A Polícia Civil de Barra do Corda, coordenada pelos delegados Renilto Ferreira e Marcondes Sousa e equipe de capturas, prendeu nesta quarta-feira (9) Flávio dos Santos Silva, 28 anos, suspeito de praticar os crimes de apropriação indébita, falsificação de documento, retenção de cartões e documentos de idosos e agiotagem.

Também foi cumprido mandado de prisão preventiva contra Assueres Pessoa da Silva de 25 anos por suspeita da prática de crime de estupro de vulnerável.

Segundo o Delegado Regional de Barra do Corda Renilto Ferreira, Flávio dos Santos foi preso após denúncias de que fazia empréstimos a indígenas do município cobrando juros exorbitantes e mantinha retido os cartões de benefícios sociais e bancários, junto de suas senhas e documentos pessoais para poder sacar esses benefícios de forma discricionária e por tempo indeterminado, haja visto que, com juros extremamente altos, a dívida nunca acabava.

“As investigações continuam com o intuito de se identificar mais pessoas envolvidas nessas práticas criminosas”, afirmou o delegado.

Já contra Assueres Pessoa, havia um mandado de prisão contra ele oriundo da comarca de Pedreiras que foi cumprido também na manhã desta quarta.

“Assueres é suspeito de ter mantido relações sexuais com uma criança de 11 anos de idade, filha de um casal o qual ele convivia como se fosse da família.  O mesmo será encaminhado a Pedreiras, onde responderá as imputações que lhe são feitas”, declarou Renilto Ferreira.

adonias


Facebook
Twitter
Instagram