Zezão e a Providência Divina…

Caso os tribunais TRE e TSE confirmem mesmo a cassação da cassada prefeita Irene Soares e seu vice José Nunes Martins, a população de Presidente Dutra perderá um vice-prefeito, mas ganhará um “Representante da Providência Divina”. Explica-se: Quando vereador, Zezão gostava muito de ler ao final dos seus pronunciamentos, frases bíblicas ou até mesmo frases copiadas de tampa de caixas de sapatos. Empolgado com a liminar expedida pelo juiz Magno Linhares do TRE determinando a volta de Irene ao comando do município, o também cassado “Zé do Tijolo” invocou a Providência Divina” para agradecer a volta dela ao cargo. Durante entrevista a uma emissora de TV local alinhada à prefeitura Zezão saiu com essa pérola: “Queremos agradecer a Deus e a Providência Divina pela volta da nossa prefeita Irene à prefeitura, se não fosse a Providência Divina ela não estaria hoje aqui”. Realmente foi Providência, mas outro tipo de Providência. Com todo perdão do trocadilho propositado, podemos pensar o seguinte: Já pensou se Irene e Zezão, não tivessem tomado a Providência de Providenciar um Providencial advogado enchendo seus bolsos de “Verdinhas” (notas de R$ 100,00) para Providenciar o Providente pedido de medida cautelar, com certeza o juiz não teria sido tão Providente e Providenciado a volta dos dois cassados ao comando do município”.

One Response

  1. Zezão citações mais recentes do “Filho do Brasil” podem enriquecer seu vocabulário. Veja se esta lhe satisfaz:
    ““Eu não quero saber se o João Castelo (prefeito de São Luís) é do PSDB; não quero saber se o outro é do PFL; não quero saber se é do PT. Eu quero saber se o povo está na merda, e eu quero tirar o povo da merda em que ele se encontra. Esse é o dado concreto”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog