É incrível a capacidade da administração Bigu de Oliveira de Santo Antonio dos Lopes de se envolver em polêmica; a cada dia uma lambança diferente. A última vem mais uma vez da Secretaria Municipal de Educação, que segundo denúncias de pais de alunos estaria proibindo estudantes de entrar na sala de aula sem está calçando sapato preto.

A revolta não é só dos pais e mães de alunos. O assunto já tomou conta das redes sociais e dos grupos de Watsapp que estão detonando mais essa falta de compostura e de sensibilidade da gestão Bigu para com os carentes do município que não tem condições de comprar nem comida, imagina um sapato preto.

Até a vice-prefeita de Santo Antonio dos Lopes, Priscyla Freitas, que foi cabeça de chapa junto com o prefeito Bigu na eleição passada, se pronunciou sobre o problema em sua página pessoal no Facebook.

“Dar o uniforme escolar, mas impor condição à entrada na escola (ou melhor, ao acesso à educação) ao uso do sapato preto viola não apenas um direito fundamental, como também constrange os pais e os alunos que sofrem com a falta de dinheiro para atender essa exigência”, disse Priscyla.

Tentamos entrar em contato com a Secretaria Municipal de Educação e não conseguimos. O espaço está aberto para eventuais explicações.

adonias