PF vai começar 2012 ‘agitando’ no Maranhão

Do Blogue de Décio Sá

A Polícia Federal está criando uma rede de delegacias especializadas no combate ao desvio de recursos públicos. De acordo com a PF, a previsão é de que sejam criadas 17 delegacias do gênero nos estados. O Serviço de Repressão a Desvios de Recursos Públicos foi criado por meio de portaria assinada pelo ministro interino da Justiça, Luiz Paulo Barreto, e publicada no “Diário Oficial da União” da última segunda-feira (2). Será subordinada à Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado. Parece que os primeiros a inaugurar essas delegacias é uma turma de prefeitos, advogados, agiotas, contadores e empresários do Maranhão. Pelo menos dez prefeitos maranhenses já estariam na mira da PF, segundo apurou o blog. Como esse ano é de eleição, os agiotas também estão sendo investigados pelos federais. A PF maranhense passou todo o ano de 2011 fazendo operações pontuais contra desvios em prefeituras. No entanto, 2012 promete muitas surpresas logo para esses primeiros meses. Até aquele conhecido construtor, pai de playzinhos que gostam de “pirar” na cidade, pode entrar no “pau”. É o mesmo que está enrolado até o pescoço com aquela história de propina de R$ 1,5 milhão de projeto aprovado pela Assembleia para permitir derrubada de pés de babaçu. Ele já vem sendo investigado há pelo menos um ano, mas agora parece que a casa dele vai cair de vez. Será um escândalo de grande dimensão. Coincidência ou não, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, chefe-maior do Ministério Público Federal, que junto com a CGU é parceira da PF nessas operações, passou os últimos em São Luís. Foi visto durante toda à tarde desta quinta-feira (5) esfriando a cabeça no bar Landruá, na Litorânea.

Aguarde que assim que os primeiros “peixões” começarem a cair na rede, o blog vai trazer todos os detalhes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog