LISOS: Prefeito Bigu Oliveira de Santo Antonio dos Lopes não faz repasse à Câmara e deixa os vereadores na maior “Lisura”

10363972_1391997677753536_3867010058513467138_n
Bigu Oliveira – Prefeito de Santo Antonio dos Lopes

Num claro desrespeito à lei que estipula o dia 20 para que o repasse à Câmara Municipal, obrigatoriamente seja feito até essa data, o prefeito de Santo Antonio dos Lopes, Bigu Oliveira estreou na prefeitura dando um tapa na cara da lei e não fez o repasse à casa no último dia 20 de janeiro.

De acordo com alguns vereadores, o prefeito, oficialmente, ainda não se pronunciou sobre o atraso que acontece pela primeira vez na história do município; escalando o recém-eleito Presidente da Câmara José Raurício que usou um grupo de Watsap da Camara para dar “a desculpa”, diga-se de passagem, esfarrapada, do atraso do repasse, um claro despeito aos vereadores. De acordo com Raurício, o motivo de o repasse não ter sido feito “foi devido a chave de acesso não ter sido liberado que ocorre em Curitiba”, escreveu; para em seguida sair com esta pérola: “Não foi culpa nem da prefeitura e nem da câmara, qualquer dúvida procure a agência BB de SAL”, finalizou Raurício.

c25860fe-1d84-49d0-aeec-6dcdd68e9ace

ec3c2eb0-9473-49cf-b798-3b328dff6fcf

d04c5be6-4fe2-4aab-80f6-00ff58c99983

A explicação aí está mais para as desculpas de Rolando Lero, personagem da Escolinha do Professor Raimundo do saudoso Chico Anísio. Vinte dias de gestão e aguardando uma senha de Curitiba é o fim da picada.

Enquanto isso, os vereadores vão ficando sem ver a cor do “faz-me-rir”. Falta de grana é que não é; o total dos repasses constitucionais entre os dias 01 e 20 de janeiro para a Prefeitura de Santo Antonio dos Lopes já ultrapassaram a cifra dos DOIS MILHÕES E MEIO DE REAIS.

Nada mal para quem se elegeu pregando o falso discurso de “liso”

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog