O nosso blogue bombou em número de acessos por todo dia desta sexta-feira 09/09. Foram quase mil acessos, exatos 987 até as 21:30. Isto prova que estamos no caminho certo e com credibilidade no que escrevemos. Só tenho a agradecer a todos os internautas e comentaristas. Obrigado de todo coração.


Essa aconteceu ontem, quinta-feira 08/09 durante a apresentação do Programa Cidade Agora da TV Rio Flores canal de Televisão da prefeitura de Presidente Dutra. O apresentador Paulo Andrew chamava a atenção da prefeita Irene a respeito de ligações dos moradores da invasão do Bairro Campeão reclamando da falta d’água no local. Dizia o apresentador: “prefeita eu sei que o problema da falta d’água é de responsabilidade da CAEMA, mas veja o que a senhora pode fazer por aquela gente”. Uma fonte confidenciou ao blogue que a prefeita ligou imediatamente para o pré-candidato Biné Soares ir resolver a “parada”. Ele chegou junto aos moradores na velocidade do vento e prometeu solucionar o problema. É, quem pode, pode. Depois ficam me criticando quando digo que Irene trabalha pela candidatura Biné e que ele até o momento é realmente o candidato do grupo Soares. Se o vereador Aristeu Nunes e seu pai vice-prefeito Zezão ficarem dormindo no ponto sem saber qual é oficialmente o candidato da prefeita, vão ficar de longe só assistindo Biné comer a bóia deles.

Por falar nisso…

Há seis meses Biné propaga sua pré-candidatura usando duas máquinas, a da prefeitura e a do estado, se utilizando do cargo de Gestor Regional de Educação. É o chamado candidato dois em um. Pesquisas extra-oficiais já mostram que mesmo se utilizando de todos os artifícios a seu favor, sua candidatura praticamente não saiu do lugar, teve um crescimento pífio, passou de 5% para 10%. Então, tá na hora da prefeita Irene testar outros nomes, começando imediatamente pelo do vereador Aristeu Nunes, colocando à sua disposição a mesma estrutura ora usada por Biné. Nada mais justo. É aí que saberemos se Nunes tem “tutano no osso” ou não. Ou será que a prefeita Irene Soares está com medo de tomar esta decisão e ver o nome de Aristeu disparar na frente do de Biné e ser obrigada a apoiá-lo?

Enquete

Colocamos a seguinte enquete para que o internauta decida: VOCÊ ACHA QUE ESTÁ NA HORA DA PREFEITA IRENE TESTAR O NOME DE ARISTEU NUNES COLOCANDO A MESMA ESTRUTURA USADA POR BINÉ SOARES? SIM OU NÃO?


Orleany Cruz (Foto), de 35 anos, filho do vereador de Tuntum Orleans Moreira Cruz, foi assassinado hoje, 08, no final da tarde, na orla do Balneário da Tiúba. Segundo informações do blog do Fernando Teixeira, Orleany Cruz estava bebendo com os amigos no bar quando surgiu dois motoqueiros atirando contra o filho do vereador, que morreu no local. Nesse momento, o clima está tenso no município de Tuntum. Os moradores estão chocados com o assassinato do jovem rapaz. O filho do vereador, mais conhecido como Renicy, iria comemorar seu aniversário neste sábado, 10.  Seu pai, Orleans Moreira Cruz, foi recentemente acusado de ser o mandante dos disparos no dia 8 de abril, contra a casa do juiz Pedro Holanda Pascoal, que compõe o programa “Pauta Zero” (reveja aqui no Bogue de Luis Pablo).  O vereador chegou a ter a prisão decretatada, mas conseguiu habeas corpus no Tribunal de Justiça do Maranhão


Se sentido desprestigiado pela prefeita Irene Soares desde o término da eleição de 2008, o empresário Antonio Nunes Veloso (Foto), 52 anos, que obteve pouco mais de oitocentos votos pelo PRB, vivia se reclamando aos amigos da forma como vinha sendo tratado pelo seu grupo. Uma das pessoas que sempre ouvia as lamúrias de Veloso era seu compadre Gonzaguinha dono das Lojas Tavares. A princípio Gonzaguinha não deu muita bola, achava que era só paixão política não correspondida. Desde que assumiu a prefeitura, Irene não nomeou Toinho Veloso Secretário de Esportes do Município como prometido depois da camapnha, colocando em seu lugar Linete Lucena esposa do médico Milton Brito Muniz que nunca promoveu nem jogo de carimba, motivo que deixou Veloso irritado. Por várias vezes ele ameaçou romper com Irene.

Gonzaguinha

Rebeldia

O primeiro ato de rebeldia de Toinho contra seu grupo aconteceu nas eleições de 2010, quando preferiu votar nos candidatos a estadual e federal do vice-prefeito José Nunes Martins. Na época Zezão fobava dizendo que já estava com seu grupo pronto para 2012 contando inclusive com Veloso e Pedro Cabral. Depois das eleições Veloso mirou no compadre Gonzaguinha com quem teve conversas constantes. Gonzaguinha ficou impressionado com a determinação que Toinho Veloso mostrava em deixar os grupos de Irene e Zezão, tanto que abriu mão até da candidatura da própria esposa garantindo $e empenhar para eleger o novo aliado.

Tudo certo

A costura do acordo final entre Veloso e Gonzaguinha aconteceu há pouco mais de dez dias na fazenda do empresário. O fato foi testemunhado por várias pessoas, uma delas teria dito o seguinte: “Se já tá tudo certo vamos todos sair daqui agora em passeata e chegar em Presidente Dutra soltando foguete”. Foi nessa hora que Veloso amarelou dizendo que precisava de uns oito dias para decidir de vez e passou a espalhar nos quatro cantos da cidade e aos amigos que tinha mudado de lado criando uma grande expectativa

Tremendo mais que vara verde

No período dos oito dias, Veloso se desfiliou do PRB de Irene, mas quando foi entregar a ficha na mão da prefeita durante uma reunião na casa dela, “o homem tremia mais que vara verde”, afirmou uma pessoa que estava presente. Ato contínuo, Irene perguntou por três veze s: “Posso rasgar a ficha Toinho”, como ele ficou calado, a ficha foi rasgada e ele se filiou em novo partido, o PTB de Biné. E agora por onde anda Irene leva Toinho Veloso a tiracolo, talvez tenha sido este seu único prêmio de consolação até o momento. Gonzaguinha é claro, ficou muito decepcionado com as atitudes do seu compadre que sumiu, escafedeu-se e nunca mais apareceu para dar uma explicação plausível para seus atos.

Ao mestre com carinho

Um observador político atento aos fatos saiu com esta pérola: “O homem só precisou de um período de campanha eleitoral ao lado do Zezão para aprender direitinho como se valorizar”. A expectativa agora é saber que dia Toinho Veloso será nomeado Secretário Municipal de Esportes e Lazer, é o mínimo que a prefeita poderia fazer por ele.


O vice-prefeito José Nunes Martins o Zezão (PDT – foto) não toma jeito mesmo. Na manhã da última terça-feira 06/09 ele apareceu no prédio da prefeitura e na sala da Controladoria Geral do Município teria dito aos presentes que tinha acabado de sair de uma reunião com a prefeita Irene Soares e esta teria lhe garantido que todos os funcionários municipais estariam proibidos de usar qualquer tipo de adesivo contendo a sigla do PTB, partido pelo qual o Gestor Biné Soares pretende sair candidato a prefeito de Presidente Dutra. Saindo da sala da Controladoria, Zezão encontrou nos corredores o jornalista Paulo Andrew, Diretor de Jornalismo e apresentador do programa Cidade Agora da TV Rio Flores e foi logo lhe dizendo: “E você está proibido de falar no nome do Biné no teu jornal”, bradou. Paulo disse ao blogue que respondeu o seguinte “Olha Zezão, a prefeita não é dona da TV, o dono não é político e chama-se Rodrigo” e “jamais vou deixar de divulgar as ações do Gestor Regional de Educação da mesma forma que não deixo de divulgar os projetos de lei do seu filho vereador Aristeu Nunes”. Uma fonte do blogue de dentro da prefeitura garantiu no final da tarde de ontem que conversou com a prefeita Irene e ela disse que nunca se reuniu com o vice prefeito para tratar de qualquer proibição a funcionários públicos municipais.


O desfile de 7 de setembro reuniu diversos alunos das escolas municipais, estaduais e particulares de da rede de ensino de Presidente Dutra. Durante o desfile algumas surpresas. A principal delas foi a presença da sempre ausente prefeita Irene Soares, o que causou espanto aos a quem foi assistir. Ao lado de Irene no palanque poderia se ver vereadores e suplentes do seu grupo, como Pedro Cabral e Toinho Veloso, secretários municipais, o Vice-Prefeito Zezão e seu pupilo Aristeu Nunes e o gestor regional de educação Biné Soares. Duas presenças chamaram a atenção: a do vereador Ronaldo Pereira de Freitas e do empresário Raimundinho da Audiolar. E por falar em Raimundinho da Audiolar, o empresário tem participado constantemente de eventos promovidos pela prefeita Irene Soares. Uma fonte garante ao blogue que Raimundo já estaria até filiado ao PTB, mesmo partido de Biné. Seria realmente este o plano “B” de Irene caso a candidatura de Biné não decole? É aguardar pra conferir depois.


Um amigo me trouxe esta “receita” médica e quando vi quase não acreditei. Na falta de Bloco de Receituário, a médica Kerly Helena N. dos Santos CRM 3130, que trabalha no Posto de Saúde do Bairro Campeão,  usou o verso do Formulário de um Atestado Médico como receita. É o fim do fim. Confira nas imagens abaixo.

Com a palavra a Secretária Municipal de Saúde de Presidente Dutra Teresinha Mota Cruz.


O pré-candidato a prefeito de Presidente Dutra Biné Soares participou na manhã do último domingo 4/9 da final da Copa Canarinho de Futebol do povoado Alegre e na semana passada da inauguração da estrada que liga o povoado à BR 226 raspada pela prefeitura. Estiveram presentes ainda, o vice-prefeito José Nunes Martins, Toinho Veloso, entre outros. Zezão mais uma vez se gabou falando dos seus seis mandatos dizendo que sempre foi um grande incentivador do esporte amador do município, falou isso como forma de cutucar o estreante Biné Soares que, segundo ele nunca participou de movimentos esportistas na cidade e agora ta querendo comer sua “bóia”. A cada dia que passa Zé Nunes ver seus planos de emplacar o filho vereador Aristeu Nunes candidato do grupo Soares ir por água abaixo, motivo pelo qual anda muito cabisbaixo nos últimos dias. E o que é pior: não tem coragem de tomar uma decisão contra a prefeita, pois depende dos empregos da prefeitura ocupados por grande parte de seus familiares. Enquanto isso Biné Soares vai visitando amigos e lideranças políticas. Neste final de semana além do Alegre, visitou também o Povoado Pedra Branca.

Jogando a Toalha

Zezão teria dito a um amigo próximo, que chegou a conclusão que todo mundo já sabia: Irene não quer nem ouvir falar de ele e ou o filho falarem em candidatura a prefeito com o apoio dela, motivo que vem lhe deixando muito chateado. Não se iludam, hoje o candidato do grupo Soares é mesmo Biné. Sempre foi assim, nunca saiu um candidato fora do seio da família e se houver algum acidente de percurso e a candidatura de Biné não decole, o plano “B” da prefeita é o empresário Raimundinho da Audiolar. Não tem voto e nem grupo político, mas tem o que o vereadores irenianos mais querem, que é a “bufunfa” pra bancar uma candidatura de prefeito e a de vereador.


 

(7h30) A ministra do TSE Cármen Lúcia confirmou nesta quarta-feira (31), decisão de outubro de 2009 do TRE do Maranhão, que cassou o mandato do prefeito e vice-prefeito reeleitos de Jenipapo dos Vieiras, município vizinho a Barra do Corda, na região Central do Maranhão. Giancarlos Oliveira (PDT) e Jefferson Oliveira Nepomuceno (PSB) foram acusados de asfaltar ruas e conceder aumentos a professores e agentes de saúde no período eleitoral, caracterizando abuso de poder político e econômico. Da decisão, em caráter monocrático, ainda cabe recurso. Caso o pleno do TSE confirme a senença da ministra serão realizadas novas eleições na cidade porque o pedetista foi reeleito, em 2008, com 59,93% da votação.

Leia a íntegra da decisão da ministra Cármen Lúcia.

O segundo colocado naquela eleição foi o petista Eudes da Silva Neres com 40,07% dos votos. Assim que se confirmar a cassação do prefeito, o presidente da Câmara vai assumir o comando do município até a realização do novo pleito. Apadrinhado do deputado Rigo Teles (PV), Giancarlos ficou “famoso” nacionalmente por ter empregado praticamente toda a família, gato, cachorro e periquito na prefeitura (reveja).

Do blogue de Décio Sá


Peço desculpas aos leitores deste bogue pelo atraso em postar notícias. Ainda estou me recuperando de um surto de Dengue que me deixou de cama por mais de dez dias. Estou em São Luis me recuperando à base de repouso e muita água de coco. Ainda esta semana estarei voltando à ativa com força total. Obrigado pela compreensão de todos.


Fábio Brandt e Maurício Savarese – UOL

Em julho, mês de recesso parlamentar, os deputados pediram reembolso de R$ 3 milhões à Câmara por conta de despesas decorrentes do exercício de seus mandatos. O mais gastador no período foi Waldir Maranhão (PP-MA), com R$ 46.498,19 em pedidos de reembolso até 1º de agosto – os parlamentares têm até três meses para solicitar isso, o que pode significar ainda mais custos. Em um mês cheio de dias vazios no plenário, Maranhão pediu reembolso de quase um terço do valor solicitado entre o início da legislatura, em fevereiro, e junho pelo deputado Cleber Verde (PRB-MA) – o mais gastador de todo o primeiro semestre, com mais de R$ 166 mil. Nesse período, antes do recesso, o deputado do PP tinha gastado pelo menos R$ 88,4 mil em cota parlamentar, segundo dados disponíveis no site da Câmara até 1º de agosto. Os gastos de Maranhão em julho se concentraram em dois itens: R$ 25 mil em um trabalho de consultoria e outros R$ 20.300 em divulgação do mandato. Procurado nos últimos dias pelo UOL Notícias, o deputado do PP não foi encontrado para fazer comentários sobre seus gastos. Logo atrás dele no pódio da cota parlamentar no recesso estão Silas Câmara (PSC-AM) e Roberto Balestra (PP-GO). Eles gastaram, respectivamente, R$ 46.487,31 e R$ 38.329,34.


John Cutrim um dos mais conceituados analistas políticos do maranhão repercutiu matéria deste Blogue destacando o post sobre a enquete do anunciado rompimento do Vice-Prefeito José Nunes Martins, o Zezão com a prefeita Irene Soares. A enquete apontou que 78% votaram no “sim” acreditando neste rompimento. John Cutrim revelou no seu blogue (Link ao lado) aquilo que toda população de Presidente Dutra sabe: Que a administração Irene Soares é um desastre. Continue lendo AQUI.


Aceilton Soares

A matéria publicada na última sexta-feira no Blogue de Luis Cardoso mostrando um suposto abaixo assinado sugerindo o nome do professor Aceilton Gonzaga Soares novo Diretor da UEPA – Unidade de Ensino Padre Anchieta atingiu não só a professora Raimunda Oliveira Barros, a Samunda, atingiu também ao professor Aceilton. Numa enxurrada de comentários no blogue de LC, a maioria, direta e indiretamente o aponta como responsável pelo envio dos documentos ao blogue. A acusação, segundo os comentaristas, é porque as assinaturas publicadas são as mesmas que foram colhidas numa reunião do SIMPROESEMA servindo de base para o texto do abaixo assinado. Ele nega veementemente. “Não tenho nada a ver com isso, não sabia de nada, só soube da matéria por volta das 20 horas quando abrir a página do Blogue alertado pela professora Diane”, “A lista é realmente de uma reunião do SIMPROESEMA de junho deste ano, acredito que algum professor ficou com uma cópia e usou contra mim e a professora Samunda”, afirmou o Aceilton em entrevista exclusiva a este blogueiro. A gravação original, sem cortes e sem edição, tem dez minutos de duração e nela Aceilton se defende de tudo que supostamente estão lhe acusando. Acompanhe todos os detalhes da entrevista clicando no link abaixo.


Enquete realizada nos últimos quatro dias aponta  que a maioria absoluta acredita num rompimento político entre o Vice-Prefeito de Presidente Dutra Zezão e a prefeita Irene Soares. Do total de 207 votos, 161, ou 78% votaram acreditando no rompimento e apenas 46 votos, ou 22% acham que não, que ele não vai romper com o grupo Soares. A votação foi recorde e o resultado pelo “sim” também. Agora a batata quente está nas de Zezão. Se não romper, vai ficar comprovado mais uma vez que Zezão quer mesmo, é somente se valorizar no período eleitoral, sempre foi assim desde a morte do ex-prefeito Remy Soares. É aguardar para conferir depois e o internauta tá de olho.


Ao tomar conhecimento do conteúdo da lista (Acima) de nomes de professores que supostamente sugeriram o nome do professor Aceilton Gonzaga Soares para o cargo de diretor do Colégio Padre Anchieta, o professor de matemática Nailson Teixeira Macedo, décimo terceiro da lista, reagiu com indignação ao ter seu nome exposto sem sua autorização. “Isto é uma macacada, uma falta de vergonha, nunca assinei abaixo assinado nenhum sugerindo nome de “A” ou “B” para cargo algum, é uma molecagem total”, afirmou Nailson. Ele afirmou ainda que aqueles nomes que aparecem ali folham colhidos para outra finalidade: “Aquilo é um lista de presença de uma reunião do SIMPROESEMA que aconteceu no final de maio ou início de junho no Padre Anchieta quando aconteceu a mudança de direção da regional do Sindicato passando das mãos da professora Aldenir para o professor Aceilton, portanto não tem sentido a gente aparece ali como assinantes de um abaixo assinado”. Professor concursado de matemática desde 1994, Nailson disse nunca ter visto atitude tão baixa, mesquinha e irresponsável com a classe de professores de Presidente Dutra, ele garante que o responsável pelo vazamento da lista para fazer a montagem, não tem mais condições morais de comandar a regional do SIMPROESEMA, “A lista saiu dos arquivos do sindicato, então alguém pegou ela lá e esse alguém vai ter que responder na justiça”, disparou o professor. Nailson Teixeira não descartou a possibilidade de procurar um advogado para mover um processo contra quem expôs o seu nome.

Entenda o Caso

Na tarde desta última sexta-feira o blogue do jornalista Luis Cardoso publicou cópia de um abaixo assinado supostamente assinado por professores Unidade Estadual de Educação Padre Anchieta, o Colégio Bandeirantes como é mais conhecido sugerindo o nome do professor Aceilton Gonzaga Soares para o cargo de diretor. Segundo alguns professores, o teor do documento foi redigido com o intúito de “derrubar” a nomeação já certa da professora Samunda. Como Mentira tem pernas curtas, na manhã deste sábado os professores que aparecem na lista procuraram este blogue para denunciar a farsa afirmando que nunca assinaram nenhum abaixo assinado sugerindo do nome de Aceilton para a direção da escola e estão ameaçando ameaçando ir à justiça para que o responsável ou os responsáveis respondam por seus atos.