‘Fantasma’ tem contrato de R$ 5,6 milhões em Caxias.

Vereadoras denunciaram o ex-prefeito Humberto Coutinho por desvios de recursos do Ministério dos Esportes, ligado a Flávio Dino.

Duas vereadoras de Caxias denunciaram à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal o ex-prefeito Humberto Coutinho, PSB, e uma construtora de fachada pelo desvio de recursos repassados pelo Ministério dos Esportes. A documentação entregue à PF e ao MPF revela, dentre outras coisas, que o processo de licitação foi fraudado e que as obras não foram feitas, apesar da liquidação de mais de 62% de uma verba de R$ 5.618.500,00.

Desde que Coutinho tornou-se prefeito da cidade, em janeiro de 2005, o ministério comandando pelo Partido Comunista do Brasil, PCdoB, que tem como canal de influência o presidente da Embratur, Flávio Dino, Caxias foi comtemplada com 14 convênios a fundo perdido que somam

R$ 13.505.569,58. “Seria uma cidade olímpica se todas as obras tivessem sido feitas”, diz uma das denunciantes. O contrato maior, de mais de R$ 5,6 milhões, é o terma da denúncia assinada pelas vereadoras Benvinda Pereira e Tanyere Cantalice.

Imirante.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Arquivos do blog