TSE indefere ação de Deoclides Macedo e garante retorno de Alberto Filho à Câmara dos Deputados

dep  alberto filhoMais um capítulo na luta de Alberto Filho (PMDB) contra Deoclides Macedo (PDT) na disputa pelo mandato de deputado federal.

Na noite de hoje (3), por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgou improcedente medida cautelar interposta no fim do mês de janeiro por Macedo e garantiu o retorno do peemedebista ao cargo.

Deoclides teve os 56.171 votos inicialmente invalidados pela Justiça Eleitoral. Mas o presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, mandou contabilizá-los.

Assim, Julião Amin, que elegeu-se primeiro suplente, ficou com a vaga de Alberto Filho, e Macedo subiu da segunda pra a primeira suplência – com a garantia de assumir em virtude da nomeação de Amin como secretário de Trabalho do governo Flávio Dino (PCdoB).

Dias antes da posse, no entanto, a juiza eleitoral Alice de Sousa Rocha, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, anulou novamente a totalização dos votos de Deoclides Macedo e voltou a determinar a posse de Alberto Filho (reveja).

.

.

Do Blog de Gilberto Léda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog