SÃO PAULO – Pesquisa Ibope de intenção de voto para presidente da República divulgada neste sábado (5) aponta Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) empatados. Os dois têm 37% das preferências e Marina Silva (PV), 9%. O Ibope ouviu 2.002 eleitores em 141 cidades do país entre os últimos dias 31 de maio e 3 de junho. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Isso quer dizer que Dilma e Serra podem ter entre 35% e 39% das preferências e Marina, entre 7% e 11%. Nove por cento dos entrevistados disseram que votarão em branco, nulo ou em nenhum candidato. Os indecisos somam 8%. Foi a primeira pesquisa feita pelo Ibope realizada depois da exibição de propagandas políticas do PT e do DEM. No último levantamento do Ibope, em abril, José Serra tinha 40% das intenções de voto, Dilma Rousseff, 32%, e Marina Silva, 9%. Dilma foi a única candidata que apresentou crescimento. Em fevereiro deste ano, a diferença entre os dois primeiros colocados na disputa era de 13 pontos percentuais (Serra tinha 41% e Dilma, 28%). Em março, caiu para cinco pontos (38% e 33%, respectivamente). E, em abril, voltou a subir e chegou a oito pontos (40% e 32%). Nesse mesmo período, Marina teve 10%, 8% e 9% das intenções de voto nos estudos feitos pelo Ibope.

A série histórica citada não considera na disputa o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), que oficializou, no fim de abril, a desistência de concorrer à Presidência.  A pesquisa é a primeira encomendada neste ano ao instituto pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S. Paulo”. Esse levantamento aferiu somente as intenções de voto nos três principais presidenciáveis. Nos cartões apresentados aos eleitores, não constavam os nomes de eventuais pré-candidatos cujas taxas são inferiores a 1% em outras pesquisas já divulgadas neste ano. O prazo legal para que os partidos oficializem os candidatos em convenção começa no próximo dia 10 e termina no dia 30. Após essa data, serão conhecidos os nomes de todos os candidatos que disputarão a Presidência na eleição de outubro.

Segundo turno

O Ibope também considerou a possibilidade de segundo turno entre Serra e Dilma. O resultado é um novo empate, em 42%. Nessa situação, brancos e nulos somam 9%. Sete por cento não responderam. Segundo os pesquisadores, a candidata do PT recebe mais votos dos eleitores de Marina Silva (40%, contra 32% que optariam pelo candidato tucano). Entre os entrevistados que declararam que votariam branco ou nulo no primeiro turno, o percentual de quem escolheria Serra na segunda etapa é maior (17%, contra 6% para Dilma).

Rejeição

O Ibope também aferiu o grau de rejeição dos eleitores aos três principais pré-candidatos. Vinte e quatro por cento dos entrevistados disseram que não votarão em Serra; 19% em Dilma e 15% em Marina. Os entrevistados responderam ainda questionários sobre o interesse na eleição que vai ocorrer em outubro. De acordo com o Ibope, 21% disseram que têm muito interesse, 32% têm interesse médio, 27% têm pouco interesse e 19% não têm interesse nenhum.

Avaliação do governo

De acordo com o levantamento, o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é considerado ótimo ou bom por 75% dos entrevistados, regular por 20% e ruim ou péssimo por 5%. A nota média atribuída ao governo pelos eleitores ouvidos pelo Ibope é 7,8.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo número 13642/2010.


A governadora Roseana Sarney (PMDB) ampliou sua base de apoio entre os prefeitos do interior maranhense. Além de gestores ligados ao seu partido, o PMDB, e às legendas aliadas, ela tem conseguido apoios importantes de membros do PDT, PSDB, PSB e até do PCdoB. As três legendas terão candidatos a governador. De acordo com o secretário de Articulação Política, Hildo Rocha, Roseana conta com a parceria de mais de 200 prefeitos no Maranhão. Entre os pedetistas que declararam apoio a Roseana está o prefeito de São Domingos do Maranhão, Kleber Tratorzão, antes engajado na campanha do comunista Flávio Dino. Tratorzão é ligado ao prefeito de Caxias, Humberto Coutinho (PDT), que ainda está com o deputado, mas condiciona o fechamento do apoio à sua candidatura ao governo estadual à presença do PT na chapa, o que parece cada vez mais improvável. A governadora recebeu também o apoio do prefeito de Afonso Cunha, José Leane, único membro do PCdoB eleito no interior maranhense. Ele tem relações com o prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva (PSDB), também da base aliada a Roseana Sarney. Bases – Em alguns municípios, Roseana Sarney recebe o apoio de todas as alas que disputam poder. É assim em Presidente Dutra, Pinheiro e Tuntum, por exemplo. Neste último há outro apoio saído das bases pedetistas; o do ex-presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), Cleomar Tema Cunha, recém-filiado ao Partido Verde (PV). A candidatura da governadora à reeleição deve reunir o maior número de partidos, de deputados estaduais e federais, e de prefeitos no interior maranhense. Todos eles devem participar da convenção que homologará a participação de Roseana Sarney na disputa, prevista para o fim de junho.

Marco Aurélio D’Eça Da editoria de Política O Estado.


O Ministério Público do Maranhão por meio da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Presidente Dutra, ajuizou na manhã desta quarta-feira 02/06 Ação Civil Pública de Ressarcimento por Ato de Improbidade Administrativa contra a prefeita de Presidente Dutra Irene de Oliveira Soares por ter prestado conta da perfuração de um poço artesiano no povoado Taboa dos Lopes no valor de R$ – 89.218,13 (Oitenta e nove mil, duzentos e dezoito reais e treze centavos). Em diligências ao povoado o promotor de justiça Lindonjonson Gonçalves foi informado que o tal poço nunca existiu, “Constatou-se que a caixa d’água do sistema foi “pintada” pela administração da demandada (Irene) com o seu slogan “Presidente Dutra amor pela nossa Terra!”, nas cores verde e amarela em fundo branco, o mesmo que se aplicou nas suas campanhas eleitorais. Ao lado, existe os dizeres: “Obra administrada pela prefeita Eleuzina Carvalho de Oliveira, honrando compromisso do prefeito Remy Soares”, uma inscrição bem mais antiga da administração que seguiu aquela que construiu o poço”, enfatiza o promotor, ou seja: o poço em questão foi perfurado na verdade pelo ex-prefeito Jurandy Carvalho, segundo informaram os moradores do povoado. Os moradores da Taboa dos Lopes afirmaram ao promotor que nenhum poço artesiano foi perfurado no povoado, cujo convênio 238/2005 entre a prefeitura e a Secretaria de Estado da Saúde (SES) foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) edição 45 página 12 em 21-12-2005. A perfuração do poço teria sido feita pela empresa F.L.V. CONTRUÇÕES LTDA através do contrato 068/06 publicado no DOE de 04/04/2007.Relatório Fotográfico

Ainda de Acordo com Lindonjonson Gonçalves, “As informações que o Ministério Público teve acesso dão conta que no relatório fotográfico apresentado na prestação de contas (fotos acima), foram juntadas pela gestora demandada (Irene) fotografias de partes de outros poços artesianos: do povoado Sudene e do povoado Varjão, neste município. Assim a prestação de contas do contrato com a FLV CONTRUÇÕES LTDA deu-se com a apresentação de parte de dois poços artesianos existentes para “demonstrar” a realização do poço de Taboa dos Lopes que nunca existiu. Trata-se de uma obra fantasma em que os recursos liberados para sua construção não foram aplicados e não houve nenhum benefício para a comunidade.

Ainda na Ação Civil Pública Ajuizada, o Ministério público pede que seja requisitada à SES cópia integral do convênio 0238/2005, cópia integral do processo licitatório para escolha da FLV CONTRUÇÕES LTDA e seu estatuto junto à Junta Comercial do Maranhão e “Ao final, seja condenada a gestora do município de Presidente Dutra, IRENE DE OLIVEIRA SOARES, nas penas do art. 12, I, da Lei 8429/92, com ressarcimento integral ao erário público, a perda da função, suspensão dos direito políticos e multa, além das demais reprimendas elencadas, fixando-se as penalidades pecuniárias em valor adequado”.

Com informações do Ministério Público


Um dia antes das convenções do PMDB que acontece em todo país no dia 11 de junho, a direção do PT nacional estará reunida para decidir e bater o martelo: com exceção do estado do Pará, o PT vai mesmo homologar alianças para apoiar candidaturas peemedebistas em vários estados onde ainda existam pendências. O ex-deputado federal José Dirceu informou que dois casos, Minas Gerais e Maranhão estão definidos. O PT de Minas será forçado a retirar a candidatura do ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel para apoiar o ex-ministro das Comunicações senador Hélio Costa. Fernando Pimentel será o coordenador nacional da campanha da ex-ministra Dilma Russef pré-candidata do PT à presidência da república. José Dirceu ainda teria dito a um petista local que no Maranhão, a governadora Roseana Sarney vai dar ao PT a vaga de vice na sua chapa, o nome escolhido é o do ex-deputado federal Washington Luis. O PT já participa ativamente do governo Roseana onde ocupa as Secretarias de Educação, Desenvolvimento Social e Trabalho e Solidariedade.


A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Presidente Dutra ingressou na Justiça com uma Medida Cautelar Inominada contra o Município, visando suspender a contratação da empresa prestadora de serviço de limpeza pública na cidade para o ano de 2010. De acordo com o o Promotor de Justiça Lindonjonson Gonçalves, o processo de licitação apresenta uma série de irregularidades. O Município havia publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) um Aviso de Pregão para a contratação de empresa para serviço de limpeza pública, marcado para o dia 20 de abril. Nesse dia, no entanto, a prefeita Irene Oliveira Soares publicou um Decreto que instituiu Estado de Emergência em Presidente Dutra. A única providência prevista foi, justamente, dispensar a licitação para contratação do serviço de limpeza. O decreto, afixado no local onde seria realizada a licitação, nunca chegou a ser publicado no DOE. Em 22 de abril foi publicado um novo aviso de pregão (004/2010), marcado para 5 de maio, no qual foi vencedora a empresa Planmetas Construções e Serviços Ltda., com um valor de R$ 1.420.000,00 (Um milhão, quatrocentos e vinte mil reais). No ano anterior, o contrato firmado com a empresa Delta Montagens Ltda., tinha sido de R$ 927.000,00 (Novecentos e vinte e sete mil reais), o que representa um acréscimo de quase 50% de um ano para o outro no valor pago, sem que haja qualquer acréscimo nos serviços prestados. De acordo com inspeções realizadas pela Promotoria, o local de deposição do lixo é um terreno a céu aberto, às margens da BR-226, no qual é incinerado todo tipo de material, inclusive resíduos hospitalares. O transporte do lixo é feito em caminhões abertos, por profissionais que não contam com qualquer instrumento de proteção. Outra irregularidade encontrada foi a exclusão da empresa Delta Montagens Ltda., do pregão por, entre outros problemas, não ter tido acesso ao edital do certame. Além disso, a própria modalidade de Pregão é irregular para este caso, visto que para serviços acima de R$ 650 mil (Seiscentos e cinqüenta mil reias), a forma prevista é a Concorrência Pública, que sempre deve ser antecedida por uma aferição técnica da capacidade dos possíveis contratados. “A licitação da contratação da empresa do lixo em Presidente Dutra é uma FRAUDE simplória que revela uma grotesca intenção de violar a lei para continuar o improviso, os riscos ambientais e à saúde da população”, afirmou o promotor de Justiça Lindonjonson Gonçalves de Sousa, titular da 1ª Promotoria de Justiça. Para ele, as despesas com contratos de limpeza pública são escoadouros de recursos e não correspondem aos serviços efetivamente prestados. Lindonjonson Gonçalves ainda fez uma diligência em São Luis pra conferir o endereço de localização da empresa Planmetas e qual foi sua surpresa ao chegar ao local, “O endereço que consta na papelada da empresa é de um Bloco de Apartamentos localizado na Av. Perimetral no Conjunto Bequimão”., afirmou o promotor. Diante da situação, o Ministério Público requereu da Justiça a anulação do Pregão n° 004/2010, bem como a suspensão de qualquer contrato decorrente dele. Devem ser requisitadas do município as cópias das notas de empenho de ordens bancárias relacionadas ao contrato de limpeza e a relação dos trabalhadores que atuavam no serviço de limpeza pública. Em um prazo de 30 dias, deverão ser implantados em Presidente Dutra um projeto de coleta seletiva e o serviço de compostagem para aproveitamento de material orgânico. No mesmo prazo, os resíduos hospitalares deverão passar a ter tratamento de desinfecção e, em 10 dias, deverá ser apresentado o licenciamento do aterro sanitário. Será exigido, ainda, o projeto básico da gestão de resíduos sólidos no município de Presidente Dutra, que servirá para subsidiar a licitação para o contrato de limpeza pública.

Com informações do Ministério Público.


Reunidos em assembléia geral na manhã desta quinta-feira, os servidores públicos municipais de Presidente Dutra decidiram pela manutenção da greve que dura mais de quinze dias. A proposta feita por representantes da prefeita Irene Soares no final da tarde da última quarta-feira foi rejeitada por 90% dos servidores presentes à assembléia. De acordo com o presidente do SINTESPEM – Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal Ivaldo Rodrigues a prefeita mais uma vez não sentou à mesa de negociações, mandando apenas seus procuradores que não levaram nada de concreto “e a proposta de boca que fizeram andou longe de atender as reivindicações da classe” afirmou Ivaldo. Com mais esta atitude da prefeita em não dar a mínima para o movimento grevista e conseqüentemente para o sofrimento da população por causa da greve, a situação tende a piorar daqui pra frente. Segundo o presidente da FETRACSE Gilvan Freire Júnior, “o número de servidores grevistas deve aumentar, considerando que o pessoal da saúde que ainda não havia aderido à greve também resolveu cruzar os braços”, afirmou. Quem ficou na mal com os grevistas que lutam pelos seus direitos foram os vereadores ligados à prefeita que ao final da sessão de segunda-feira 24/05 da câmara garantiram que os servidores ou seus representantes seriam recebidos por Irene Soares na sede da prefeitura dois dias depois, só esqueceram foi de combinar com ela.


 

SINTESPEM/FETRACSE na prefeitura.
Um leitor informa ao Blogue que neste momento representantes do SINTESPEM  e da FETRACSE estão no prédio da prefeitura tentando uma solução para o fim da greve dos servidores públicos municipais que ja dura mais de quize dias. Essa mesma fonte não soube precisar se a reunião é com a prefeita Irene Soares ou com algum dos seus procuradores. Volto mais tarde com novas informações.

 

Promotor visita o Socorrão
Depois da matéria postada aqui neste blogue denunciando a forma como o lixo hospitalar estava sendo recolhido das dependências do Socorrão de Presidente Dutra, o Promotor de Justiça da comarca Lindonjonson Gonçalves foi visitar o hospital onde conversou com o seu diretor administrativo Osnir Lima, ouvindo do próprio que o lixo hospitalar é realmente recolhido por caminhões da prefeitura. O promotor pediu a Osnir que encontre outra forma de destinar o lixo hospitalar sob pena dele ser denunciado na mesma ação que a promotoria está movendo contra a prefeitura também por coleta inadequada de lixo.

 

Por falar nisso… Vem Bomba por aí…
O Promotor Lindonjonson Gonçalves em conversa com o titular deste Blogue, disse que no decorrer da investigação que faz sobre as licitações para coleta de lixo, tem encontrado coisas no mínimo estranhas:  Em 2008 a prefeitura pagava a uma empresa algo em torno de SEISCENTOS MIL REAIS por ano pela coleta de lixo, em 2009 esse valor subiu para NOVECENTOS MIL e este ano a empresa que “ganhou” a licitação quer embolsar cerca de UM MILHÃO E QUATROCENTOS MIL REAIS. O ministério público já entrou em campo pedindo a anulação da licitação até mesmo porque, Lindonjonsom descobriu que o endereço desta última empresa fica num apartamento do bloco “L” da avenida perimetral sul no Bequimão em São Luis. Em seguida mais detalhes sobre o assunto, inclusive com fotos do local tiradas pelo promotor.


Inócuas, destemperadas, vazias de razão e sem qualquer efeito prático as ações do deputado federal Flávio Dino (PCdoB) para manter viva sua candidatura ao Governo do Estado. Sua intenção de recorrer ao TSE para garantir o apoio do PT é uma bobagem sem precedentes, que se torna maior ainda por que vinda de um magistrado experiente na área eleitoral. Suas ações de bastidores fazem o melhor estilo Domingos Dutra (PT), pautadas em posturas levianamente dissimuladas e covardes, típicas do deputado petista. Mas há razões de sobra para Flávio Dino agir assim, no desespero. O fato é que ele perdeu o timming da eleição, deu passos intempestivos e errados, não pode voltar atrás e percebe um futuro incerto à sua frente. O PT maranhense não vai com Flávio Dino e ele sabe disso. Sempre soube, mas achava que seria candidato para perder a eleição e sobrar, sozinho, como líder oposicionista em 2014. Mas se queimou com parte da oposição e se queimou, principalmente, com o governo Lula/Dilma, que caminha para vencer novamente o PSDB em outubro. Os rumos de Flávio Dino são obscuros: Nestas eleições é quase impossível ultrapassar Jackson Lago (PDT) na segunda posição. E também já não sobrará como única alternativa de poder para 2014. Agora há oujtros nomes, no governo e na oposição e ele sabe disso. E no meio das duas eleições há o pleito de 2012, a grande tentação do comunista. Se entrar em nova disputa com Castelo, perderá novamente e vai virar folclore político – aquele que disputa tudo o que aparece e não ganha uma. Agindo assim, ele se perderá antes mesmo de 2014. Tem razão Flávio Dino de estar desesperado…

Leia mais no blog de Marco D’eça no imirante.com


Nesta segunda-feira 24/05 funcionários públicos municipais de Presidente Dutra voltam às ruas em ato público contra a intransigência da prefeita Irene Soares que até o momento na deu a mínima para as reivindicações dos servidores municipais que estão em greve há quase duas semanas. A caminhada mais uma vez vai terminar em frente ao prédio da Câmara Municipal onde desta vez esperam receber o apoio de todos os vereadores, isso se tiver sessão. Semana passada eles estiveram no palácio vereador Jean Carvalho e dos nove vereadores, apenas dois, Ronaldo Pereira e Silvia estavam presentes na câmara, “desta vez esperamos que os fujões apareçam” diz um dirigente do SINTESPEM. De acordo com dirigentes do SINTESPEM/FETRACSE a adesão à greve chega a 90% “nem assim a prefeita se sensibiliza em reunir-se com representantes da categoria para, pelo menos tentar discutir a pauta de reivindicações”, afirma Ivaldo Lopes presidente do SINTESPEM.


O ex-governador Jackson Lago comprovou a máxima de que só tem amigos enquanto se está no poder. Há pouco mais de um ano em passagem pelo município durante a inauguração do Socorrão quando ainda era governador, Lago foi recebido com festa por “seus amigos” (da onça). No último sábado 22/05 Jackson Lago voltou a Presidente Dutra e foi recebido apenas pelo seu fiel escudeiro o vice-prefeito Zezão, familiares seus e uma meia dúzia de amigos da família Moraes Nunes. Isolado, sem prestígio e sem os “amigos do poder” Jackson não foi recebido com a mesma pompa de tempos atrás e era só decepção. Na tentativa de fazer volume e de impressionar o eleitor, o vereador Aristeu Nunes e seu pai Zezão, levaram o ex-governador para apertar as mãos dos feirantes em visita à feia do mercado central, é assim que sempre fazem quando querem levantar a bola de algum político em baixa, nem isso empolgou quem acompanhou a “comitiva ex-governamental”. Nenhum prefeito da região marcou presença, nem mesmo o ex-presidente da FAMEM Cleomar Tema de Tuntum, Tratorzão (PDT) de São Domingos e a prefeita Irene Soares de Presidente Dutra, outrora “amigos fiéis” de Lago não prestigiaram a visita. Aqui vale a frase do escritor Emiílio Ayoub: “O poder quase sempre leva as pessoas a ganhar falsos amigos e perder os verdadeiros”.

 

Roseana impede Jackson Lago de visitar o Socorrão
Esta foi a principal manchete dos blogues hospedados no Jornal Pequeno a serviço do ex-governador Jackson Lago. Resta saber se ele foi realmente impedido de fazer a visita ou criou ou criaram um factóide político para o caso. Jackson e sua turma visitaram o Socorrão sim como mostra a foto publicada no blogue de Luis Frederico. Eu não creio que o governo do estado “desautorizou e autorizou” ao mesmo tempo a entrada do ex-governador às dependências do Socorrão como afirmam blogueiros amilhados de Jackson, não é do feitio do governo Roseana dar uma ordem e depois voltar atrás sem ver nem pra que. Ainda que a Secretaria Estadual de Saúde proibisse o acesso do ex-governador ao hospital, não estava fazendo mal nenhum. Apesar de ter sido o responsável pela construção do hospital, Jackson Lago é hoje um cidadão comum, como qualquer outro que tem sua entrada proibida todos os dias pela segurança do Socorrão e eu não vejo ninguém chiar por causa disso. Nem mesmo a visita que fez ao Socorrão apagou o fracasso de público durante sua estada no município. O que Jackson Lago precisa urgente, mas urgente mesmo é aprender escolher melhor suas companhias. Se ele for depender somente da votação que o “meu garoto” Aristeu Nunes e seu “paipai” Zezão estão lhe oferecendo, “tá morto”. Preste atenção: Na eleição de 2008 para o governo do estado, com o apoio todas as correntes políticas, como a prefeita Irene Soares, Juran, Zezão, Jurandy e outros, Lago entrou na “taca” no primeiro e no segundo turnos em Presidente Dutra. E agora só com esses dois aí, alguém arrisca um palpite?


O vereador mais votado de Presidente Dutra, Aristeu Nunes (PDT), visitou este blogueiro nesta tarde. Aristeu Nunes é uma das lideranças promissoras da Região Central do Maranhão. Em 2008 obteve mais de dois mil e quinhentos votos, a maior votação da história de Presidente Dutra.
RELAÇÃO COM A PREFEITA
O vereador pedetista afirmou que embora seja da base de sustentação da prefeita Irene Soares (PRB) não confunde aliança com submissão. “Sou um aliado da prefeita, mas não um alienado. Sempre voto nos projetos de interesse imediato do povo e não da prefeita. Não costumo confundir aliança com submissão”, disse. Aristeu Nunes informou que esteve recentemente com o deputado Roberto Rocha (PSDB) e que garantiu apoio à candidatura do tucano para o senado ao lado do ex-ministro Edson Vidigal. “Visitei o deputado Roberto Rocha para hipotecar apoio a sua candidatura ao Senado. Lá em Presidente Dutra iremos com Roberto e Vidigal, além, claro, do doutor Jackson Lago para o governo”, garante.
FUTURO POLÍTICO?
Aristeu Nunes admite a possibilidade de disputar a eleição de prefeito nas eleições de 2012, não descartando, porém, a candidatura do seu pai, o atual vice-prefeito da cidade, José Nunes, Zezão. “Nosso grupo está articulando um nome para apresentar à sociedade de Presidente Dutra para disputar a eleição de prefeito em 2012. O meu nome é sempre lembrado, mas o vice-prefeito Zezão também tem muita simpatia da população e pode ser o nosso candidato, afinal, além de atual vice-prefeito da cidade, já foi seis vezes vereador de Presidente Dutra”, disse.
RELAÇÃO COM OS BLOGUEIROS
O vereador Aristeu Nunes aproveitou para parabenizar o blog, um dos mais acessados no município de Presidente Dutra, e afirmou que tem boas relações com imprensa e que respeita muito o trabalho dos blogueiros. “Tenho um profundo respeito pela imprensa e acho muito interessante o trabalho dos blogueiros no processo de informação da sociedade maranhense. Quero aproveitar para parabenizar o blog do Robert Lobato, um dos mais acessados em Presidente Dutra, e dos blogueiros da cidade Adonias Soares, Evande Andrade, Celso Nogueira e Ofileno Gomes”, disse.
VISITA DE JACKSON LAGO
O jovem vereador aproveitou a visita ao blogueiro para convidar os moradores de Presidente Dutra e região a fazerem-se presentes no dia 22, a partir da 9h, no prédio da maçonaria, Praça do Mercado, para um ato político com a presença de Jackson Lago, Roberto Rocha, Edson Vidigal, entre outras lideranças locais e de municípios vizinhos.
Do blogue de Robert Lobato (clique aqui)


SÃO LUÍS – A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça recebeu denúncia contra o prefeito do município de Governador Archer, Raimundo Nonato Leal, e também determinou o seu afastamento como gestor municipal, para evitar obstrução ao andamento do processo. A decisão unânime aconteceu na sessão desta terça-feira, 18. Leal é acusado de improbidade administrativa no ano de 2005, por alugar uma pá carregadeira no valor de R$20.914,00 sem licitação, além de não comprovar o pagamento do serviço contratado, condutas previstas na Lei 8.666/93. A denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual (MPE) destaca ainda a desaprovação das contas do município de Governador Archer pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Em sua defesa prévia, o denunciado alega que, à época, a cidade estava em situação de calamidade e precisava com urgência de um mutirão de limpeza, quando se fez necessária a contratação de serviços com dispensa de licitação. O relator do processo, desembargador Raimundo Melo, teve o seu voto acompanhado pelos desembargadores Bayma Araújo (presidente da 1ª Câmara Criminal) e José Luiz Almeida. O MPE também decidiu pelo afastamento.
Mais informações no imirante.com


A Executiva Regional do Partido dos Trabalhadores reuniu-se agora à tarde com a governadora Roseana Sarney (PMDB) para apresentar um manifesto em favor da aliança PT/PMDB nas eleições maranhenses. – O documento leva a assinatura da maioria dos delegados com direito a voto no encontro do partido. Inclusive nomes que eram de outras chapas – afirmou o presidente da legenda, Raimundo Monteiro. Para garantir a aliança em torno de Roseana, os petistas apresentaram três propostas principais: participar da coordenação da campanha, incluir teses do PT no programa de governo e indicar o candidato a vice-governador. Todas aceitas por Roseana Sarney. – Queremos uma aliança em pé de igualdade. Eu não tenho vergonha de vocês e vocês não têm que ter vergonha de mim – afirmou Roseana, ovacionada pelos petistas durante o encontro. De acordo com o deputado Washington Oliveira, o manifesto em favor da aliança com o PMDB será encaminhado à Executiva Nacional, como prova do desejo de firmar a coligação. Com isso, é provável que nem haja mais a necessidade de realização do encontro previsto para o próximo final de semana. – Aqui está a maioria dos que têm direito a voto. Eles já se manifestaram pela aliança neste documento. Agora é sacramentá-la na convenção – disse Oliveira. A Executiva Regional do Partido dos Trabalhadores reuniu-se agora à tarde com a governadora Roseana Sarney (PMDB) para apresentar um manifesto em favor da aliança PT/PMDB nas eleições maranhenses. – O documento leva a assinatura da maioria dos delegados com direito a voto no encontro do partido. Inclusive nomes que eram de outras chapas – afirmou o presidente da legenda, Raimundo Monteiro. Para garantir a aliança em torno de Roseana, os petistas apresentaram três propostas principais: participar da coordenação da campanha, incluir teses do PT no programa de governo e indicar o candidato a vice-governador. Todas aceitas por Roseana Sarney. – Queremos uma aliança em pé de igualdade. Eu não tenho vergonha de vocês e vocês não têm que ter vergonha de mim – afirmou Roseana, ovacionada pelos petistas durante o encontro. De acordo com o deputado Washington Oliveira, o manifesto em favor da aliança com o PMDB será encaminhado à Executiva Nacional, como prova do desejo de firmar a coligação. Com isso, é provável que nem haja mais a necessidade de realização do encontro previsto para o próximo final de semana. – Aqui está a maioria dos que têm direito a voto. Eles já se manifestaram pela aliança neste documento. Agora é sacramentá-la na convenção – disse Oliveira.
Leia mais no blogue de Marco D’Eça – imirante .com


Morreu, na madrugada deste sábado (15), por volta da 1h15, o deputado estadual João Evangelista Serra dos Santos (foto), ex-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão e filiado ao PSDB. Ele será velado na sede da Assembleia, no Cohafuma, e deverá ser sepultado no Cemitério Jardim da Paz, no Vinhais, onde seu pai está enterrado, durante a tarde. João Evangelista era natural de São João Batista e veio para São Luís aos sete anos. Era agropecuarista. Foi eleito vereador de São Luís em 1988 e em 1992 e foi presidente da Câmara dos Vereadores. Em 1994, foi eleito deputado estadual, se reelegendo em 1998, 2002 e 2006. Durante a sua atuação no Legislativo maranhense, foi eleito presidente da Casa nos biênios 2005/2006 e 2007/2008. Em 2007, ele exerceu o cargo de governador do Estado por cinco dias. Há pouco mais de dois anos, João Evangelista vinhasofrendo de um câncer no cérebro. Após vários tratamentos, estava internado há alguns meses no Hospital São Domingos, em São Luís, mas não resistiu. Na atual legislatura, João Evangelista é o segundo deputado a falecer. Em outubro de 2009, morreu o deputado estadual Pedro Veloso (PDT), vítima de leucemia.
Com informações do imirante.com


A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Presidente Dutra ingressou com duas ações civis públicas – uma por ato de improbidade administrativa e outra por obrigação de fazer – contra a prefeita Irene Oliveira Soares (PRB). As duas ações referem-se às prestações de contas do município, que não estão sendo disponibilizadas na Câmara Municipal para consulta da população. A população e diversas entidades do município chegaram a realizar um ato público na Câmara de Vereadores, no dia 15 de abril, coordenado pelo Fórum de Defesa dos Direitos de Cidadania da Região Central do Maranhão. O objetivo era acompanhar a entrega da prestação de contas de 2009, o que não aconteceu.
De acordo com o promotor Lindonjonson Gonçalves de Sousa, Irene Soares (foto) vem descumprindo o que determina a legislação, não disponibilizando as prestações de contas da prefeitura, em todos os anos que passou à frente da prefeitura de Presidente Dutra. Desde 2005 não há a publicação das contas públicas na Câmara de Vereadores. Além disso, a prefeita tem comunicado ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), irregularmente, a exibição das contas no Legislativo municipal. “Somente as práticas coronelistas ainda existentes no interior do nordeste podem explicar um ato de irregularidade tão flagrante como é o de não apresentar as contas, dentro do prazo, na Câmara Municipal no exercício seguinte àquele que são apresentadas as contas ao TCE”, enfatizou o promotor. Nas ações, o promotor de Justiça requer a disponibilização imediata – e sua comprovação – das contas da Prefeitura Presidente Dutra referentes aos exercícios financeiros de 2005, 2006, 2007, 2008 e 2009. O material disponibilizado deve ser a cópia integral das contas apresentadas ao TCE, inclusive com a declaração do contador responsável. Além disso, o MP pede a condenação del por improbidade administrativa. Se condenada, ela estará sujeita à perda da função pública, suspensão dos direitos políticos e multa, entre outras penalidades.
(As informações são do Ministério Público).