Os vereadores Raimundo Facão Nava, Silvia, Jurivan Carvalho de Sousa e Ronaldo Pereira de Freitas protocolaram hoje (24/11) pela manhã na Promotoria de Justiça notificação pedindo ao Ministério Público rigor e urgência na apuração de denúncias contra a Secretaria Municipal de Saúde. O documento foi recebido e assinado pelo Promotor Rosalvo Bezerra de Lima Filho a quem cabe analisar e, se for o caso denunciar os supostos envolvidos à justiça. A documentação entregue pelos vereadores ao promotor é o mesmo que foi divulgado pelo médico Agripino Gomes Campos Neto, termos declaratórios aos auditores do Ministério da Saúde e o Boletim de Ocorrência. Os vereadores pedem ao Promotor Rosalvo Filho, “Que sejam tomadas as providências cabíveis, com a máxima urgência, visto que, as medidas de ordem política e administrativa, não se mostram eficazes neste momento, em face de que a maioria dos Vereadores que compõem o Poder Legislativo Municipal são aliados da Sra. Prefeita”, diz o documento abaixo. Clique na imagem para ampliar.

Ta tarde de ontem quem esteve também na Promotoria foi o advogado do médico Agripino Gomes Campos Neto, Ariston Costa, onde deu entrada numa queixa crime que Agripino está movendo contra a Secretaria Municipal de Saúde por falsidade ideologia. O médico “denuncia que recebeu uma auditoria do Ministério da Saúde informando que ele está cadastrado no Sistema de Informação Ambulatorial SAI/MS como médico oftalmologista fazendo consultas e cirurgias de Glaucoma, e ele declarou que na verdade é médico anestesista” (veja BO no post abaixo). Assim como os vereadores de oposição, Agripino Gomes quer que o Promotor Rosalvo Bezerra Filho faça uma apuração rigorosa.


Agora pode se afirmar categoricamente que a Saúde de Presidente Dutra virou Caso de Polícia. O médico Agripino Gomes Campos Neto, depois de ir várias vezes à delegacia de polícia local sem êxito, conseguiu registrar um BO – Boletim de Ocorrência em São Luis na Delegacia de Defraudações da Avenida Beira-Mar (OCORRÊNCIA 1401/2011) na última segunda-feira 21 /11 às 10 horas da manhã comunicando ter sido vitima de crime de Falsidade Ideológica. Agripino Gomes tomou esta atitude depois de receber de surpresa a presença de auditores do Ministério da Saúde em sua sala no Hospital Biné Soares onde exerce a função de Diretor Clínico querendo saber se ele tinha conhecimento que seu nome e Cartão Nacional de Saúde – CNS constavam no Sistema de Informação – SAI/MS, com o CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) de Médico Oftalmologista com produção de procedimentos de consultas para diagnostico de glaucoma no Hospital Biné Soares no período de Abril de 2010 a Março de 2011. Dr. Agripino que é médico anestesiologista negou tudo e procurou a polícia para registrar um BO e dar prosseguimento a uma Ação Civil contra a Secretaria Municipal de Saúde que, segundo ele, inseriu seus dados no sistema DATASUS informando ser ele médico oftalmologista (leia post abaixo). Médico há mais de dezoito anos no município, Agripino disse que se sentiu constrangido ao ver seu nome envolvido num escândalo tão grande. E o que é mais grave, sem ele saber de nada. Agripino Gomes disse que “Só estou querendo provar que não tenho nada com esses desvios de conduta e não vou deixar a prefeita e a secretária jogarem meu nome na lama. E não adianta me intimidar ou ameaçar, vou até o fim, custe o que custar”. Abaixo cópia do Boletim de Ocorrência.


Depois de ouvir o médico Agripino Gomes Campos Neto e a administradora do Hospital Bíné Soares, os auditores do Ministério da Saúde ouviram também a Secretária Municipal de Saúde Terezinha de Jesus Aquino Mota Cruz sobre os procedimentos referentes a atendimentos de glaucoma como produção do Hospital Biné Soares a partir de Abril/2010 e a situação dos médicos Agripino Gomes Campos Neto e Eliane Lopes Macedo registrados no Sistema de Informação Ambulatorial SIA/MS. A seguir trechos do que Terezinha Cruz declarou aos auditores que merecem destaques; Perguntada, responde QUE:
1 – “Desconhece que seria necessário a celebração de contrato de prestação de serviço com o referido estabelecimento”. Como Secretária deveria ter a obrigação de saber.
2 – “Que não sabia que o Setor de informática da Secretaria Municipal de Saúde utilizava nos sistemas de informação do SIA/MS os nomes dos profissionais médicos Agripino Gomes Campos Neto e Eliane Lopes Macedo como oftalmologistas para cobrança dos procedimentos de glaucoma, direcionados ao Hospital Biné Soares, no período de abril de 2010 a março de 2011”. Essa é difícil de acreditar. Qual o servidor da Secretaria de Saúde que não conhece o Dr. Agripino? A não ser que a Secretária e seus funcionários não se interessme por nada do que está acontecendo dentro da secretaria e deixem a coisa correr solta.
3 – “Que conhece o Médico Agripino Gomes como anestesiologista, mas não conhece a médica Eliane Lopes Macedo”. Este é o mais grave, como desconhecer a existência de uma médica cujo nome está no sistema de informação da secretaria que dirige.

 

É no final do TERMO DE DECLARAÇÃO, onde não se consegue entender nada. A Secretária não diz coisa com coisa. Declarou QUE:
4 – As ações de glaucoma foram realizadas nos meses de novembro e dezembro de 2010 pelo profissional médico, Marcos André Oliveira Braga; QUE realizou processo de licitação na modalidade pregão iniciado em 17/01/2011 com abertura dos envelopes em 10/02/2011 sendo vencedora no certame a Clínica de Serviços Médicos Gerais Ltda. (Ofalmocentro) com endereço em São Luis/MA, à Rua do Machado nº 56 Centro; QUE a Secretaria Municipal de Saúde EFEUTOU PAGAMENTO à REFERIDA CLÍNICA e que os atendimentos foram prestados nas Unidades Básicas de Saúde do município em sistema de mutirão pelo profissional Marcos André Oliveira Braga E OS PROCEDIMENTOS FORAM INFORMADOS COMO PRODUÇÃO DO HOSPITAL BINÉ SOARES.

 

Algumas observações…

 

Como as ações de glaucoma foram realizadas pelo médico Marcos André Oliveira Braga nos meses de novembro e dezembro de 2010 antes mesmo da licitação cujos envelopes foram abertos em 10/02/2011?

 

A vencedora da licitação foi a Clínica de Serviços Médicos Gerais Ltda. (Ofalmocentro), certo? Certo.  E os atendimentos foram prestados nas Unidades Básicas de Saúde do município em sistema de mutirão pelo profissional Marcos André Oliveira Braga, certo? Certo. E PORQUE OS PROCEDIMENTOS FORAM INFORMADOS COMO PRODUÇÃO DO HOSPITAL BINÉ SOARES que não tinha nada a ver com a história? No que declarou, Terezinha Cruz deixou mais dúvidas do que esclarecimentos. Leia abaixo a íntegra do Termo Declaratório da Secretária.
 


Ribamar Góes

Próximo sábado 26/11 vai ficar marcado na vida dos desportistas presidutrenses. Estará em nosso município o craque mundialmente reconhecido Kleber Pereira para um jogão de bola entre o Curador Esporte Clube versus Amigos de Kleber Pereira. A notícia foi dada pelo desportista Ribamar Góes (Foto) em entrevista ao programa Portal Notícias da Rádio Portal FM desta terça-feira 22/11. Depois que se aposentou de sua consagrada carreira esportiva, Kleber Pereira resolveu voltar a jogar de graça, isso mesmo sem receber um centavo de salário pelo Moto Clube do Maranhão clube que o revelou em 1996, só por amor. Foi pelo Moto clube, que Kleber tornou-se artilheiro geral do Campeonato Brasileiro de 1998disputando a Série C, com 25 gols.

Kleber

O artilheiro da Série A naquele ano foi Viola, do Santos, com 21 gols. Jogou também no Náutico e no Sion, onde se tornou campeão suíço da temporada 199697.

Em 1999, após um longo processo de transação, Kléber chegou ao Atlético Paranaense, onde, logo no primeiro ano, marcou 18 gols e ajudou o clube paranaense a ganhar a seletiva para a Copa Libertadores da América. Em 2001, marcou 50 gols com a camisa rubro-negra, sendo 17 deles no Campeonato Brasileiro. Kléber, dessa maneira, sagrou-se artilheiro da equipe ao lado de Alex Mineiro na conquista do Brasileirão de 2001 pelo clube e também o maior goleador do Brasil no ano (Chuteira de Ouro). Esses gols, somados aos 31 gols marcados em 2000 e aos 25 de 2002, fizeram de Kléber “O Incendiário” (como é conhecido pelos torcedores do Furacão), o terceiro maior goleador da história do clube curitibano com um total de 124 gols. Este é um breve histórico até o ano de 2002 de Kléber Pereira, o craque que vai incendiar Presidente Dutra no próximo sábado. Participe desta grande festa esportiva. Ingressos ao preço de R$ 3,00 (três reais) à venda no Posto de Taxi ao lado do Supermercado Mendonça e Chaveiro Quincas Avenida Olavo Sampaio. Ao longo da semana, falaremos um pouco mais da carreira brilhante de Kleber Pereira. Aguarde.


Na sessão desta segunda-feira na Câmara Municipal de Presidente Dutra, apenas o vereador José Jarbas Araújo de Melo (PRB) ocupou a tribuna da casa na tentativa de defender a Secretária Municipal de Saúde Terezinha Cruz. Os demais vereadores entraram mudos e saíram calados. A estratégia de defesa da Secretária, acusada de supostos desvios de recursos na saúde, foi montada pela prefeita Irene Soares em reunião realizada durante o final de semana com os seus vereadores, fato divulgado aqui no blog (leia post abaixo) antes da sessão. O vereador Jarbas não falou o nome do servidor do Ministério da Saúde Carlinhos que segundo nossa fonte iria ser responsabilizado pelos “erros” na elaboração da documentação. Referiu-se o tempo todo a uma “EMPRESA” que teria prestado o serviço e recebido para isso, que estava com cópias dos documentos e dos cheques pagos, mas não deixou nenhuma cópia com os vereadores de oposição. Ninguém na galeria viu tais cópias apresentadas por Jarbas.
A verdade, segundo Jarbas
O vereador Jarbas Araújo disse que tudo não passou de um engano no momento de colocar o nome do médico oftalmologista para o serviço de oftalmológico com produção de procedimentos de consultas para diagnóstico de glaucoma, conforme consta nos termos de declaração do Dr. Agripino de da Sra. Rosana (Clique aqui). “Ao invés de colocar Leandro colocaram Agripino” disse. Ainda de acordo com o vereador Jarbas todos os procedimentos foram realizados por uma “EMPRESA”: “Esta é a verdade, eu tenho aqui as cópias dos documentos e dos cheques pagos à “EMPRESA”, completou. Jarbas falou o tempo todo numa tal “EMPRESA” só não revelou o nome e nem o CNPJ da “EMPRESA”. O vereador Raimundo Nava cobrou dele a cópia da documentação que afirmou está de posse, recebeu um singelo sim na hora do discurso e um sonoro não no final da sessão.
Blog sem credibilidade
Na ânsia desenfreada de mostrar “serviço” para a prefeita tentando defender o indefensável que é o suposto sumiço de dinheiro na Secretaria Municipal de Saúde, o vereador Jarbas Araújo mais uma vez tentou desqualificar o nosso blog e saiu com esta: “Eu não conheço esse blog, nunca li, nem sei se tem blog na cidade, mas é um blog sem credibilidade nenhuma”, me disse um amigo que assistia à sessão. E olhe que o “cabra” é “historiador”, pelo menos diz que é formado em história. O que estão pensando neste momento os ex-professores deste rapaz? Uma coisa o vereador Jarbas Araújo não fez: Desmentir tudo que foi publicado em relação à Secretária que ele tentava defender. Vereador, estou aguardando o envio de toda documentação e cópias dos cheques que o senhor diz possuir para serem publicados, pode mandar, terei o maior prazer em publicá-los aqui, se é que isto, não passou de mais uma “BRAVATA” de “vossa excelência”.


Aconteceu neste final de semana uma reunião entre a prefeita de Presidente Dutra Irene Soares e seus vereadores, garante uma fonte do blog de dentro da prefeitura. A reunião teria o objetivo de livrar a cara da Secretária Municipal de Saúde Terezinha Cruz depois que o médico Agripino Gomes Campos Neto divulgou relatório (leia post abaixo) de auditores do Ministério da Saúde que o acusam de estar fazendo consultas de procedimento de galucoma, coisa que ele nunca fez na vida por ser médico anestesiologista. O repasse para o Hospital Biné Soares, segundo Agripino teria sido de 500 mil reais, ele garante que nunca recebeu um centavo. Acuada com as acusações e sem pulso para demitir a secretária, a prefeita Irene Soares resolveu chamar seus vereadores e orientá-los na defesa da amiga (da onça). A fonte diz que na sessão desta segunda-feira 21/11 os vereadores irenianos irão falar que a Secretária Terezinha Cruz não sabia de nada, que não tinha conhecimento do teor dos documentos apresentados pelos auditores e que a culpa toda seria de um tal de Carlinhos, técnico do Ministério da Saúde que teria elaborado tudo. Resta saber se este tal de Carlinhos fez isso sem o conhecimento da prefeita e da secretária.
 
Estratégia furada
 
A se confirmar a estratégia de defesa da prefeira, o tiro poderá sair pela “culatra”. Este Carlinhos deve ter nome e função no MS e com certeza só fez o que lhe pediram e se este rapaz, for acusado de alguma coisa, a Câmara tem a obrigação de convocá-lo a depor sobre o assunto. Toda documentação, obrigatoriamente tem que ter as assinaturas da Secretária e da prefeita, porque 500 mil, não andam “bobando” por aí não. Enão, esse papo furado de dizer que não sabiam de nada, é pura bobagem.
 
Os vereadores de oposição estão elaborando um documento sobre tudo que esta acontecendo na saúde e vão encaminhar ao MInistério Público, Ministério da Saúde e Controladoria Geral da União. Mais tarde volto ao assunto.


Cinco informações úteis não divulgadas! Principalmente a QUARTA

1. Quem quiser tirar uma cópia da certidão de nascimento, ou de casamento, não precisa mais ir até um cartório, pegar senha e esperAr um tempão na fila.
O cartório eletrônico, já está no ar! www.cartorio24horas.com.br

Nele você resolve essas (e outras) burocracias, 24 horas por dia, on-line. Cópias de certidões de óbitos, imóveis, e protestos também podem ser solicitados pela internet.
Para pagar é preciso imprimir um boleto bancário. Depois, o documento chega por Sedex.

Passe para todo mundo, que este é um serviço da maior importância.

2. DIVULGUE. É IMPORTANTE: AUXÍLIO À LISTA
Telefone 102… não!
Agora é: 0800-2800102
Vejam só como não somos avisados das coisas que realmente são importantes……
NA CONSULTA AO 102, PAGAMOS R$ 1,20 PELO SERVIÇO.
SÓ QUE A TELEFÔNICA NÃO AVISA QUE EXISTE UM SERVIÇO VERDADEIRAMENTE GRATUITO.

Não custa divulgar para mais gente ficar sabendo.

3. Importante: Documentos roubados – BO (boletim de occorrência) dá gratuidade – Lei 3.051/98 – VOCÊ SABIA???

Acho que grande parte da população não sabe, é que a Lei 3.051/98 que nos dá o direito de em caso de roubo ou furto (mediante a apresentação do Boletim de Ocorrência), gratuidade na emissão da 2ª via de tais documentos como:
Habilitação (R$ 42,97);
Identidade (R$ 32,65);
Licenciamento Anual de Veículo (R$ 34,11)..

Para conseguir a gratuidade, basta levar uma cópia (não precisa ser autenticada) do Boletim de Ocorrência e o original ao Detran p/ Habilitação e Licenciamento e outra cópia à um posto do IFP..

4) MULTA DE TRANSITO : essa você não sabia

No caso de multa por infração leve ou média, se você não foi multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses, não precisa pagar multa. É só ir ao DETRAN e pedir o formulário para converter a infração em advertência com base no Art. 267 do CTB. Levar Xerox da carteira de motorista e a notificação da multa.. Em 30 dias você recebe pelo correio a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não paga nada.
Código de Trânsito Brasileiro
Art. 267 – Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, quando a autoridade, considerando o prontuário do infrator, entender esta providência como mais educativa.

5) ARTISTA FAMOSOS FICAM EM FORMA COM EXERCICIO E DIETA?

Tudo mentira, os famosos tem uma receita secreta que deixa o corpo em forma sem esforço,
porisso conseguem perder peso muito rapido.
Tem uma coluna da Globo que mostra como funciona – http://www.colunaglobofamosos.com.br/

DIVULGUEM PARA O MAIOR NÚMERO DE PESSOAS POSSÍVEL. VAMOS ACABAR COM A INDÚSTRIA DA MULTA!!!!

Gostaria, se possível, que cada um não guardasse a informação só para si.


Por esta a prefeita Irene Soares e alguns de seus Secretários não esperavam. Fonte muito ligada ao blogue informa que o minicípio foi sorteado e em breve vai receber a visita de autitores da CGU – Controladoria Geral da União que irão fazer uma devassa nas prestações de contas da prefeitura relativas à verbas federais. O sinal amarelo já foi aceso nos corredores da prefeitura e tanto a prefeita, quanto seus assessores estão de cabelo em pé. Vale lembrar que foi depois de um auditagem da CGU que o ex-prefeito de Tuntum Cleomar Tema foi preso, algemado e passou uma noite no “xilindró”. E de Rondônia vem mais uma notícia envolvendo desvio de recursos do SUS (leia post abaixo). O presidente da Assembléia do Estado Valter Araújo (PTB) e o Secretário-adjunto de Saúde do Estado José Batista da Silva foram presos hoje pela manhã pela Polícia Feceral durante a Operação Termópilas acusados de desvios de recursos da Saúde. A ação contou com apoio da Controladoria Geral da União (CGU), da Força Aérea Brasileira e do Exército. Os investigados na operação serão autuados pelos crimes de extorsão, formação de quadrilha ou bando, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, advocacia administrava, violação de sigilo funcional, tráfico de influência e corrupção ativa, de acordo com o Código Penal Brasileiro, Lei de Licitações e Contratos Públicos e na Lei de Lavagem de Dinheiro. Portanto, quem fez alguma coisa errada nesta administração  se prepare, porque “o couro vai comer”.


Presidente da Assembleia Legislativa, Valter Araújo, foi preso nesta sexta.
Secretário-adjunto de Saúde, José Batista Silva, também está preso.

Do Globo.com

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público do Estado (MPE) de Rondônia realizam, nesta sexta-feira (18), a Operação Termópilas, com o objetivo de prender uma quadrilha que teria desviado verbas públicas do Sistema Único de Saúde (SUS) e fraudava licitações públicas. A ação conta com apoio da Controladoria Geral da União (CGU), da Força Aérea Brasileira e do Exército.

Segundo a PF, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Valter Araújo (PTB), foi preso nas primeiras horas desta sexta-feira. A PF informou ainda que também foi preso o secretário-adjunto da Saúde, José Batista da Silva.

A assessoria de imprensa da Assembleia confirmou a prisão do deputado, mas disse que a operação da PF ainda está em andamento e que não se pronunciaria sobre o caso. Ainda segundo ela, a ação policial não interrompeu o funcionário da casa. O chefe de gabinete do deputado Valter Araújo, Gilson Ferreira, não retornou as ligações para comentar o caso.

O Departamento de Comunicação do governo de Rondônia confirmou a prisão do secretário-adjunto da Saúde. Sobre as investigações nas secretarias de estado, o departamento informou que o governador Confúcio Aires Moura vai se pronunciar por meio de nota oficial.

Segundo a PF, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Valter Araújo (PTB), foi preso nas primeiras horas desta sexta-feira. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Segundo a PF, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Valter Araújo (PTB), foi preso nas primeiras horas desta sexta-feira. (Foto: Reprodução/TV Globo)

A operação
O Tribunal de Justiça de Rondônia expediu 57 mandados de busca e apreensão, dez de prisão preventiva e outros quatro de prisão temporária. As equipes também têm em mãos ordens de sequestros de bens e valores, além da suspensão do exercício da função pública e proibição de acessos a documentos apreendidos.

Os mandados estão sendo cumpridos em Porto Velho, Itapoã do Oeste, Ji-Paraná, Ariquemes, Nova Mamoré e Rolim de Moura. Os policiais fazem buscas em residências, fazendas e empresas dos envolvidos e também em órgãos públicos estaduais.

Segundo a PF, a investigação começou há cerca de um ano e meio para identificar e coletar provas  sobre um grupo que atuava na Secretaria de Estado de Saúde de Rondônia (Sesau) e que tinha sido montado para desviar verbas do SUS, em conjunto com empresários locais.

Ainda de acordo com a PF, a investigação descobriu que a participação de parlamentar estadual nos crimes, o que fez com que a apuração fosse deslocada para o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, em razão da prerrogativa de foro privilegiado do deputado.

O MPE solicitou autorização do Ministro da Justiça para que a PF permanecesse no comando do caso.

A fraude
De acordo com a apuração da PF, o grupo agia sob a liderança do presidente da Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia e praticava crimes em secretarias estaduais, principalmente na da Saúde, de Justiça e no Detran para favorecer empresas prestadoras de serviço e de alimentação em Porto Velho.

Ainda segundo a PF, o esquema consistia no loteamento de licitações e contratos de prestação de serviços junto à administração pública estadual, mediante corrupção e tráfico de influência.

Os investigados na operaçãoserão autuados pelos crimes de extorsão, formação de quadrilha ou bando, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, advocacia administrava, violação de sigilo funcional, tráfico de influência e corrupção ativa, de acordo com o Código Penal Brasileiro, Lei de Licitações e Contratos Públicos e na Lei de Lavagem de Dinheiro.


Denfensores da Secretária Municipal de Saúde de Presidente Dutra
 
Comentário Enviado em 17/11/2011 as 18:59
 
Se faz necessário citar que os agentes de endêmias nunca estiveram em greve e, que as referidas faltas relacionadas a seguir são relativas à ausência ao trabalho.As faltas dos servidores das Endemias Srs. Clemilton R. Silva (20 faltas), Randy R. da Silva (15 faltas), Anselmo P. Duarte (15 faltas), Wellinton P. do Espírito Santo (15 faltas), Teones M. Lima (10 faltas), Antônio C. Figueiredo (5 faltas), José Horlando de mâcedo ( 5 faltas), Fabiano Rodrigues de Moraes (10 faltas), Valdecir A. da Silva ( 5 faltas), foram repassadas pelo seu Coordenador de Campo Sr. Manoel Lopes da Silva à Secretária Municipal de Saúde, sendo considerado pela mesma apenas 50 % do total que foram apresentadas. Mesmo assim, o Sr. Anselmo P. Duarte dirigiu-se ao prédio da Secretaria Municipal de Saúde, diante de vários presentes, ofendendo a pessoa da Secretária de Saúde, se fazendo valer de palavras de baixo calão que tentava denegrir sua imagem. Diante do exposto, seu marido, encontrou- se com ele por acaso e pediu explicações sobre o fato. Quanto ao salário atrasado, pedimos que o Sr. Adonias Soares se intere da verdade dos fatos para então publicá-los, uma vez que da mesma forma, o repasse do Governo Federal referente as Endemias está disponível à qualquer cidadão para consulta no site do Ministério da Saúde. Ainda esclarecemos que o repasse dos agentes de endêmias é de R$ 22.152,93 e o total da folha de pagamento dos mesmos chega a R$ 27.000,00, uma vez que a Prefeitura Municipal paga insalubridade e gratificação. Documentos que comprovam tal situação estão disponíveis no Departamento pessoal da Prefeitura.
 
Nota do Blog
Só foi publicado aqui o que foi repassado pelos grevistas. Porque a Secretária não procurou resolver a questão antes que os servidores chegassem ao extremo da paralização? E porque ela se utiliza desse expediente medíocre de mandar um grupo de DEFENSORES fazer o que ela deveria fazer, que é procurar os meios de comunicação pra dar explicações à opinião pública? Pode ser na TV da prefeitura. E tem mais: O pessoal da Scretaria Municipal de Saúde não passou as informações corretas para aqueles que se intulam DEFENSORES da Secretária para comentar aqui. Em um ponto o comentário faltou com a verdade quando diz “que o repasse dos agentes de endêmias é de R$ 22.152,93 e o total da folha de pagamento dos mesmos chega a R$ 27.000,00”, Aqui tentam fazer o internauta acreditar que a prefeita coloca recursos extras para complementar o salario dos endemistas, o que é uma grande mentira. Vamos aos fatos: Os repasses são feitos três vezes por ano, Janeiro, (Para pagar Jan., Fev., Mar. e Abr) Maio (Para pagar Mai., Jun., Jul. e Ago.) e Setembro (Para pagar Set., Out., Nov. e Dez).  O valor citado pelos DEFENSORES foi apenas o restante da última parcela (setembro) o que normalmente acontece. Para não ficar nenhuma dúvida sobre o valor mensal, vamos fazer umas continhas. Se pegarmos o repasse de Setembro de R$ – 95.966,17 (Noventa e cinco mil, novecentos e sessenta e seis reais e dezessete centavos) e somármos ao restante repassado em Outubro R$ – 22.152,93 (Vinte e dois mil, cento e cinquenta e dois reais e noventa e três centavos) chegaremos ao total do último repasse que é de: R$ – 118.119,10 (Cento e dezoito mim,cento e dezenove reais e dez centavos), se dividirmos por quatro (Mêses) teremos os valores de cada mês que é de: R$ – 28.779,77 (Vinte e oito mil, setecentos e setenta e nove reais e setenta e sete centavos) Levando-se em conta o que disseram os DEFENSORES da Secretária que a folha é de R$ 27 mil reais, perguntamos: O que estão fazendo com os quase mil e oitocentos reais que estão sobrando? Por último fica o meu pedido aos DEFENSORES, por favor se interem dos fatos e procurem uma calculadora, se é que sabem usála.

Acima as informações sobre os repasses colhidas no site do Ministério da Saúde. Qulaquer dúvida CLIQUE NO LINK abaixo e confira:
http://www.fns.saude.gov.br/visualizarFundoaFundo.asp?tc=faf&NU_CGC_ENTIDADE=11379508000169


O blog tem recebido diversas reclamações de fornecedores que estão sem receber por aquilo que venderam para a Prefeitura Municipal de Presidente Dutra. A choradeira é geral e não conseguem falar com ninguém. “Quem deveria dar uma explicação ou até mesmo uma esperança seria a prefeita Irene Soares, mas não conseguimos nem vê-la na cidade”, afirma um comerciante local. Outra prova disso, é o caso da tão maltratada Guarda Municipal pela atual administração. Outro dia os guardas foram requisitados a permanecerem à frente de algumas escolas e acompanhar a marcha para Jesus, não se deslocaram porque o veículo alugado para o transporte da guarnição estava sem combustível e não foi abastecido porque o dono do posto se recusou vender o produto por causa do débito enorme da prefeitura com o seu estabelecimento. Outra prova é o caso dos Servidores do Programa de Endemias que foram ao extremo para conseguir receber seus salários, só para citar alguns dos diversos casos. Clique abaixo e ouça o melo dos fornecedores e funcionários da prefeitura.


No dia dez deste mês a direção do Hospital Biné Soares recebeu a visita de técnicos do Ministério da Saúde. De posse de uma farta documentação, os auditores, Maria Flora Corrêa Costa, Lucia Maria Sayde de Azevedo Tavares e José Ricardo Ferreira Campos quiseram saber de Rosana Alves Soares Campos e Agripino Gomes Campos Neto, Diretora Administrativa e Diretor Clínico respectivamente do Hospital, informações sobre consultas para diagnóstico de glaucoma registradas no Sistema de Informação Ambulatorial – SIA/MS como produção do Hospital Biné Soares a partir de Abril de 2010. Surpresos, Rosana e Agripino negaram veementemente a existência de tal procedimento. “Perguntado, Agripino respondeu: QUE NÃO tinha conhecimento que seu nome e Cartão Nacional de Saúde – CNS constavam no Sistema de Informação – SIA, com o CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) de Médico Oftalmologista com produção de procedimentos de consultas para diagnostico de glaucoma no Hospital Biné Soares no período de Abril de 2010 a Março de 2011, QUE POSSUI habilitação e desenvolve atividades de médico anestesiologista no Biné soares e no Socorrão”, declarou Agripino aos auditores. Ou seja; de acordo com o que foi informado pela Secretaria Municipal de Saúde de Presidente Dutra – SEMS, as consultas para diagnóstico de glaucoma teriam sido feitas pelo “MÉDICO OFTALMOLOGISTA AGRIPINO GOMES CAMPOS NETO” que na verdade é Médico Anestesiologista há dezoito anos e nunca consultou a vista de nenhum paciente. Em seu depoimento, “Rosana Campos respondeu: QUE o Hospital não possui consultório ambulatorial e hospitalar conveniado com SUS e não dispõe de consultório e equipamentos para esse tipo de atendimento”. Agripino Gomes informou ao blog que tomou conhecimento de um repasse feito pela Secretaria Municipal de Saúde no valor de R$ 500.000,00 (Quinhentos mil reais) em quatro parcelas para realização dos tais procedimentos, só que o hospital nunca recebeu esse dinheiro. “O caso é grave e com sérios indícios de desvio de recursos e precisa ser apurado também pelo Ministério Público”, completou Agripino. Em conversa com este blogueiro, o Dr. Agripino disse que ficou muito irritado com a utilização indevida do seu nome e da instituição hospitalar que dirige ao ponto de entrar na justiça contra a prefeitura e a SEMS. Só ainda não fez porque não conseguiu registrar um BO – Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia local apesar de quatro tentativas. Confira abaixo os TERMOS DE DECLARAÇÃO assinados por Rosana Alves Soares Campos e Agripino Gomes Campos Neto.


Os municípios de Tuntm de Presidente Dutra foram destaques no programa Profissão Repórter da Rede Globo na noite desta Terça-Feira 15/11. Confira nas duas reportagens abaixo do repórter Caio Cavechinni
 


O fato aconteceu semana passada, mas vale o registro
 
O servidor do setor de endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Presidente Dutra Anselmo Duarte Pereira, mais conhecido como Anselmo do Bar, por pouco não se atraca com o marido da Secretária Municipal de Saúde José da Cruz Filho não fosse a intervenção da turam do “deixa-disso”. A discussão entre os dois foi presenciada por várias pessoas em frente a agência da caixa econômica federal na última segunda-feira 07/11. Cruzim abordou Anselmo querendo saber por que ele tinha “esculhambado” sua esposa no prédio da secretaria. Anselmo estava chateado por terem descontado os dias que ele e alguns companheiros ficaram em greve por atraso no pagamente dos seus salários. O bate-boca esquentou e o tempo fechou com palavrões dos dois lados. Cruzim disse que se ele continuasse a falar mal de Teresinha Cruz iria ser processado. Anselmo perguntou então porque ele (Cuzim), seus dois filhos e a própria mulher recebiam da secretaria sem trabalhar e foi mais duro chamando Cruz Filho de “vagabundo” e “rato de prefeitura” desde a época da administração do ex-prefeito Remy Soares. Foi neste momento com dedo em riste apontado para a cara de Anselmo que ele teria lhe dito: “Vou te processar! Tome cuidado pra não aparecer com a boca cheia de formiga”. Amigos de Cruzim que presenciaram a cena disseram “que não foi ameaça, foi apenas força de expressão de quem estava com a honra sendo ofendida”.
Entenda o caso
Depois de alguns meses de salários atrasados, Anselmo Duarte e alguns colegas seus de trabalho resolveram protestar ficando uma semana sem comparecer o trabalho. A Secretária de Saúde mandou cortar o ponto de todos, o que irritou os grevistas. De acordo com Anselmo o atraso dos salários não tem razão de ser, porque o Ministério da Saúde faz o repasse dos recursos antecipado e os servidores recebem só com atraso depois que fazem um “arranjo” utilizando recursos de outros convênios para pagar o salário: “Num desses meses, o nosso pagamento foi feito com o dinheiro da Zoonose (Programa de Vacinação Antia-rábica)”, afirmou Anselmo.
Panfletagem
Anselmo Duarte elaborou uma lista com todas as mazelas que, segundo ele vem acontecendo nos porões da Secretaria Municipal de Saúde. Entregou uma cópia para Cruz Filho e outra para Teresina Mota Cruz estipulando prazo de oito dias para a normalização dos salários do pagamento de todos os funcionários do Programa de Endemias que terminou nesta terça: “Quarta-Feira (16/11) vamos à secretaria e se o problema não tiver sido resolvido vamos direto xerocar a lista e panfletar a cidade inteira”, disse. Ao saber da possível panfletagem, o marido da Secretária José da Cruz Filho procurou um irmão de Anselmo e pediu ajuda para “brecar” a divulgação da lista. Em vão. Todos os detalhes você confere no Portal Noticias da Portal FM desta quarta.


Ao contrário do que vem se comentando em todos os meios de comunicação, a pré-candidatura do Gestor Regional de Educação Biné Soares (PTB) não passa de um balão de ensaio. Pelo menos foi isso que ficou comprovado durante a comemoração do aniversário da prefeita Irene Soares (PRB – Foto) que aconteceu neste último final de semana. Um olheiro do blog presente à festança apurou o seguinte; lá pelas tantas, com todos muito “alegres”, inventaram de discursar, porque político é “bicho” que gosta de discursar, não acham? Isso acontece até mesmo durante uma festa de aniversário. Logo após a fala de Remyzinho, o “mestre de cerimônias” e Secretário de Infraestrutura nas horas vagas Messias Moraes anunciou, o nome de Biné que em seu discurso reafirmou sua pré-candidatura: “Sou pré-candidato a prefeito, mas tem o nome do empresário Raimundinho da Audiolar (PTB) e da Priscylla Sá (PT do B) que correm por fora podendo também serem candidatos”. Empolgado, Messias se apossou do microfone e disparou esta antes de anunciar o nome da prefeita: “O Biné é o nosso candidato a prefeito”. Foi quando a prefeita de Presidente Dutra e aniversariante do dia Irene Soares deu um “pito” no seu secretário de Obras e saiu com esta pérola: “Nós ainda não temos nenhum candidato a prefeito, somente a partir de janeiro é vamos reunir o nosso grupo político para falarmos sobre o assunto”. E agora Biné?