Por Helton Sousata

Com mais de seis décadas de emancipação política, a cidade de Presidente Dutra tem muito que contar. A cidade tem evoluído mui rapidamente por meio da classe empresarial que luta pelo crescimento desta que tem sido uma potência comercial. Pólo de muitos dos municípios circunvizinhos, o antigo distrito de Curador, hoje tem inúmeras construções que ampliam sua capacidade de crescimento e desenvolvimento.

No entanto Presidente Dutra ainda sofre com o desprezo do poder público que se limita a agir de forma equivocada e evasiva. Tão poucas foram as vezes que a administração pública prestou um bom serviço à população, que qualquer cidadão, é capaz de enumerá-las. Com uma história tão bonita, nossa cidade só está onde está porque tem um povo batalhador que não se deixa abater pelos mais adversos acontecimentos.

Ano vai e ano vem e a população sempre se contenta com as “grandiosas festas” promovidas pela Prefeitura Municipal, quase sempre com patrocínios ainda maiores do Governo do Estado que no restante do ano se faz ausente quando o município necessita de convênios que possam melhorar a vida da população. Mesmo assim, havemos de comemorar, afinal, chegamos aos 67 anos de “emancipação” política, se é que podemos dizer que Presidente Dutra é independente com a delegação de cargos por meio de grupos políticos que mais parecem dinastias. Balela é pensar que pelo simples fato de que hoje a cidade faz aniversário, o presidutrense se faz satisfeito. É inevitável questionar se vale mesmo à pena gastar tanto dinheiro em poucas noites enquanto o presidutrense perece por falta de saúde, educação e lazer de qualidade no resto do ano.Qual o preço da dignidade do cidadão nesses anos todos? E o que será que ele quer para sua cidade no dia em que ela aniversaria?

É nítido saber que o presidutrense, assim como eu, ainda se alegra por saber que sua cidade é forte o bastante para se manter íntegra depois de tantos golpes e desprezos sofridos ao longo desses anos. Creio que o sonho de todo cidadão presidutrense é ver sua cidade como ela merece: com os poderes executivo, legislativo e judiciário comprometidos com o bem estar dos cidadãos de forma a proporcionar momentos bons a toda à população não só em datas comemorativas como no aniversário da cidade ou carnaval, festas tão populares, mas que não atingem 100% da população. Eis a questão final: na situação em que se encontra o município, temos mesmo o que comemorar? Não sejamos hipócritas. Poderíamos até ficar triste, afinal, não há bem o que comemorar… Presidente Dutra, mesmo 67 anos depois de sua emancipação política, ainda continua como um distrito (largado à boa vontade de quem quiser). Mas como hoje é dia de festa, seria bom lembrarmos isso? “Não!” dirão os conformados. Mas digamos sim! Todo dia é dia de lutar pelos nossos sonhos e o meu sonho é ter o que comemorar no aniversário da minha cidade.


As fotos (clique para ampliar) a seguir foram enviadas por um morador do Povoado Creolí do Joviniano, principal reduto eleitoral da prefeita Irene Soares, também conhecido como “Ninho das Pipiras”, apelido dado aos simpatizantes do grupo da prefeita. As fotografias são do CENTRO DE SAÚDE CREOLÍDO DO JOVINIANO e foram tiradas há cerca de dez dias com um aparelho celular na tarde de uma segunda-feira por volta das 3 horas da tarde e mostram o verdadeiro descaso que a atual administração tem com a saúde dos moradores do povoado. Percebe-se pelas imagens que não havia nenhum atendente, médico, dentista, enfermeiro ou auxiliar administrativo no local naquela tarde. 

 

O blogue conversou com uma moradora do povoado e ela confirmou o descaso e disse mais: “que o dentista do PSF (Programa Saúde da Família) só aparece duas vezes por semana”, afirma a moradora. A mesma moradora que preferiu não se identificar disse que “o problema é mais grave quando precisamos de um médico, é muito difícil aparecer um por aqui”, afirma. Questionei a moradora se o atendimento era feito realmente por um médico e ela respondeu que sim e eu lhe disse que na verdade quem deveria atender os pacientes do Creoli seria UMA MÉDICA, a Dra KARLA GREGÓRIA SANCHEZ ROJAS, a moradora respondeu na bucha: “Aqui nunca veio nenhuma Dra. Karla não”. E não é por falta de profissionais contratados que o Centro de Saúde do Creolí do Joviniano está neste estado lastimável não. No Ministério da Saúde estão cadastrados nada menos que 25 (vinte e cinco) profissionais que deveriam, veja bem; deveriam esta cumprindo 40 (quarenta) horas semanais neste Centro de Saúde. A seguir o nome e a função de cada um deles:

AUDIRENE ROSA DA SILVA – Atendente de Ambulatório e Atendente de Clínica Médica

ANCILENE DA COSTA SILVA – Atendente de Enfermagem e de Berçário

ANTONIO ILMA FIGUEIREDO DOS SANTOS – Aux. de Escritório em Geral e Aux. Administrativo

ANTONIA MARIA RAMOS DE SOUSA – Aux. de Enfermagem de Saúde da Família

ARISTEU AVELINO DA SILVA – Aux. de Escritório em Geral e Aux. Administrativo

FRANCINETE LIMA DA SILVA – Atendente de Ambulatório e Atendente de Clínica Médica

JOANICE PEREIRA DA SILVA – Agente Comunitário de Saúde Visitador

JONAS BARROS DE SOUSA – Cirurgião Dentista

JÚNIOR DE JESUS SOUSA – Agente Comunitário de Saúde Visitador

KARLA GREGÓRIA SANCHEZ ROJAS – Médico de Saúde da Família

LAENE DE SOUSA DA COSTA – Aux. de Consultório Dentário

LUCINER MARQUE NUNES – Atendente de Enfermagem e de Berçário

MARIA ALVES FIGUEIREDO – Agente Comunitário de Saúde Visitador

MARIA PEREIRA DA SILVA – Agente Comunitário de Saúde Visitador

MARIA WILNA MORAES DA SILVA – Agente Comunitário de Saúde Visitador

MARILENE DE SOUSA SILVA – Agente Comunitário de Saúde Visitador

MARILZA NASCIMENTO SOUSA – Agente Comunitário de Saúde Visitador

NAZARÉ DIAS MIRANDA – Agente Comunitário de Saúde Visitador

NEURIVANDA BALBINO DA COSTA – Atendente de Enfermagem e de Berçário

PAULO PEREIRA DA SILVA – Aux. de Escritório em Geral e Aux. Administrativo

RITA KELIA DA SILVA NOLETO – Agente Comunitário de Saúde Visitador

ROSENIR NOGUEIRA DE MIRANDA – Agente Comunitário de Saúde Visitador

ROSILENE DA SILVA CRUZ – Agente Comunitário de Saúde Visitador

SALVECI DE SOUSA ARAÚJO – Atendente de Ambulatório e Atendente de Clínica Médica

VERÔNICA MARTINS CASTRO – Enfermeiro Saúde da Família.

Confira aqui no link do MS a relação completa de todos os postos e profissionais contratados.


Veja como o destino nos reserva surpresas, muitas delas indigestas e inaceitáveis. Os semáforos para pedestres mostrados nas fotos abaixo foram instalados bem ao lado do prédio da Promotoria Pública de Presidente Dutra, quatro ao todo e nunca funcionaram. O tempo passou e os semáforos sofreram com a ação de vândalos, dois deles estão quebrados e com os fios cortados. E por ironia do destino estão bem em frente, pertinho, do ladinho do prédio onde trabalham os Promotores de Justiça e ninguém consegue ver tanto descaso com a coisa pública.

A instalação dos semáforos faz parte do Projeto de Sinalização da Cidade de Presidente Dutra, fruto de um convênio da Prefeitura com o DETRAN-MA no valor de 302.528,00 (Trezentos e dois mil, quinhentos e vinte e oito reais), processo 28562/09 de agosto de 2009. De acordo com o projeto elaborado pelo DETRAN-MA, seriam instalados SEIS semáforos suspensos no valor de SESSENTA MIL REIAS, DEZ MIL cada um e SEIS semáforos de pedestres no valor de TRINTA MIL REAIS, CINCO MIL cada. Os semáforos suspensos nunca foram instalados e os de pedestres, dois funcionam precariamente ali ao lado da complast e os outros quatro foram fincados ao lado da Promotoria e nunca acenderam uma luz sequer. Toda sinalização foi feita de forma irregular e temos como provar, uma cópia do projeto está em poder do blogue. A prefeitura se limita dizer que está processando a empresa responsável, por não ter concluído o serviço de sinalização da cidade, mas não informa como anda o processo e se há realmente algém sendo processado. E o tempo vai passando, o mandato da prefeita terminando e a população mais uma vez pagando a conta. E ninguém diz nada.


sexta-feira, 24 de junho de 2011

Hoje, depois de quase 6 (seis) meses sem atualizar-me de notícias sobre Presidente Dutra, minha terra natal, resolvi acessar o site de Adonias Soares.  O que vejo? Inúmeras notícias que nada me agradam. Quais são elas? Notícias que nada mostram o crescimento da cidade e a pouca preocupação com esse crescimento: o desenvolvimento tão prometido por todos os políticos que habitam, se é que habitam, a cidade e sonhado pelas pessoas que residem nessa cidade tão maravilhosa, cadê?. E muito pior, as maculações políticas já se inserem dentro dela. Pois bem, isso muito me entristece, sabe por quê? Por que Presidente Dutra é mais que isso. O nosso eterno Curador é uma cidade de pessoas humildes e que apesar daqueles que se dizem os nobres, a maioria são plebeus sim, que vivem, se é que vivem, com salário mínimo de R$ 545,00 e quando ganham um salário mínimo (diga-se uma vegonha). Logo, surge outro questionamento que quero compartilhar-lo com vocês amigos leitores. Será que Presidente Dutra deve continuar com essa realidade política atual para os próximos anos, principalmente no que se refere à Prefeitura? Na minha singela opinião: NÃO. Presidente Dutra precisa de renovação, de um gestor que conheça o que realmente é a Administração Pública. Que a Administração Pública é mais que um rodeio de picaretas querendo mamar na cidade. Conhecer a realidade orçamentária, financeira, econômica da cidade é o principal elemento para que um político sério, honesto e com boas intenções possam fazer suas promessas políticas, consequentemente realizá-las ao pleitear o cargo. Então, afirmo Presidente Dutra, precisamos de pessoas capacitadas para administrar nossa cidade, não de pessoas que por interesses políticos se dizem habilitados para governar.

Leia mais aqui no Blogue de Welideive dos Santos Oliveira


O blogue continua cedendo espaços a outros blogueiros e internautas que queiram publicar seus artigos. A qualidade do que tenho recebido tem me surpreendido. São textos de qualidade, sensatez, coerência e equilíbrio publicados do jeito que a mim são enviados. Artigos de altíssimo nível. Por esses e outros motivos quero de coração agradecer a honrosa contribuição que estes companheiros têm dado a este blogue, companheiros como Helton Sousata, Fernando Costa Gomes e agora o nosso mais novo colaborador que é Welideive dos Santos Oliveira. No texto a seguir, Deive faz alguns questionamentos sobre a política local e a forma como Presidente Dutra vem sendo administrada.


Vereador Paizinho

Por Fernando Costa ?Gomes

Janeiro de 2008. A cada 30 minutos eu via passar pela minha rua(gonçalves dias) um rapaz que aparentava ter entre 25 a 30 anos. A princípio achei estranho, pois nunca o vira antes. Logo lembrei: é ano de eleição, será ele um candidato a cargo eletivo? Mais tarde tirei minha dúvida. Sim, ele era candidato a vereador. Seu nome até hoje não sei, mas é conhecido como “Paizinho”. Seu cognome, é óbvio, não foi consignado à toa. É um homem simples, “do povão”, que está sempre ajudando um aqui e outro ali (principalmente em época de política). Duvidei de sua humildade, no entanto, pessoas que já o conheciam me disseram que ele era diferente. Apesar disso, continuei com a dúvida. Agosto de 2008 se aproximava e Paizinho era cada vez mais presente no bairro onde moro (Campo Dantas). Um cano quebrou… Paizinho conserta; a luz do poste queimou… Paizinho conserta; um idoso passa mal… Paizinho o leva ao hospital; um idoso quer se aposentar… Paizinho “ajeita a papelada”. Nossa!! Quanta utilidade em uma única pessoa. Depois de ter visto tudo isso cheguei a pensar que talvez ele merecesse meu voto. Contudo, a dúvida persistiu. O então mês de outubro chega e todos (sou uma exceção) comemoram a vitória de Paizinho. Nessa mesma noite uma multidão sai com ele de porta em porta agradecendo a todos. A ilusão estava perfeita (eu a enxerguei muito antes dele ser eleito). Era momento de euforia e expectativas para aqueles que acreditavam no “futuro prefeito” de Presidente Dutra. Todavia, passados apenas dois meses da eleição, toda essa euforia teve fim. A “promessa da política presidutrense” já não era mais a mesma. Temos uma luz queimada no poste; um cano quebrado; um idoso passando mal… onde está Pizinho?? Não está em lugar nenhum. O político mais popular, de uma hora para outra, passou a ser o mais escondido. Onde estão os planos e projetos brilhantes que ele tinha em mente? Praticamente três anos já se passaram após a eleição que elegeu Paizinho e nenhum de seus projetos e planos foram concretizados e/ou postos em andamento. Da mesma forma que ele é um diminutivo como pai, está demonstrando também ser um diminutivo como vereador. Quero que fique bem claro, amigo leitor, que não estou afirmando que Paizinho não possui projetos(em andamento ou futurísticos). O que afirmo é que nada daquilo que se esperava do Vereador Topado ainda não se concluiu até a presente data. Espero que da próxima vez que eu for falar de Paizinho, que seja a respeito de seus planos e projetos postos em prática. Pois se ele não conseguir os fizer até o término de seu mandato, não aceitarei como desculpa o velho jargão: “4 anos é muito pouco tempo”.


Queridos Amigos,

Gostaríamos de agradecer, de todo nosso coração, por cada abraço,  por cada demonstração de carinho,  pelas diversas manifestações de solidariedade que recebemos. Agradecemos, em especial, aos diversos veículos de comunicação, TVs, jornais, rádios, blogs, por terem retratado com tanta honradez, a trajetória do nosso amado Luciano Moreira. Foi tudo muito importante para nós e certamente para ele. A solidariedade demonstrada por todos ficará marcada em nós, para sempre.  Deus tem atendido às preces de todos  e nossos corações têm sido agraciados com o conforto prometido por nosso Salvador (Fp 4:7). Sentimos muita dor, mas estamos em paz!

Clara Moreira e Família.


 

Há vários dias o veículo gol placa HPK 4231 da Câmara Municipal de Presidente Dutra está abandonado na Av. José Olavo Sampaio em frente a uma oficina mecânica, e não é a primeira vez que isso acontece. O carro servia primeiramente à própria Câmara, depois, não se sabe o motivo foi cedido ao vereador Dionízio Oliveira Pinto após ele deixar a presidência da casa. Devido aos constantes problemas mecânicos Dionízio devolveu ao presidente Itamar Lucena que abandonou de vez o carro comprado com dinheiro público que agoniza no meio do tempo, exposto ao sol e à chuva e quem paga a conta é o contribuinte. Com a palavra o vereador Itamar Lucena Lima.


Presidente Dutra tem se tornado mesmo num território sem comando algum. Na noite do último  sábado 18/06 me aventurei dar uma volta pelas ruas do centro da cidade, já nos bairros é praticamente impossível em função da enorme quantidade de buracos. A minha surpresa foi ao me aproximar da Praça Gonçalo Barros, ali perto da casa lotérica e ver que a principal rua da cidade estava interditada, isso mesmo, interditada por caixas de cervejas e fitas isolantes nas cores amarela e preta de um lado ao outro para apresentação de um saveiro “Batidão” aqueles carros com som automotivo que infernizam a vida das pessoas. Tentei passar pelo local por volta das 9:30h da noite e não consegui. O som corria solto numa altura que incomodava a vizinhança, tudo regado a muita bebida alcoólica e luzes coloridas, parecia uma discoteca ambulante e o pior: no exato momento da minha chegada, passava pelo local uma viatura da policia cidadã e não abordou ninguém. Diante de tanto abuso e absurdo ficam algumas perguntas: 01) Foi a polícia civil que licenciou tal absurdo? 02) Onde estavam os policiais para garantir a segurança do local e proibir o som alto que incomodava moradores próximos? 03) E a prefeitura o que diz de tudo disso? E por último. E o direito constitucional do cidadão que é o de ir e vir que foi desrespeitado como fica? Se alguma autoridade se sentir com autoridade para responder, a comunidade agradece.


Com a morte do deputado federal Luciano Moreira (PMDB), ocorrida ontem, quem assume vaga dele na Câmara dos Deputados é o primeiro suplente da coligação Costa Ferreira (PSC), Chiquinho Escócio que era o segundo, agora passa a ser o primeiro suplente. O acidente que vitimou fatalmente Luciano Moreira aconteceu no povoado Jaburu próximo a Morros, quando o motorista do deputado Kleber Brandão tentou por três vezes desviar de um búfalo perdendo o controle da direção causando o capotamento da caminhonete (foto abaixo). Luciano vinha no banco de trás sem o cinto de segurança e teria sacado do veículo quebrando o pescoço e fraturado o crânio. Moreira foi levado para um hospital de Morros já sem vida.

Carro que Luciano viajava ficou destruído

Maranhão de Luto

A morte do deputado Luciano Moreira pegou a classe política de surpresa. Deputados estaduais e federais foram unanimes em destacar a contribuição que ele deu ao estado como secretário de administração dos governos Roseana Sarney e Lobão. Para muitos é uma perda irreparável que deixa o maranhão de luto. O corpo de Luciano Moreira está sendo velado na Assembléia Legislativa e o seu sepultamento está previsto para as 17 horas com a presença da Governadora Roseana Sarney, do presidente da Câmara dos Deputados Marco Maia e demais lideranças políticas nacionais e estaduais.


O deputado federal Luciano Moreira (PMDB) morreu agora à noite, na estrada que dá acesso ao município de Morros. O parlamentar vinha de Barreirinhas, quando capotou o carro. Ele ainda chegou a ser levado ao hospital mas já chegou sem vida. De acordo com o que já apurou o blog, no carro vinham três pessoas, incluíndo o deputado. No momento do capotamento ele sacou do veículo, sendo o únir a morrer. A informação chocou a classe política. O secretário de Articulação Política do governo Roseana Sarney, Hildo Rocha, está em Imperatriz, onde a governadora deveria inaugurar amanhã a nova rodoviária da cidade – evento já cancelad0o. – a governadora Roseana Sarney (PMDB) já determinou o cancelamento de toda a programação de amanhã – frisou Rocha, que deve retornar ainda hoje a São Luís. Roseana, que está em Brasília, também deve retornar diretamente para São Luís – ela iria para Imperatriz, acompanhada do ministro Lobão. O presidente da Assembléia Legislativa, Arnaldo Melo (PMDB), acabou de suspender a programação do Arraial dos Servidores, no pátio do Palácio Manoel Bequimão, em condolência ao deputado. Luciano Moreira estava no primeiro mandato de deputado federal.

Barra do Corda

Em 2010 o deputado federal Luciano Moreira disputou o primeiro mandato e foi apoiado em Barra do Corda  pelo Prefeito Nezim obtendo expressivos 9.332 votos (25,22%). Luciano já começava se movimentar na Câmara dos Deputados no sentido de garantir diversas emendas para obras no município. Com a morte do deputado, com certeza Barra do Corda ficará órfã.

NOTA DE PESAR – LUCIANO MOREIRA

Bastante entristecida, a governadora Roseana Sarney lamentou a morte do amigo, deputado federal e correligionário Luciano Moreira, ocorrida na noite desta quinta-feira (16), em acidente  de carro na estrada de Morros. A governadora recebeu a notícia do falecimento em Brasília, onde cumpria agenda de audiências, e cancelou os compromissos de trabalho marcados para esta sexta-feira (17) e sábado (18),  na Região Tocantina. “Um amigo muito querido, Luciano Moreira sempre trabalhou voltado para melhorar a vida do cidadão. Estava realizando um belo trabalho na Câmara. O Maranhão perde um grande homem e um político que iniciava sua caminhada e ainda tinha muito a contribuir com o estado”, declarou a governadora. Roseana Sarney ressaltou que Luciano Moreira deixa um legado de excelentes serviços prestados ao Maranhão, tendo sido secretário na área de Administração nas suas duas primeiras gestões e retornando ao cargo em 2009, quando ela reassumiu o governo. Ele deixa sua marca em projetos como o Viva Cidadão, a Universidade da Terceira Idade (Uniti), o Programa de Assistência Integral ao Aposentado (PAI) e a Escola de Governo (Egma).  Em seu currículo, estão os cargos de Secretário de Estado do Planejamento, Ciência e Tecnologia; de Administração, Recursos Humanos e Previdência; gerente de Estado de Administração e Modernização; gerente de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão; e secretário de Assuntos Estratégico. Até março de 2010, quando saiu para a campanha vitoriosa a deputado federal, foi Secretário de Administração e Previdência Social.

A governadora Roseana Sarney decretou luto oficial por 3 dias.


Viviane Menezes  – Agência Assembléia

 O prazo para protocolar requerimento solicitando a criação de novos municípios encerrou-se às 18h deste sábado (11) na Assembléia Legislativa, somando, ao fim de um período de 30 dias, 126 pedidos. A partir da próxima segunda-feira (13), inicia-se o prazo de 120 dias para a Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional elaborar estudos de viabilidade para cada núcleo urbano que pleiteia a emancipação. Segundo o chefe do setor de Protocolo da Assembleia Legislativa, Antônio Santos Serra, durante o plantão deste sábado (das 8h às 18h), foram apresentados 10 requerimentos de emancipação. O número de documentos protocolados totalizou 126 processos, mas há quatro pedidos repetidos, que contemplam a mesma área a ser emancipada. Assim, os requerimentos a serem analisados envolvem 122 novos municípios.

Os estudos de viabilidade municipal serão fundamentados sob três aspectos: econômico-financeiro; político-administrativo e sócio-ambiental e urbano. Um Grupo de Trabalho (GT), formado por técnicos, foi criado pela Assembléia Legislativa para assessorar a Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional, presidida pelo deputado Andre Fufuca (PSDB). Os deputados Carlinhos Florêncio (PHS), Rigo Teles (PV), Vianey Bringel (PMDB), Hemetério Weba (PV), Marcelo Tavares (PSB) e Camilo Figueiredo (PDT) também são titulares da Comissão. Segundo o coordenador do GT, o economista Milton Calado, para subscrever a criação de um novo município a Comissão considerará não só a viabilidade do município a ser criado, mas também o impacto que o desmembramento provocaria sobre a área remanescente do município de origem. Cada requerimento protocolado na Assembléia Legislativa está acompanhado de um memorial descritivo da área a ser desmembrada, detalhando, além do núcleo urbano, populacional e eleitoral, todos os povoados contidos na área a ser emancipada. Os dados demográficos devem estar estimados no último levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os demais dados – como arrecadações – serão fornecidos pelos órgãos municipais, estaduais e federais de planejamento, fazenda, estatística e meio ambiente. Transcorrido o prazo de 120 dias, os estudos de viabilidade municipal serão publicados no Diário Oficial do Estado, momento em que se abrirá um prazo de 10 dias para a impugnação dos mesmos. Dentro deste prazo, também será realizada pelo menos uma audiência pública em cada núcleo urbano envolvido no processo. Por fim, depois que essas etapas forem superadas, a Assembléia Legislativa votará uma proposta autorizando o TRE a realizar um plebiscito, que será a palavra final, autorizando ou não a criação de um novo município. Acompanhe, abaixo, os processos de criação de municípios que tramitam na Assembléia Legislativa, a área a ser desmembrada, o município de origem e o nome do deputado que subscreve o requerimento:

MUNICÍPIOS PLEITEADOS

Achuí

Humberto de Campos – Zé Carlos (PT)

Alto Alegre do Acelino

Bacabal – Neto Evangelista (PSDB) e André Fufuca (PSDB)

Alto Bonito

Riachão – Rubens Pereira Júnior (PC do B)

Alto Bonito do Maranhão

Riachão – Manoel Ribeiro (PTB)

Alto Brasil

Grajaú – Zé Carlos (PT)

Alto da Gama

Pedro do Rosário e Penalva – Eliziane Gama (PPS)

Alvorada do Maranhão

Timon – Alexandre Almeida (PT do B)

Anapurus

Barra do Corda – Rigo Teles (PV)

Angical do Maranhão

Presidente Dutra – Arnaldo Melo (PMDB)

Areia Branca

Cururupu – Roberto Costa (PMDB)

Auzilândia

Alto Alegre do Pindaré – André Fufuca (PSDB) e Vianey Bringel (PMDB)

Bacuri da Linha

Olho D’Água das Cunhãs – Carlinhos Florêncio (PHS)

Bacurinópolis

Riachão – Manoel Ribeiro (PTB)

Baixão Grande do Maranhão

São Domingos do Maranhão

Cleide Coutinho (PSB); Rigo Teles (PV); Carlos Filho (PV) e Raimundo Cutrim (DEM)

Bananal do Maranhão

Governador Edson Lobão – Valéria Macedo (PDT)

Barão de Tromaí

Cândido Mendes – Hélio Soares (PP)

Barro Branco

Barra do Corda – Tatá Milhomem (DEM)

Tutóia – Zé Carlos (PT)

Belém do Maranhão

Tuntum – Zé Carlos (PT)

Belém dos Lages

Porção de Pedra – Stênio Rezende (PMDB)

Brejinho

Bacabal – Carlinhos Florêncio (PHS)

Brejinho dos Cocais

Caxias – Cleide Coutinho (PSB)

Cabeceiras do Maranhão

Apicum-Açu – Neto Evangelista (PSDB)

Cajazeiras do Maranhão

Codó – Camilo Figeuiredo (PDT)

Cajazeiras do Cocais

Codó – César Pires (DEM)

Cana Brava

Água Doce e Araioses – Zé Carlos (PT)

Carnaubeiras

Araioses – César Pires (DEM)

Barcabeira (povoado Carnaubeira)

Araioses – Manoel Ribeiro (PTB)

Castelo

Monção – Eliziane Gama (PPS)

Centro dos Rodrigues

Santo Antônio dos Lopes e Pedreiras – Roberto Costa (PMDB)

Chapada do Seringal

Santa Luzia – Lideranças comunitárias

Chega Tudo

Centro Novo do Maranhão – Hélio Soares (PP)

Cikel das Alvoradas

Amarante do Maranhão – Dr. Pádua (PP)

Cocos

Mirador – Rigo Teles (PV)

Colônia Amélia

Turiaçu e Cândido Mendes – Hélio Soares (PP)

Coque

Vitória do Mearim – André Fufuca (PSDB)

Coqueiro do Maranhão

São Bernardo – Fábio Braga (PMDB) e Eliziane Gama (PPS)

Coquelândia do Maranhão

Imperatriz – Leo Cunha (PSC)

Cordeiro do Maranhão

Pio XII – Arnaldo Melo (PMDB)

CR Almeida do Maranhão

Governador Nunes Freire – Edson Araújo (PSL)

Creoli do Joviniano

Presidente Dutra – Arnaldo Melo (PMDB)

Deputado João Evangelista

Zé Doca – Neto Evangelista (PSDB)

Deputado Mercial Arruda

Formosa da Serra Negra – Lideranças comunitárias

Deputado Waldir Filho

Lago da Pedra – Neto Evangelista (PSDB)

Faísa

Santa Luzia – Lideranças comunitárias

Feira da Várzea

Sucupira do Norte – Arnaldo Melo (PMDB) e Rubens Júnior (PC do B)

Floresta

Santa Luzia do Tide – Lideranças comunitárias

Gama

Pinheiro – Neto Evangelista (PSDB)

Gameleira do Maranhão

Cajari – Neto Evangelista (PSDB)

Governadora Roseana Sarney

Santa Luzia – Eduardo Braide (PMN) e Francisca Primo (PT)

Ibipira

Mirador – Lideranças comunitárias

II Núcleo

Buriticupu  -Francisca Primo (PT)

Independência do Maranhão

Peritoró – Edilázio Júnior (PV)

Ipiranga do Maranhão

Barra do Corda – Rigo Teles (PV) e Tatá Milhomem (DEM)

Ipu-Iru

Tuntum – Tatá Milhomem (DEM)

Itans do Maranhão

Matinha – Neto Evangelista (PSDB)

Itapera

Icatu – Eliziane Gama (PPS)

Itaqui-Bacanga

São Luís – Zé Carlos (PT)

Itatuaba

Icatu – César Pires (DEM)

Itereré

Apicum-Açu e Bacabeira – Hemetério Weba (PV)

Jacaré

Penalva – Hélio Soares (PP)

João Afonso Cardoso (povoado Lagoa da Cruz)

Gonçalves Dias – Valéria Macedo (PDT)

João Peres

Araioses – Tatá Milhomem (DEM)

Juçaral Mirim

Vitorino Freire – Carlinhos Florêncio (PHS)

Lagoa Comprida

Arame – Rigo Teles (PV)

Lagoa do Manduca

Barra do Corda e Jenipapo dos Vieiras – Tatá Milhomem (DEM)

Lagoa Verde do Maranhão

Imperatriz – Antônio Pereira (DEM)

Livramento

Peritoró – Carlinhos Florêncio (PHS)

Lucindo

Poção de Pedras – Rubens Pereira Júnior (PC do B) e Carlinhos Florêncio (PHS)

Madragoa

Bacuri e Serrano

Hemetério Weba (PV)

Maiobão

Paço do Lumiar – Dr. Pádua (PP) e Zé Carlos (PT)

Mamede

Barreirinhas – Stênio Rezende (PMDB)

Mangabeira

Santa Quitéria – César Pires (DEM)

Manoel Milhomem

Barra do Corda – Tatá Milhomem (DEM) e Magno Bacelar (PV)

Mapari

Humberto de Campos – Arnaldo Melo (PSDB)

Maracanã

São Luís – Zé Carlos (PT)

Mimoso

São Francisco do Maranhão

Arnaldo Melo (PMDB); Rubens Pereira Júnior (PC do B) e Raimundo Cutrim (DEM)

Mocambinho

Buriti de Inácia Vaz – Lideranças comunitárias

Moisés Reis

Codó – César Pires (DEM)

Morada Nova

Pindaré-Mirim – Carlinhos Florêncio (PHS)

Mundo Novo

Amarante do Maranhão – Valéria Macedo (PDT) e Hélio Soares (PP)

Nazaré do Bruno

Caxias – Cleide Coutinho (PSB)

Nova Bacabal

Açailândia – Zé Carlos (PT)

Nova Esperança

Presidente Dutra – Rigo Teles (PV)

Novo Jardim

Bom Jardim

Vianey Brigel (PMDB); André Fufuca (PSDB) e Roberto Costa (PMDB)

Nova Vida

Joselândia – César Pires (DEM)

Nova Vida

São Luís Gonzaga – Carlinhos Florêncio (PHS)

Oitiva

Alcântara – Manoel Ribeiro (PTB)

Olho D’Água do Mearim

Conceição do Lago Açu e Lago Verde – André Fufuca (PSDB)

Paiol do Centro

Parnarama – Carlinhos Florêncio (PHS) e Rubens Pereira Júnior (PC do B)

Palestina

Brejo e Buriti – Marcos Caldas (PRB)

Palmares do Maranhão

Itapecuru-Mirim – Neto Evangelista (PSDB) e Zé Carlos (PT)

Palmeiral do Mearim

Esperantinópolis – Raimundo Louro (PR) e Roberto Costa (PMDB)

Paraíso

Pinheiro – Roberto Costa (PMDB)

Paruá

Santa Luzia do Paruá – Carlinhos Florêncio (PHS)

Portinho

Serrano do Maranhão – Raimundo Cutrim (DEM)

Porto Santo

Turiaçu – Hélio Soares (PP)

Portugal do Maranhão

Bacuri e Apicum-Açu – Manoel Ribeiro (PTB)

Presidente Lula

Balsas – Stênio Rezende (PMDB)

Quadrenezia

Zé Doca – Neto Evangelista (PSDB)

Queimadas

Santa Helena – Victor Mendes (deputado licenciado)

Raimundo Su

Alcântara – Victor Mendes (deputado licenciado)

Roberto Leite

Itapecuru Mirim – César Pires (DEM)

Santana dos Carvalho

Tutoia – Marcelo Tavares (PSB)

Santa Rosa

Capinzal do Norte – César Pires (DEM)

Santa Teresa

São Domingos do Azeitão, Benedito Leite, São Félix de Balsas e Loreto

Rubens Pereira Júnior (PC do B)

Santa Vitória do Maranhão

Barra do Corda – Rigo Teles (PV) e Tatá Milhomem (DEM)

Santo Onofre

Santa Luzia do Maranhão – Zé Carlos (PT) e André Fufuca (PSDB)

Santo Onofre

Santa Luzia do Maranhão – Lideranças comunitárias

São José das Varas

Barreirinhas – Raimundo Cutrim (DEM) e Neto Evangelista (PSDB)

São José dos Lages

Pindaré Mirim – Vianey Bringel (PMDB)

São Paulo do Maranhão

Bacuri – Neto Evangelista (PSDB)

São Simão do Maranhão

Rosário – Edivaldo Holanda (PTC)

Senador João Alberto

Bom Jardim – Hemetério Weba (PV) e Roberto Costa (PMDB)

Seriema

Tutoia – André Fufuca (PSDB)

Serra da Cinta

Sítio Novo

Valéria Macedo (PDT); Dr. Pádua (PP) e Carlinhos Amorim (PDT)

Socorro do Maranhão

Governador Eugênio Barros – Rogério Cafeteira (PMN)

Três Marias do Maranhão

Peri-Mirim – André Fufuca (PSDB)

Trisidela

Coroatá – Edivaldo Holanda (PTC)

Trizidela de Colinas

Colinas – Eliziane Gama (PPS)

Trizidela do Itapecuru

Codó – Camilo Figueiredo (PDT)

Trizidela do Mearim

Bacabal – Roberto Costa (PMDB) e Carlinhos Florêncio (PHS)

Vale do Pindaré (povoado Presa de Porco)

Buriticupu – Francisca Primo (PT)

Vila da Paz

Turiaçu e Turilândia  – Hélio Soares (PP)

Vila União

Governador Nunes Freire – Edson Araújo (PSL)

Vitória do Parnaíba

Santa Quitéria – Rubens Pereira Júnior (PC do B)


Enviado em 12/06/2011 as 19:57 por Manoel Murilo Falcão

Meu Deus, o que estão fazendo com minha cidade!!! Não era prá ser assim, D. Irene. Quando a Senhora se apresentou como candidata, a partir da segunda candidatura atrevi-me a acreditar e assim eu lhe dei o primeiro voto. A Senhora não foi eleita. Na eleição seguinte cravei de novo o seu nome e, moderadamente, vibrei em face de sua eleição, a senhora foi testemunha da minha satisfação. Sempre acreditei na tendência feminina para a prática da honestidade, melhor do que os homens. Então imaginei: é mulher, é honesta, será uma excelente prefeita. Acrescia a seu favor o fato de ter acumulado experiência no exercício do cargo de assessora do marido prefeito (dr. Remi). Na eleição seguinte, depois de ter visto a inapetência da senhora prefeita para o exercício honesto de tão relevante função pública, com a liberdade que me é peculiar, escolhí outro candidato. A maioria, entretanto, escolheu mal, deu outro mandato para D. Irene. Mais quatro anos perdidos. Menos educação, menos saúde, menos urbanização – o povo votou mal. O humilde eleitor que renovou o seu mandato é o que mais sofre. Sofre com a falta de saúde, de educação e com pouca comida para matar a fome. Como eu gostaria de aplaudir a senhora no seu último de mandato. Que pena!!!

Gostei, Ronielton


Em enquete realizada durante a última semana os internautas aprovam a forma como o Socorrão atende seus pacientes. Para 34% o atendimento é ótimo, 18% bom, 7% ruim, regular 11% e 15% péssimo. O hospital regional de urgência e emergência de Presidente Dutra é responsável pelo atendimento de pacientes de mais de 30 municípios somente da nossa região.


Por Ronielton Sousa

Dia desses vi no noticiário a história de três jovens que viraram sucesso na internet pelo simples e curioso fato de encontrarem nos já tradicionais buracos nas vias públicas de sua cidade um bom espaço para praticar golfe já que o esporte em foco necessita de um espaço amplo (no caso a rua) e de buracos (algo sempre presente nas grandes cidades).

Esse fim de semana em visita à nossa querida e majestosa cidade de Presidente Dutra me aventurei a passear pelas vias públicas da princesinha dos cocais. O que pude ver, mui tristemente, foi o chamado e nítido descaso da administração pública quanto a situação em que vivemos hoje. Questionei-me como alguém pode privar o cidadão de seus direitos, algo já conhecido em Presidente Dutra. Além de não ter seus direitos à saúde, educação e lazer de qualidades postos em prática, o cidadão presidutrense também tem que abrir mão do simples direito de ir e vir, visto a condição que se encontram as ruas presidutrenses.

Mas por que fiz referência ao caso dos jovens acima citados? A resposta é simples: ao contrário dos atletas, o presidutrense não pode se dar ao luxo de praticar tal esporte burguês. Como foi dito por um internauta aqui no blogue, o esporte praticado todos os dias muito espontaneamente é o Rally. Para aqueles que se aventuram nos “circuitos de rally” de Presidente Dutra ficam os trajetos a serem seguidos: “Avenida Tancredo Neves (defronte à entrada Coabe)”, “Rua que liga a Avenida Tancredo Neves ao quartel da Polícia Militar”, “Quase todas as ruas dos bairros São José, Angelim, Campo Dantas, bairro de Fátima, Campeão e Vila Militar”. Enfim, não irão faltar locais em que o esporte poderá ser praticado nessa cidade em que os buracos já fazem aniversário e daqui uns dias poderão servir como cartão postal de Presidente Dutra, seja pelos apaixonados pela aventura do Rally, seja pelos modestos cidadãos que costumam tentar exercer seu direito garantido pela Constituição Federal que é o de ir e vir. Só pra constar: “AINDA BEM QUE A NOSSA QUERIDA PREFEITURA TEM AMOR PELA NOSSA TERRA, PORQUE NEM QUERO IMAGINAR COMO ESTARIA PRESIDENTE DUTRA SE FOSSE ODIADA OU ESQUECIDA PELO PODER EXECUTIVO.” Vamos lá, quero ver agora onde estão os vereadores eleitos por nós para ser nossos fiscais junto à Prefeitura. Fichas limpas ou não, cobro serviço de quem eu contrato… No caso, quero ver por onde andam os vereadores com seus requerimentos de numerar a fachada da câmara, os vereadores que adoram postar o “que fazem” nas redes sociais das quais participam, os vereadores que adoram ter sua imagem em um quadro numa parede da câmara, enfim todos que foram eleitos para garantir meu bem estar. Podem até aparecer aqui no blogue comentários pedindo que eu tenha paciência, afinal, ano que vem tem eleição e junto com ela vem todas as ruas sendo asfaltadas. Mas não posso, não tenho condições, muito menos com tanto buraco pra eu freqüentar.