Por esta a prefeita Irene Soares e alguns de seus Secretários não esperavam. Fonte muito ligada ao blogue informa que o minicípio foi sorteado e em breve vai receber a visita de autitores da CGU – Controladoria Geral da União que irão fazer uma devassa nas prestações de contas da prefeitura relativas à verbas federais. O sinal amarelo já foi aceso nos corredores da prefeitura e tanto a prefeita, quanto seus assessores estão de cabelo em pé. Vale lembrar que foi depois de um auditagem da CGU que o ex-prefeito de Tuntum Cleomar Tema foi preso, algemado e passou uma noite no “xilindró”. E de Rondônia vem mais uma notícia envolvendo desvio de recursos do SUS (leia post abaixo). O presidente da Assembléia do Estado Valter Araújo (PTB) e o Secretário-adjunto de Saúde do Estado José Batista da Silva foram presos hoje pela manhã pela Polícia Feceral durante a Operação Termópilas acusados de desvios de recursos da Saúde. A ação contou com apoio da Controladoria Geral da União (CGU), da Força Aérea Brasileira e do Exército. Os investigados na operação serão autuados pelos crimes de extorsão, formação de quadrilha ou bando, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, advocacia administrava, violação de sigilo funcional, tráfico de influência e corrupção ativa, de acordo com o Código Penal Brasileiro, Lei de Licitações e Contratos Públicos e na Lei de Lavagem de Dinheiro. Portanto, quem fez alguma coisa errada nesta administração  se prepare, porque “o couro vai comer”.


Presidente da Assembleia Legislativa, Valter Araújo, foi preso nesta sexta.
Secretário-adjunto de Saúde, José Batista Silva, também está preso.

Do Globo.com

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público do Estado (MPE) de Rondônia realizam, nesta sexta-feira (18), a Operação Termópilas, com o objetivo de prender uma quadrilha que teria desviado verbas públicas do Sistema Único de Saúde (SUS) e fraudava licitações públicas. A ação conta com apoio da Controladoria Geral da União (CGU), da Força Aérea Brasileira e do Exército.

Segundo a PF, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Valter Araújo (PTB), foi preso nas primeiras horas desta sexta-feira. A PF informou ainda que também foi preso o secretário-adjunto da Saúde, José Batista da Silva.

A assessoria de imprensa da Assembleia confirmou a prisão do deputado, mas disse que a operação da PF ainda está em andamento e que não se pronunciaria sobre o caso. Ainda segundo ela, a ação policial não interrompeu o funcionário da casa. O chefe de gabinete do deputado Valter Araújo, Gilson Ferreira, não retornou as ligações para comentar o caso.

O Departamento de Comunicação do governo de Rondônia confirmou a prisão do secretário-adjunto da Saúde. Sobre as investigações nas secretarias de estado, o departamento informou que o governador Confúcio Aires Moura vai se pronunciar por meio de nota oficial.

Segundo a PF, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Valter Araújo (PTB), foi preso nas primeiras horas desta sexta-feira. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Segundo a PF, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Valter Araújo (PTB), foi preso nas primeiras horas desta sexta-feira. (Foto: Reprodução/TV Globo)

A operação
O Tribunal de Justiça de Rondônia expediu 57 mandados de busca e apreensão, dez de prisão preventiva e outros quatro de prisão temporária. As equipes também têm em mãos ordens de sequestros de bens e valores, além da suspensão do exercício da função pública e proibição de acessos a documentos apreendidos.

Os mandados estão sendo cumpridos em Porto Velho, Itapoã do Oeste, Ji-Paraná, Ariquemes, Nova Mamoré e Rolim de Moura. Os policiais fazem buscas em residências, fazendas e empresas dos envolvidos e também em órgãos públicos estaduais.

Segundo a PF, a investigação começou há cerca de um ano e meio para identificar e coletar provas  sobre um grupo que atuava na Secretaria de Estado de Saúde de Rondônia (Sesau) e que tinha sido montado para desviar verbas do SUS, em conjunto com empresários locais.

Ainda de acordo com a PF, a investigação descobriu que a participação de parlamentar estadual nos crimes, o que fez com que a apuração fosse deslocada para o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, em razão da prerrogativa de foro privilegiado do deputado.

O MPE solicitou autorização do Ministro da Justiça para que a PF permanecesse no comando do caso.

A fraude
De acordo com a apuração da PF, o grupo agia sob a liderança do presidente da Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia e praticava crimes em secretarias estaduais, principalmente na da Saúde, de Justiça e no Detran para favorecer empresas prestadoras de serviço e de alimentação em Porto Velho.

Ainda segundo a PF, o esquema consistia no loteamento de licitações e contratos de prestação de serviços junto à administração pública estadual, mediante corrupção e tráfico de influência.

Os investigados na operaçãoserão autuados pelos crimes de extorsão, formação de quadrilha ou bando, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, advocacia administrava, violação de sigilo funcional, tráfico de influência e corrupção ativa, de acordo com o Código Penal Brasileiro, Lei de Licitações e Contratos Públicos e na Lei de Lavagem de Dinheiro.


Denfensores da Secretária Municipal de Saúde de Presidente Dutra
 
Comentário Enviado em 17/11/2011 as 18:59
 
Se faz necessário citar que os agentes de endêmias nunca estiveram em greve e, que as referidas faltas relacionadas a seguir são relativas à ausência ao trabalho.As faltas dos servidores das Endemias Srs. Clemilton R. Silva (20 faltas), Randy R. da Silva (15 faltas), Anselmo P. Duarte (15 faltas), Wellinton P. do Espírito Santo (15 faltas), Teones M. Lima (10 faltas), Antônio C. Figueiredo (5 faltas), José Horlando de mâcedo ( 5 faltas), Fabiano Rodrigues de Moraes (10 faltas), Valdecir A. da Silva ( 5 faltas), foram repassadas pelo seu Coordenador de Campo Sr. Manoel Lopes da Silva à Secretária Municipal de Saúde, sendo considerado pela mesma apenas 50 % do total que foram apresentadas. Mesmo assim, o Sr. Anselmo P. Duarte dirigiu-se ao prédio da Secretaria Municipal de Saúde, diante de vários presentes, ofendendo a pessoa da Secretária de Saúde, se fazendo valer de palavras de baixo calão que tentava denegrir sua imagem. Diante do exposto, seu marido, encontrou- se com ele por acaso e pediu explicações sobre o fato. Quanto ao salário atrasado, pedimos que o Sr. Adonias Soares se intere da verdade dos fatos para então publicá-los, uma vez que da mesma forma, o repasse do Governo Federal referente as Endemias está disponível à qualquer cidadão para consulta no site do Ministério da Saúde. Ainda esclarecemos que o repasse dos agentes de endêmias é de R$ 22.152,93 e o total da folha de pagamento dos mesmos chega a R$ 27.000,00, uma vez que a Prefeitura Municipal paga insalubridade e gratificação. Documentos que comprovam tal situação estão disponíveis no Departamento pessoal da Prefeitura.
 
Nota do Blog
Só foi publicado aqui o que foi repassado pelos grevistas. Porque a Secretária não procurou resolver a questão antes que os servidores chegassem ao extremo da paralização? E porque ela se utiliza desse expediente medíocre de mandar um grupo de DEFENSORES fazer o que ela deveria fazer, que é procurar os meios de comunicação pra dar explicações à opinião pública? Pode ser na TV da prefeitura. E tem mais: O pessoal da Scretaria Municipal de Saúde não passou as informações corretas para aqueles que se intulam DEFENSORES da Secretária para comentar aqui. Em um ponto o comentário faltou com a verdade quando diz “que o repasse dos agentes de endêmias é de R$ 22.152,93 e o total da folha de pagamento dos mesmos chega a R$ 27.000,00”, Aqui tentam fazer o internauta acreditar que a prefeita coloca recursos extras para complementar o salario dos endemistas, o que é uma grande mentira. Vamos aos fatos: Os repasses são feitos três vezes por ano, Janeiro, (Para pagar Jan., Fev., Mar. e Abr) Maio (Para pagar Mai., Jun., Jul. e Ago.) e Setembro (Para pagar Set., Out., Nov. e Dez).  O valor citado pelos DEFENSORES foi apenas o restante da última parcela (setembro) o que normalmente acontece. Para não ficar nenhuma dúvida sobre o valor mensal, vamos fazer umas continhas. Se pegarmos o repasse de Setembro de R$ – 95.966,17 (Noventa e cinco mil, novecentos e sessenta e seis reais e dezessete centavos) e somármos ao restante repassado em Outubro R$ – 22.152,93 (Vinte e dois mil, cento e cinquenta e dois reais e noventa e três centavos) chegaremos ao total do último repasse que é de: R$ – 118.119,10 (Cento e dezoito mim,cento e dezenove reais e dez centavos), se dividirmos por quatro (Mêses) teremos os valores de cada mês que é de: R$ – 28.779,77 (Vinte e oito mil, setecentos e setenta e nove reais e setenta e sete centavos) Levando-se em conta o que disseram os DEFENSORES da Secretária que a folha é de R$ 27 mil reais, perguntamos: O que estão fazendo com os quase mil e oitocentos reais que estão sobrando? Por último fica o meu pedido aos DEFENSORES, por favor se interem dos fatos e procurem uma calculadora, se é que sabem usála.

Acima as informações sobre os repasses colhidas no site do Ministério da Saúde. Qulaquer dúvida CLIQUE NO LINK abaixo e confira:
http://www.fns.saude.gov.br/visualizarFundoaFundo.asp?tc=faf&NU_CGC_ENTIDADE=11379508000169


O blog tem recebido diversas reclamações de fornecedores que estão sem receber por aquilo que venderam para a Prefeitura Municipal de Presidente Dutra. A choradeira é geral e não conseguem falar com ninguém. “Quem deveria dar uma explicação ou até mesmo uma esperança seria a prefeita Irene Soares, mas não conseguimos nem vê-la na cidade”, afirma um comerciante local. Outra prova disso, é o caso da tão maltratada Guarda Municipal pela atual administração. Outro dia os guardas foram requisitados a permanecerem à frente de algumas escolas e acompanhar a marcha para Jesus, não se deslocaram porque o veículo alugado para o transporte da guarnição estava sem combustível e não foi abastecido porque o dono do posto se recusou vender o produto por causa do débito enorme da prefeitura com o seu estabelecimento. Outra prova é o caso dos Servidores do Programa de Endemias que foram ao extremo para conseguir receber seus salários, só para citar alguns dos diversos casos. Clique abaixo e ouça o melo dos fornecedores e funcionários da prefeitura.


No dia dez deste mês a direção do Hospital Biné Soares recebeu a visita de técnicos do Ministério da Saúde. De posse de uma farta documentação, os auditores, Maria Flora Corrêa Costa, Lucia Maria Sayde de Azevedo Tavares e José Ricardo Ferreira Campos quiseram saber de Rosana Alves Soares Campos e Agripino Gomes Campos Neto, Diretora Administrativa e Diretor Clínico respectivamente do Hospital, informações sobre consultas para diagnóstico de glaucoma registradas no Sistema de Informação Ambulatorial – SIA/MS como produção do Hospital Biné Soares a partir de Abril de 2010. Surpresos, Rosana e Agripino negaram veementemente a existência de tal procedimento. “Perguntado, Agripino respondeu: QUE NÃO tinha conhecimento que seu nome e Cartão Nacional de Saúde – CNS constavam no Sistema de Informação – SIA, com o CBO (Classificação Brasileira de Ocupações) de Médico Oftalmologista com produção de procedimentos de consultas para diagnostico de glaucoma no Hospital Biné Soares no período de Abril de 2010 a Março de 2011, QUE POSSUI habilitação e desenvolve atividades de médico anestesiologista no Biné soares e no Socorrão”, declarou Agripino aos auditores. Ou seja; de acordo com o que foi informado pela Secretaria Municipal de Saúde de Presidente Dutra – SEMS, as consultas para diagnóstico de glaucoma teriam sido feitas pelo “MÉDICO OFTALMOLOGISTA AGRIPINO GOMES CAMPOS NETO” que na verdade é Médico Anestesiologista há dezoito anos e nunca consultou a vista de nenhum paciente. Em seu depoimento, “Rosana Campos respondeu: QUE o Hospital não possui consultório ambulatorial e hospitalar conveniado com SUS e não dispõe de consultório e equipamentos para esse tipo de atendimento”. Agripino Gomes informou ao blog que tomou conhecimento de um repasse feito pela Secretaria Municipal de Saúde no valor de R$ 500.000,00 (Quinhentos mil reais) em quatro parcelas para realização dos tais procedimentos, só que o hospital nunca recebeu esse dinheiro. “O caso é grave e com sérios indícios de desvio de recursos e precisa ser apurado também pelo Ministério Público”, completou Agripino. Em conversa com este blogueiro, o Dr. Agripino disse que ficou muito irritado com a utilização indevida do seu nome e da instituição hospitalar que dirige ao ponto de entrar na justiça contra a prefeitura e a SEMS. Só ainda não fez porque não conseguiu registrar um BO – Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia local apesar de quatro tentativas. Confira abaixo os TERMOS DE DECLARAÇÃO assinados por Rosana Alves Soares Campos e Agripino Gomes Campos Neto.


Os municípios de Tuntm de Presidente Dutra foram destaques no programa Profissão Repórter da Rede Globo na noite desta Terça-Feira 15/11. Confira nas duas reportagens abaixo do repórter Caio Cavechinni
 


O fato aconteceu semana passada, mas vale o registro
 
O servidor do setor de endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Presidente Dutra Anselmo Duarte Pereira, mais conhecido como Anselmo do Bar, por pouco não se atraca com o marido da Secretária Municipal de Saúde José da Cruz Filho não fosse a intervenção da turam do “deixa-disso”. A discussão entre os dois foi presenciada por várias pessoas em frente a agência da caixa econômica federal na última segunda-feira 07/11. Cruzim abordou Anselmo querendo saber por que ele tinha “esculhambado” sua esposa no prédio da secretaria. Anselmo estava chateado por terem descontado os dias que ele e alguns companheiros ficaram em greve por atraso no pagamente dos seus salários. O bate-boca esquentou e o tempo fechou com palavrões dos dois lados. Cruzim disse que se ele continuasse a falar mal de Teresinha Cruz iria ser processado. Anselmo perguntou então porque ele (Cuzim), seus dois filhos e a própria mulher recebiam da secretaria sem trabalhar e foi mais duro chamando Cruz Filho de “vagabundo” e “rato de prefeitura” desde a época da administração do ex-prefeito Remy Soares. Foi neste momento com dedo em riste apontado para a cara de Anselmo que ele teria lhe dito: “Vou te processar! Tome cuidado pra não aparecer com a boca cheia de formiga”. Amigos de Cruzim que presenciaram a cena disseram “que não foi ameaça, foi apenas força de expressão de quem estava com a honra sendo ofendida”.
Entenda o caso
Depois de alguns meses de salários atrasados, Anselmo Duarte e alguns colegas seus de trabalho resolveram protestar ficando uma semana sem comparecer o trabalho. A Secretária de Saúde mandou cortar o ponto de todos, o que irritou os grevistas. De acordo com Anselmo o atraso dos salários não tem razão de ser, porque o Ministério da Saúde faz o repasse dos recursos antecipado e os servidores recebem só com atraso depois que fazem um “arranjo” utilizando recursos de outros convênios para pagar o salário: “Num desses meses, o nosso pagamento foi feito com o dinheiro da Zoonose (Programa de Vacinação Antia-rábica)”, afirmou Anselmo.
Panfletagem
Anselmo Duarte elaborou uma lista com todas as mazelas que, segundo ele vem acontecendo nos porões da Secretaria Municipal de Saúde. Entregou uma cópia para Cruz Filho e outra para Teresina Mota Cruz estipulando prazo de oito dias para a normalização dos salários do pagamento de todos os funcionários do Programa de Endemias que terminou nesta terça: “Quarta-Feira (16/11) vamos à secretaria e se o problema não tiver sido resolvido vamos direto xerocar a lista e panfletar a cidade inteira”, disse. Ao saber da possível panfletagem, o marido da Secretária José da Cruz Filho procurou um irmão de Anselmo e pediu ajuda para “brecar” a divulgação da lista. Em vão. Todos os detalhes você confere no Portal Noticias da Portal FM desta quarta.


Ao contrário do que vem se comentando em todos os meios de comunicação, a pré-candidatura do Gestor Regional de Educação Biné Soares (PTB) não passa de um balão de ensaio. Pelo menos foi isso que ficou comprovado durante a comemoração do aniversário da prefeita Irene Soares (PRB – Foto) que aconteceu neste último final de semana. Um olheiro do blog presente à festança apurou o seguinte; lá pelas tantas, com todos muito “alegres”, inventaram de discursar, porque político é “bicho” que gosta de discursar, não acham? Isso acontece até mesmo durante uma festa de aniversário. Logo após a fala de Remyzinho, o “mestre de cerimônias” e Secretário de Infraestrutura nas horas vagas Messias Moraes anunciou, o nome de Biné que em seu discurso reafirmou sua pré-candidatura: “Sou pré-candidato a prefeito, mas tem o nome do empresário Raimundinho da Audiolar (PTB) e da Priscylla Sá (PT do B) que correm por fora podendo também serem candidatos”. Empolgado, Messias se apossou do microfone e disparou esta antes de anunciar o nome da prefeita: “O Biné é o nosso candidato a prefeito”. Foi quando a prefeita de Presidente Dutra e aniversariante do dia Irene Soares deu um “pito” no seu secretário de Obras e saiu com esta pérola: “Nós ainda não temos nenhum candidato a prefeito, somente a partir de janeiro é vamos reunir o nosso grupo político para falarmos sobre o assunto”. E agora Biné?


O Vice-Prefeito de Presidente Dutra José Nunes Martins, mais uma vez reafirmou ao blog a candidatura do seu filho vereador Aristeu Nunes (PDT). Zezão, “espera que a prefeita Irene Soares cumpra com o compromisso que assumiu com ele: o de apresentar como candidato do grupo aquele que aparecer melhor colocado nas pesquisas” afirmou. Literalmente ele não acredita que a pré-candidatura de Biné Soares (PTB) decole. Zezão se disse tranqüilo e consciente da decisão que tomou juntamente com seus familiares, a de manter a candidatura Aristeu Nunes, “Há trinta anos venho sendo fiel ao grupo criado pelo nosso saudoso Remy Soares e acho que está na hora de me devolverem este ato de fidelidade, completou Zezão. Neste ponto José Nunes tem toda razão. Nenhum político foi tão fiel ao seu grupo como ele. Basta ver alguns que hoje rodeiam a prefeita. A maioria já rodou por todos os lados. Vou citar apenas os mais próximos à prefeita: Lindomar Lucena: foi eleito prefeito por Valeriano Américo, vice de Jurandy Carvalho, hoje está com Irene. Jarbas Araújo: Vereador eleito no grupo Jurandy, novamente vereador com o Dr. Joaquim e agora está com Irene. Vereador Paizim: Primeiro participou da administração Joaquim Figueiredo, depois foi candidato a vereador com Fernando Sá e eleito somente com a força financeira e política de Irene. Vereador Dionízio Oliveira Pinto: Eleito por Remy Soares em 1982, esteve muito próximo do Dr. Joaquim quando se elegeu presidente da Câmara por dois mandatos, integrou o grupo de Fernando Sá quando este foi candidato a prefeito em 2004 e ainda tinha um pequeno grupo. Depois de muito falar mal de Irene Soares voltou para seus braços. Conclusão: Ninguém foi tão fiel ao seu grupo quanto José Nunes Martins e nenhum dos citados acima têm moral política para questionar e nem falar do quesito fidelidade.


Uma bomba de alto teor explosivo estaria prestes a explodir numa Secretaria Municipal da administração Irene Soares. Uma fonte de dentro da prefeitura confidenciou ao blog a existência de um suposto rombo sem precedentes na história administrativa do município praticado por uma só pessoa. Algo em torno de TRÊS MILHÕES E MEIO de reais. O caso envolveria a alta cúpula de uma certa Secretaria e funcionários de um Banco Estatal Local supostamente coniventes com o pagamento de vários cheques assinados somente pelo titular da pasta sem o conhecimento e sem a assinatura obrigatória da prefeita. Ao descobrir o rombo depois da visita de técnicos do Ministério responsável pela liberação dos recursos, Irene Soares teria ficado uma “arara” com a situação. Ao procurar um assessor graduado de sua administração para se aconselhar, a prefeita teria ouvido o seguinte: “Existem duas opções, ou a senhora “chuta o pau da barraca” demitindo todos os envolvidos na secretaria e denunciando os funcionários do banco ou “abafa o caso”. Segundo essa mesma fonte, Irene Soares preferiu a segunda opção. Pelo menos até o momento.


São comentários como este, que me dão forças diariamente para continuar com mais energia para continuar escrevendo, divulgando e combatendo os abusos praticados por gestores irresponsáveis que ao invés de aplicar o dinheiro do povo correntamente, praticam todo tipo de atrocidades. Obrigado a Dayse e a todos os internautas que nos visitam.


Existe algo por trás da luta desesperada que o candidato dois em um, trava consigo mesmo que a maioria da população na sabe: a estagnação de sua pré-candidatura. Alçado à condição de candidato do coração da “titia” (Irene) e do “vovô” (Salomão), há quase um ano, Biné, apesar de todos os espaços que utiliza, tá igual jumento no atoleiro; emperrado sem avançar um milímetro. E olha que o “cabra” tem se esforçado muito. Aparece quase que diariamente no canal de TV (Rio Flores) da prefeitura prometendo resolver tudo. Como gestor regional de educação se reúne com professores, supervisores, Deus e todo mundo. Na função de Secretário de Finanças da Prefeitura de Presidente Dutra tenta arrancar a simpatia de servidores públicos municipais. Até outdoor com sua foto espalhou pela cidade.

Mas é o Facebook o seu espaço preferido, onde aparece com maior freqüência divulgando seu dia a dia. Nas informações que divulga na rede social deixa sempre a entender entre linhas, ser ele o responsável por tudo que esta chegando ao município neste período pré-eleitoral. Por exemplo. Na última postagem que fez em sua pagina (confira acima), Biné mais uma vez tenta empurrar goela abaixo da população, ser o autor da vinda do IFMA para a região, quando na verdade ele só foi a Brasília participar do ato de implantação, porque a prefeita Irene Soares não quis comparecer na solenidade. Na mesma postagem ele dispara: Outra notícia boa: agora, dia 21 de novembro, ocorrerá a licitação para a contratação de empresa que irá perfurar 2 poços visando a melhora na qualidade da nossa água, principalmente a do centro da cidade”. Perfeito. Biné só esqueceu foi de dizer que os dois poços artesianos serão perfurados pela CAEMA que foi obrigada pelo Ministério Público a resolver parte do problema d’água no centro da cidade, fato divulgado pelo Gerente da Unidade da empresa Erione Campelo em entrevista ao Portal Notícias da Rádio Portal FM. São fatos como este que fazem a população ficar de orelha em pé com estes “Santos Milagreiros” que só aparecem neste período de romaria eleitoreira. Perguntar não ofende. Onde Biné Soares estava mesmo durante esses últimos cinco anos da administração Irene Soares?


A bela jogadora de Vôlei Sabrina de Cássia Arruda (foto) natural de Barra do Corda vem fazendo bonito nas Olimpíadas Universitárias que estão sendo realizadas na cidade de Campinas São Paulo jogando pela equipe de voleibol da Faculdade Pitágoras de São Luis. No primeiro jogo Sabrina e sua equipe estrearam com vitória e nesta quarta-feira derrotaram a UEPA-PA por 3 sets a 0 com parcial de 25/13, 25/15 e 25/11. Invicta na primeira fase e sem perder nenhum set, a equipe de Sabrina vai enfrentar na semi final o vencedor do jogo entre Rio e Mato Grosso do Sul.


O Espaço Cultural MÃO NO COURO tem como objetivo promover, divulgar e difundir a cultura Afro Latino Maranhense com o melhor do reggae roots, afro-pop, black music,cultura hip hop, mpb, samba, salsa, merengue,o legítimo pé-de-serra, tambor de crioula e muito mais… Serão desenvolvidas atividades sócio-culturais e educacionais, junto à comunidade como exposições, espetáculos, oficinas e projetos que buscam a construção de culturas coletivas. Idealizadores: Augusto Nassa, Diego Negão e Moisés Dias, ambos músicos e educadores sócias. A bagagem artística desse trilho está marcada por várias experiências e participações: Alunos da escola de música do estado; instrutores de percussão e instrumentos de corda; integrantes do bloco e banda akomabu; banda guetos, fundadores do bloco afro os filhos do akomabu; participação no festival internacional de música e dança afro marakambô, na guiana francesa; participação no 1° festival internacional de música de São Luis-MA (2002);participação no lançamento do projeto “a cor da cultura” da seppir (secretaria especial de políticas de promoção da igualdade racial) em Brasilía- DF (2004); participação na macha zumbi+ 10, em Brasilia-DF (2005);participação na assinatura do convênio do programa Petrobrás fome zero (governo federal) na sede da empresa no Rio de Janeiro-RJ; participação na 1° conferência internacional de responsabilidade social em São Paulo-SP (2007); participação nos cd’s “pérolas negras”, “periafricania: da capoeira ao hip hop”, procissão quilombola em busca da paz do ccn-ma e carnaval de todas as tribos da funcma. 1º conferência internacional de responsabilidade social em São Paulo-sp em junho/2007; PEADS e outros. O Espaço Cultural Mão no Couro inaugura em grande estilo com a I NOITE DO AFRO REGGAE SAMBA no dia 11 de novembro de 2011 às 21hs com as seguintes atrações: Paulinho Akomabu, Tadeu de Obatalá, Célia Sampaio, Sindicato de Valdinar, Serrinha e o grupo Raça Brasileira, Banda Capital Roots. Continuando a programação de inauguração, no dia 13 de novembro, domingo haverá o encontro de colecionadores de reggae com os grupos, Reggae Boys e Raça Roots discotecando do reggae de raiz.

 


Lançada nesta segunda-feira 31/10 pelo PTB – Partido Trabalhista Brasileiro a pré-candidatura do bancário Oliveira Florentino (Foto) à Prefeitura de Barra do Corda e de cara ganhou importantes apoios políticos como o da Presidente da Câmara Municipal Nilda Barbalho, do empresário Pedro Teles de Sousa, de alguns vereadores e de muitos amigos. Funcionário de carreira da Caixa Econômica Federal e especialista na área financeira pública e privada, Oliveira é um técnico admirado por sua capacidade, simplicidade e honestidade e respeitado por toda população barracordense. Oliveira, na minha opinião, é um nome que poderá acabar com pequenos focos de divergência dentro do grupo político liderado pelo prefeito Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim.

Outras candidaturas

Com o impedimento da candidatura da vereadora Nilda Barbalho pela legislação eleitoral, surgiu o nome do pecuarista Arean Barbalho, irmão de Nilda, cuja candidatura nasceu morta depois de consultarem especialistas na área eleitoral. Só então foi divulgado o nome de Oliveira Florentino que já estava sendo preparado há vários meses. No meio do embate, o prefeito Nenzim lançou a candidatura do Sargento Militar Aderoldo e vinha trabalhando seu nome junto a algumas lideranças estaduais, chegando inclusive a apresentá-lo ao Ministro Edson Lobão de Minas e Energia como pré-candidato de sua preferência. Com a entrada de Oliveira Florentino no páreo a coisa muda de figura, porque seu nome é bem visto até mesmo por uma boa parte da oposição. Para alguns amigos, a consolidação da candidatura de Oliveira é somente uma questão de tempo.