Wellington Rodrigues afirma: “Perseguição política tirou O povo na TV do ar”.

Wellington Rodrigues

É por pura perseguição política que o Programa O Povo na TV apresentado de segunda a sexta-feira do meio dia a uma da tarde por Wellington Rodrigues no canal 9 da TV Difusora de Presidente Dutra está fora do ar. Segundo o apresentador, bastou ele declarar seu apoio pessoal ao candidato Juran Carvalho (PV) para ser sumariamente demitido. Wellington conta que apresentava o programa segunda-feira 23/07 quando recebeu o comunicado do diretor do canal 9 que, “não poderia mais apresentar o programa por questões políticas”. O apresentador ainda tentou se justificar: “Eu não vou trabalhar com ele (Juran), vou estar com ele e não vou mencionar o nome de nenhum político aqui a não ser em forma de entrevista”. De nada adiantou. Rodrigues fez uma consulta ao Juiz da Comarca Ferdinando Marco e este afirmou que nada o impedia de apresentar o programa.

O Povo na TV prestava solidariedade às pessoas carentes de Presidente Dutra e em pouco mais de um ano no ar fez o que a administração Irene Soares deveria fazer. Distribuiu quinze cadeiras de rodas e conseguiu cirurgias, exames, medicamentos e ajudas para pagamento de passagens. Exatamente no dia que foi retirado do ar, Wellington Rodrigues começava uma campanha a favor do senhor Antonio morador da rua 03 que está precisando de uma prótese para a perna, “O seu Antonio vai ter que esperar mais um pouquinho para gente conseguir a prótese de sua perna”, declarou o apresentador.

Mesmo sendo um canal particular – a outorga pertence à TV Difusora do Maranhão – o canal 9 de Presidente Dutra foi cedido ao município através de contrato. O Grupo Difusora faz isso com prefeituras de todo o estado devido à facilidade em receber a fatura pelo uso do canal com débito direto em conta corrente. Sempre foi assim e em Presidente Dutra não é diferente. Está aí o principal motivo da retirada de Wellington Rodrigues do ar. Quem não “reza” da cartilha do candidato da prefeita Irene Soares, Raimundinho da Audiolar, dança. Cabe aquele velho provérbio português: “Quem come do meu pirão, leva do meu cinturão”.

8 Responses

  1. Oh Curioso! O ditado é antigo: o pau s[ó quebra do lado mais fraco. Ninguém quer saber de lado fraco. Vem ai a 3ª derrota. Nesse grupo do Juran as pessoas mais importantes que tem lá HOJE são dois mequetrefes, dois Judas Iscariotes que passaram 7 anos e meio “mamando” nas tetas da Prefeitura e que agora viraram “Samaritanos” e estão sendo “adorados”. Que grupo politico é esse?

  2. É estarrecedor esse conto!!! Inacreditável mesmo que em pleno século XXI com a tecnologia que temos com as garantias e a proteção aos direitos constitucionais de uso da imagem e da liberdade de imprensa e tantos outros possa uma ocorrência destas ter veracidade.É incompreensível como o poder público aqui alvo de denúncia possa influenciar numa situação dessas cerceando a liberdade de imprensa especialmente em relação a um programa de utilidade pública.Quero crer que haja algo de mais sério, senão comprometedor mesmo e que a motivação seja outra que não essa. O que corrobora esse entendimento é a consulta ao MM. Juiz que certamente não poderia se manifestar de forma diferente senão essa.É importante o uso das devidas e necessárias cautelas, o cuidado com juizos de valor e pré-julgamentos com vistas a evitar problemas ou demandas judiciais desnecessárias sob pena de condenação por danos causados a outrem.

  3. Será Adonias que a prefeita inútil não sabe que a muitos anos mas muitos anos,talvez a idade dela o VOTO DE CABRESTO deixou de existir. IRENE se comforme o seu MANDATO FAJUTO hoje se conta nos dedos das mãos é de apenas 150 dias, tenha pelo menos um pouco de LUCIDEZ e deixe os FUNCIONÁRIOS que diga-se de passagem são da PREFEITURA e NÃO SEUS fazerem suas escolhas LIVREMENTE,ou você não sabe que vivemos numa DEMOCRACIA?

  4. Wellington, estou muito triste com a noticia acima, mais quem perdeu não foi você, quem realmente perdeu foi a população carente. E isso tudo por perseguição política. Pois eram os carentes que estavam sendo beneficiados. Fico tirando minhas conclusões, como uma pessoa que se diz; ser do povo, como a Prefeita, e manda proibir um programa, como era O POVO NA TV, só porque o apresentador declarou seu apoio pessoal ao candidato da oposição Juran Carvalho. Isso é que é um Pais democrático? Tenho certeza que é mais um regime da ditadura. O dizer da Prefeita, “Amor pela nossa terra”, que amor é esse? Que não deixa um programa que estava fazendo apenas o bem para os mais carentes. Fazendo o que a Prefeita deveria de fato fazer, pois é esse o papel de um prefeito é governar a cidade e ajudar a população carente, coisa que não acontece em Presidente Dutra. Pois vem verbas para isto, mais nunca chega onde realmente deveria chegar. Nunca assistir o Wellington elogiando o Sr Juran Carvalho no horário do programa, mais sim falando do que está errado na cidade, que não é pouco. Se falar a verdade fere a integridade de quem não as tem, tenha santa paciência. Espero Prefeita que Deus te dará o troco. E não é com essas obras eleitoreiras que você vai conquistar o povo, o povo de hoje não é mais besta como a quatro anos atrás. Essa sua atitude Prefeita foi muito demagoga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog