BOMBA, BOMBA E BOMBA: Zezão chama seus companheiros da câmara de enrolados, vendidos e infiéis e acusa um pré-candidato de ter “cara de pilantra”

zezao1
Vereador José Nunes Martins, o Zezão.

Ao fazer uma pergunta ao pré-candidato a vereador Gildásio Arraes (PPL) em um Grupo de Whatsaap, o vereador José Nunes Martins, o Zezâo (PSDB) extrapolou todos os limites da decência política, se é que ele já teve isso algum dia durante seus quase quarenta anos de mandato.

Zezão atirou no que viu e de quebra acertou no que não viu. Tentou tirar uma graça com Arraes e propositadamente ou não, acabou atingindo mortalmente seus companheiros de parlamento, chamando os vereadores Ronaldo Melo (PV), Wallas Alves (PTB) e Irábio Brandão (PSC) de enrolados. Sobrou também para os vereadores Itamar Lucena (PHS), a quem Zezão acusou de se vender e todo dia está de um lado e o vereador José Jarbas de ser infiel. “E o Jarbas que ninguém sabe de que lado ele tá?”, perguntou Zezão. O tucano finalizou acusando o pré-candidato Gildásio Arraes de ter “cara de pilantra”. Ouça o áudio abaixo.

Gildásio Arraes retrucou respondendo à altura ao afirmar que Zezão é quem contamina os demais vereadores da casa. “Se tiver algum defeito nos outros vereadores, essa contaminação veio tua”, disparou. Ouça o áudio abaixo.

A fala desastrada do vereador Zezão veio justamente no momento em que os políticos, incluindo ele, estão preparando suas bases eleitorais, fazendo acordos de olho nas eleições de 2 de outubro. A atitude dele atingiu não somente os vereadores da situação, mas também seus companheiros da oposição. O mais grave é que Aristeu Nunes (PSDB), filho de Zezão, mais uma vez anda “dizendo” que é pré-candidato a prefeito de Presidente Dutra.

Perguntar não ofende. Com que cara ele (Zezão) vai procurar os oposicionistas para apoiar o filho? E o vice-governador Carlos Brandão e o governador Flávio Dino o que vão achar dessa atitude insana de Zezão, já que se dizem aliados?

Com quase quarenta anos de mandato, José Nunes nunca aprendeu fazer política e muito menos respeitar seus companheiros, seja da situação ou da própria oposição da qual faz parte. Quando chamo Zezão de, “vereador desagregador”, ainda tem gente que me critica.

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog