Foi só São Pedro mandar uma chuva um pouco mais intensa no último sábado à noite para os moradores das Ruas Raimundo França, Gonçalves Dias, Presidente Médice e ruas vizinhas do bairro Campo Dantas ficarem completamente alagados, o nível das águas em algumas casas chegou a mais de um metro e meio. O sofrimento continua e os prejuízos também. Teve gente que mais uma vez perdeu quase tudo, quem teve tempo ainda pode retirar alguns móveis que ficaram jogados no meio da rua por todo o dia de domingo como mostram as fotos a seguir.

Travessa da Rua Presidente Médice.

Travessa da Rua Presidente Médice.

Rua Gonçalves Dias.

Rua Gonçalves Dias.

Rapaz se protege com um colchão

Rapaz se protege com um colchão

Desta vez a enchente pegou até mesmo gente de poder aquisitivo um pouco mais alto como é o caso do Bioquímico Anfristônio morador da Raimundo França. Sua mulher Célia tirou todas as fotos inclusive as que mostram a situação dos seus móveis. 

interior da casa de Anfristônio.

interior da casa de Anfristônio.

Pra se ter uma idéia do nível da água, veja a foto a seguir de uma moradora quando passava pela rua.

Pra se ter uma idéia do nível da água, veja a foto a seguir de uma moradora quando passava pela rua.

O mesmo problema aconteceu no inverno passado (foto abaixo). Moradores da Rua Gonçalves Dias exigiram uma solução urgente da prefeitura, como na época não foi dada a mínima atenção eles abriram uma vala no meio da rua. Cansados de esperar pelo município eles resolveram procurar Ministério Público, o promotor Lindonjonson Gonçalves entrou com ação pedindo reparação de danos para que os prejudicados fossem indenizados, eles ainda aguardam uma solução da justiça. Durante a campanha eleitoral passada a prefeitura fez uma pequena galeria na vala aberta pelos moradores dizendo que o problema estava resolvido. Que nada! Foi somente obra eleitoreira. Agora o inverno chegou e tudo começou novamente. Era a tragédia anunciada porque ninguém acreditava que a tal obra iria resolver a situação. Como de fato não resolveu.

Enchente do inverno passado.

Enchente do inverno passado.

Essa foi boa

Depois de tudo que aconteceu e com os moradores ainda abalados pelo sofrimento e as perdas que tiveram, eis que no domingo à noite aparecem nas ruas afetadas pela enchente o Secretário de Obras Messias Moraes e a Secretária de Assistência Social Káritas Gomes distribuindo quentinhas aos moradores. Esta foi a grande preocupação da Prefeita Irene Sereno naquele momento. O engraçado é que isso não é feito periodicamente. Será que estavam apenas querendo adoçar a boca de quem estava padecendo?

adonias

Comentar

COMENTÁRIOS (7)

  1. Juca Pirama

    01/04/2009

    Adonias, alguns puxa-sacos de plantão irão dizer que isso é coisa da natureza. Mas na verdade é falta de uma gestão pública de qualidade. Porém foi assim que alguns moradores daquele bairro decidiram ao votar na “Prefeita Nota 10”. Esta aí o 10000000000000000000…

  2. bruno

    02/04/2009

    È isso , tivemos a chance de mudar, mas quiseram continuar.
    Cada povo tem o gonverno que merece.

  3. Gregório de Matos Guerra

    03/04/2009

    É isso aí, que mandou receber aqueles míseros sacos de cimento, tijolos e outras cossitas mais para votar em uma prefeita que se intitulava defensora dos oprimidos. O caso dessas enchentes deva ser consequência das lágrimas que a prefeita derramou no palanque.

  4. EVAN

    03/04/2009

    Asfotos ficaram ótimas, essas são inéditas

  5. andre tomassine

    05/04/2009

    rapaz o diabo da com uma mão e tira com a outra.Há alguns dias fiz um comentario que eu tava achando estranho que a mesma empresa que fez os remendos com asfalto “soluvel” estava colocando camada asfaltica no posto remy soares e não é que no sabado mesmo a enchente cheqou no nivel dos tanques e acabou misturando agua ao combustivel;”homi” não deu tempo nem p´ra pipirada comemorar

  6. Marco

    06/04/2009

    “…acabou misturando agua ao combustivel…”

    Este Andre Tomassine, não entende de nada mesmo, além de escrever muito mal, será que ele não sabe que os reservatórios de combustíveis são blindados??

    É um “mané” mesmo!!!!!!

  7. Eloides

    10/04/2009

    realmete mais uma vez estamos (também moro da Rua Gonçalves Dias, vulgo Rua dos Alagados) no olho do furacão, estamos todos ilhados e nada é feito para mudar essa situação, só prejuízos, lágrimas e muito sacrificio pra recuperar tudo que foi perdido, mas vão si os anéis e ficam-se os dedos.

Deixe uma resposta









*