núcleo e mais R$ 20 mil mensais para o custeio das equipes. Os recursos serão repassados do Fundo Nacional de Saúde para os fundos municipais de saúde.

O recrutamento dos veterinários deverá atender critérios de prioridade identificados a partir dos dados epidemiológicos e das necessidades locais. Atualmente, as equipes do programa Saúde da Família são compostas atualmente por profissionais acupunturista, assistente social, professor de educação física, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico ginecologista, homeopata, nutricionista, pediatra, psicólogo, psiquiatra e terapeuta ocupacional. Além dos veterinários, passaram a integrar o Programa Saúde da Família os médicos sanitaristas, geriatras, médicos do trabalho e médicos internistas.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Deputado Federal Carlos Brandão

adonias

Comentar

COMENTÁRIOS (3)

  1. Eduardo

    31/10/2011

    meu amigo Adonias o nosso ilustre gestor regional de educação anda assassinando a nossa gramática no face, escreve viZitas…”Mais um domingo de muitas vizitas ao Povoados do nosso Município. De manhã, na companhia dos amigos Toinho Veloso e Pedro Cabral, estivemos na localidade Impueira. Agora à noite, no Povoado Palma, inauguramos a sede da Associação Desportiva, ao lado do amigo Ladi e do Vereador Dionízio. Agradeço a todos por ser tão bem recebido por onde passo. Boa noite!”
    melhor nosso pretenso candidato a prefeito ter mais atenção ao escrever.

  2. George

    31/10/2011

    Parabéns ao deputado Carlos Brandão! Quanto mais classes sendo beneficiadas, melhor será para a população. Os veterinários merecem essa valorização! Essa foi mais uma demonstração do trabalho desempenhado pelo deputado Brandão, coisa difícil de se ver entre a maioria dos deputados. Mais uma vez, parabéns! Presidente Dutra e o Maranhão não se arrepende de ter votado em você.

  3. antonio milhomem

    31/10/2011

    interesante é q o mesmo encheu a cidade de out-dors querendo mostrar que é ele quem esta trazendo a IFMA PRA CÁ,mas esqueceu de comunicar a população local que o curso de enfermagem da uema não tem turma nova este ano pq nem a prefeitura nem o “gestor regional” tiveram o minimo de interece de oferecer a população local o curso,agora imagine um municipio que tem um socorrão não tem um curso da area de saude decente;obrigado ‘GESTOR DE EDUCAÇÃO E PREFEITA OMISSA”por mais uma obra de contribuição com nossa cidade

Deixe uma resposta









*