Os moradores da Travessa do Cajueiro ao lado da Cohab não sabem mais a quem recorrer para que o acesso à rua seja resolvido. No meio da travessa existe um enorme buraco e ninguém da Prefeitura aparece para resolver o problema, apesar dos moradores já terem ido diversas vezes reclamar da péssima situação em que vivem. O acúmulo de água e detritos de esgoto e uma fedentina insuportável vêm tirando o sono de quem mora nas proximidades e colocando em risco a saúde das crianças. Na mesma Travessa mora Iomar Lucena, irmão do Presidente da Câmara Municipal de Presidente Dutra Itamar Lucena. Ele utiliza uma outra via de acesso para chegar até sua casa e faz de conta que está tudo às mil maravilhas. “O Secretário de Obras do Município Messias Moraes e o engenheiro da prefeitura Maurício Rodrigues Leal prometeram resolver nossa situação várias vezes e nunca apareceram por aqui”, afirma um morador. O empresário Gil tem uma oficina de lanternagem próximo ao buraco e disse que não conta as vezes que foi na prefeitura. No vídeo abaixo ele afirma que já gastou mais de mil e quinhentos com piçarra para sua oficina não ficar isolada e sem acesso. Na última chuva a travessa ficou completamente alagada e ele teve que contratar e pagar do próprio bolso uma retro-escavadeira que abriu uma vala para o escoamento da água. “A TV da prefeitura veio fazer uma reportagem, mas só contaram o que a prefeita queria ouvir. A mãe de dona Irene disse que a culpa é de quem vendeu os terrenos”, afirmou Gil. Confira o vídeo abaixo.


Na postagem que fez em seu facebook hoje 12/01, o ainda pré-candidato Biné Soares fez um desabafo que causou surpresa e muita gente não sabe o que está acontecendo. Confira na imagem abaixo.

Quais seriam os motivos deste desabafo de Biné? É o que muita gente que saber. Minhas fontes já estão em campo apurando tudo. Aguarde.


Ao contrário do que pensam seus adversários, o Gestor Regional de Educação do Estado Biné Soares (PTB), que aparece na foto ao lado do Ministro da Educação Fernando Hadad, continua pré-candidato à Prefeitura de Presidente Dutra. A afirmação foi feita pelo próprio Biné em resposta a email enviado por este blogueiro, “informo-lhe que a cada dia fico mais e mais entusiasmado com a aceitação da população presidutrense em torno do nome Biné Soares. Desprendido de qualquer vaidade ou sentimento próximo, vejo que as pessoas de Presidente Dutra reconhecem o trabalho que desenvolvi frente à Secretaria de Administração do Município, entre os anos de 2005 e 2008, quando pude dar cara nova a esta cidade, honrando compromissos, dialogando com os vários setores da sociedade e desenvolvendo um trabalho que atualmente não vemos. Por tudo isso e mais, por ter recebido nos últimos meses o apoio de várias lideranças, correligionários, vereadores e amigos é que continuo acreditando numa candidatura em 2012”, afirmou Biné.

Outro nome

Mostrando preocupação com a unidade do grupo e maturidade política, Biné, em outro questionamento diz que se não for escolhido candidato, vai respeitar a decisão que for tomada, “face o meu perfil técnico por formação e conciliador por experiência, afirmo-lhe, categoricamente, que não serei candidato por imposição. Caso o grupo político do qual faço parte decida por um outro nome que não o meu, respeitarei plenamente a decisão”, disse. Biné Soares também comentou a afirmação da prefeita Irene Soares de só querer se manifestar pubicamente sobre candidaturas depois do carnaval, “acredito eu, tratar-se de uma estratégia da prefeita a fim de se evitar embates ou constrangimentos dentro do próprio grupo”.

Priscylla Sá

Sobre um possível apoio da prefeita Irene Soares à pré-candidatura da Suplente de Deputada Estadual Priscylla Sá (PT do B) conforme se comenta a boca pequena em rodas de conversas na cidade, Benedito Soares disse que prefere não concordar, mas ao mesmo tempo não descarta nenhuma composição político-partidária, “Diante do burburinho de que a prefeita Irene ensaia um apoio à pré-candidata Priscylla, acordo este que segundo comentários estaria sendo costurado de forma velada e com a simpatia daqueles que até pouco tempo se tratavam de forma hostil e hoje se cumprimentam e se abraçam, ainda prefiro concordar com a idéia de que a prefeita está dando um tempo para, posteriormente, compartilhar com toda a sua base de apóio a escolha do candidato ou da candidata. Como em “política até boi voa sem asas” não rechaço nenhuma composição político-partidária para as próximas eleições, quem viver verá!”, afirmou.

Secretaria Municipal de Saúde

Ao ser questionado a que ponto o episódio envolvendo a Secretária Municipal de Saúde e o médico Agripino Gomes Campos Neto, interrogados por auditores do Ministério da Saúde sobre procedimentos de glaucoma informados como produção do Hospital Biné Soares (leia aqui) e que foram realizados e pagos a uma Clínica de Oftalmológica de São Luis, o pré-candidato pelo PTB acha que setores da prefeitura já deveriam ter dado uma explicação plausível à população, “no tocante ao ocorrido entre particulares e a Secretaria Municipal de Saúde, defendo a tese de que os vários setores da prefeitura envolvidos na questão, já deveriam ter dado um esclarecimento eficaz e contundente acerca do assunto. Ao que parece, a Secretaria Municipal de Saúde tem como comprovar os atendimentos realizados, bem como atestar a veracidade dos pagamentos efetuados, o que possivelmente ocorreu fora um erro no que tange ao cadastramento do nome do estabelecimento no qual os serviços foram executados, bem como do profissional responsável. Mas até agora, ainda não vimos nenhuma justificativa técnica e plausível que possa de uma vez por todas colocar um ponto final neste episódio”, completou.

Biné Soares comprovou que, mesmo com a possibilidade de ter sua sua pré-candidatura ser lançada pela prefeita Irene Soares que faz uma administração desastrada, não fugiu ao debate, respondendo não aos questionamentos deste blugueiro, mas os questionamento da comunidade presidutrense e isso é muito importante para a população.


Dois pistoleiros assassinaram há poucos instantes o ex-prefeito de São José dos Basílios Francisco Ferreira Sousa, o Chico Riograndense. Informações dão conta que o ex-prefeito foi vítima de uma emboscada no povoado Poção, interior de São José dos Basílios, cidade onde foi prefeito por dois mandatos e teria sido atingido por quarenta tiros. Os pistoleiros fugiram e a polícia está a procura. Ainda não se tem detalhes se o crime teria motivação política.

De acordo com informações da I Companhida Independente da Polícia Militar de Presidente Dutra, os criminosos estavam numa moto prata sem placas no momento do assassinato fugindo do local se embrenhando nas matas do município. Todo o contigente da Polícia Militar da região comandado pelo Capitão Machado está fazendo barreiras nas principais saidas de São José dos Basílios na tentativa de prender os dois pistoleiros. O Secretário de Segurança Pública do Estado Aluízio Mendes está enviando mais reforço e um delegado especial para o local.

Prefeito

Naturalde Pedreiras, Francisco Ferreira Sousa, mais conhecido como Chico Rio Grandense, era casado, tinha 69 anos e  comerciante em Dom Pedro onde morava há vários Anos. Em 1999 resolveu entrar para a política, se elegendo pelo PPB (hoje PP) o segundo prefeito de São José dos Basílios, reelegendo-se em 2004 pelo PFL. O atual prefeito Joãzinho das Crianças foi o candidato de Riograndense em 2008 eleito com larga maioria.

post atualizado às 10:50h


Do Blogue de Décio Sá

A Polícia Federal está criando uma rede de delegacias especializadas no combate ao desvio de recursos públicos. De acordo com a PF, a previsão é de que sejam criadas 17 delegacias do gênero nos estados. O Serviço de Repressão a Desvios de Recursos Públicos foi criado por meio de portaria assinada pelo ministro interino da Justiça, Luiz Paulo Barreto, e publicada no “Diário Oficial da União” da última segunda-feira (2). Será subordinada à Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado. Parece que os primeiros a inaugurar essas delegacias é uma turma de prefeitos, advogados, agiotas, contadores e empresários do Maranhão. Pelo menos dez prefeitos maranhenses já estariam na mira da PF, segundo apurou o blog. Como esse ano é de eleição, os agiotas também estão sendo investigados pelos federais. A PF maranhense passou todo o ano de 2011 fazendo operações pontuais contra desvios em prefeituras. No entanto, 2012 promete muitas surpresas logo para esses primeiros meses. Até aquele conhecido construtor, pai de playzinhos que gostam de “pirar” na cidade, pode entrar no “pau”. É o mesmo que está enrolado até o pescoço com aquela história de propina de R$ 1,5 milhão de projeto aprovado pela Assembleia para permitir derrubada de pés de babaçu. Ele já vem sendo investigado há pelo menos um ano, mas agora parece que a casa dele vai cair de vez. Será um escândalo de grande dimensão. Coincidência ou não, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, chefe-maior do Ministério Público Federal, que junto com a CGU é parceira da PF nessas operações, passou os últimos em São Luís. Foi visto durante toda à tarde desta quinta-feira (5) esfriando a cabeça no bar Landruá, na Litorânea.

Aguarde que assim que os primeiros “peixões” começarem a cair na rede, o blog vai trazer todos os detalhes.


O final de 2011 talvez tenha sido o mais triste da história do município. A população pobre não teve o que comemorar e muito menos como se divertir na virada do ano. A sempre ausente prefeita Irene Soares, desta vez se superou: Não divulgou mensagem se congratulando com a comunidade como fazia todos os anos. Não teve festa em praça pública, queima de fogos, bandas, coisas comuns promovidas principalmente por administradores que estão em baixa com seu povo, que é o caso de Irene. Aqueles de melhor condição financeira se divertiram nos clubes da cidade, os menos endinheirados preferiram ficar sentado na porta de casa como foi visto ao longo da Avenida Tancredo Neves na noite do réveillon. E a pergunta é: Por onde andava Irene Soares naquela noite?


Em comentário enviado ao blogue, o Diretor da Unidade de Negócios da CAEMA em Presidente Dutra responde post publicado abaixo. Confira a seguir.

Erione Campelo

Enviado em 05/01/2012 as 10:48

A presença de ferro em dois poços de Presidente Dutra é fato, pois, a geologia da região é favorável. Esta gerência realiza descargas de rede, cloração e novos produtos químicos foram adquiridos para combater o ferro e serão testados nos próximos meses, com varetamento de rede, na tentativa de solucionar o problema até que os dois novos poços licitados que substituirão os atuais com ferro entrem em operação.
Esta gerência está empenhada em resolver a problemática do ferro. O cliente é o nosso foco, logo, qualquer questionamento sobre a qualidade da água e valores das contas devem ser reclamadas pelo cliente na loja de atendimento de Presidente Dutra. Certamente, nosso pessoal darão atenção especial para estes casos.Basta comparecer e se manifestar com sua conta de água para tomarmos as devidas providências.

Erione Campelo

Enviado em 05/01/2012 as 10:55

Lembra-se ainda que o odor característico se deve a bactérias de ferro e não pode ser comparado com “cocô”.
Lembra-se também que uma descarga prévia na torneira ajuda consideravelmente.


A Companhia de Águas e Esgotos do Maranhão – CAEMA, Unidade de Negócios de Presidente Dutra, ultimamente, em vez de vender água, vem vendendo suco, e ao gosto do freguês. Pode ser de Tamarindo ou Burití. Pelo menos, estas são as cores da água fornecida pela Companhia em muitas residências do centro da cidade como mostram as fotos abaixo enviadas por dois internautas.

Se fosse somente a cor da água daria até para suportar, o problema maior é o mal cheiro. Pela manhã ninguém consegue usar a água para escovar os dentes, dada a forte catinga de cocô entrando pela pia. “Se a gente quiser um pouco de água menos suja para limpar o chão de casa tem que deixar a torneira aberta por uns vinte minutos e na hora de pagar a conta eles não dão desconto algum”, afirma uma dona de casa.


Salve, Salve amigos internautas, estamos de volta ao batente depois de alguns dias ausente deste espaço tão democrático oferecidos a todos vocês. Peço desculpas pela ausência. Estive implementando algumas tecnologias em nossa empresa de Barra do Corda, pois, a partir de agora nos tornamos Provedor de Internet com Autorização para vender internet no atacado para todo território nacional e internacional. Também estive ocupado com a confecção dos carnês dos nossos cliente para o ano de 2012 e curtindo os dois herdeiros (das dívidas), Pedro Augusto e Marcia Andreia que vieram passar a temporada de final de ano conosco em Presidente Dutra e Barra do Corda. Vamos à luta e mais uma vez, conto com a colaboração e ajuda de todos vocês para mantermos este espaço recheado de informações. Obrigado pela compreensão.


Carlos Machado (PTB) recebeu mais de R$ 2 milhões do Ministério de Integração Nacional para reparar danos causados por enchente que população e adversários dizem que nunca houve

POR OSWALDO VIVIANI

O Ministério Público Federal do Maranhão vai retomar nos próximos dias a investigação de uma suposta fraude, que teria sido arquitetada pela Prefeitura de Senador Alexandre Costa (a 440 quilômetros de São Luís). De acordo com o inquérito civil público, aberto pelo MPF em setembro, o prefeito Carlos Pereira Machado (PTB) é acusado de forjar uma enchente em 2009, com a finalidade de obter do governo estadual a decretação de estado de calamidade pública e posteriormente ter acesso a recursos federais destinados a ‘reparar danos causados por desastres’. Por conta da suposta enchente, o Ministério da Integração Nacional enviou a Senador Alexandre Costa, entre agosto de 2009 e junho de 2010, um total de R$ 2.005.272,41.

Continue lendo Aqui


Itamar Lucena Lima

Nunca se viu na história política de Presidente Dutra e acredito, na do maranhão, um Presidente de Poder Legislativo ficar tão calado diante de tantas denúncias envolvendo o Poder Executivo e suas Secretarias como no nosso município. Diariamente pipocam denúncias e acusações de desvios de condutas de todos os lados e a toda hora, apenas os quatro vereadores de oposição tomaram a atitude de protocolar estas denúncias no Ministério Público. E o Presidente da Câmara Municipal de Presidente Dutra Itamar Lucena Lima permanece calado. Não dá um “piu”. Chega ao ridículo de ter sua autoridade desrespeitada dentro da casa que preside como aconteceu na sessão de segunda-feira 21/11. Vereadores gritaram, discutiram e Itamar ficou calado. Teve vereador que nem sentiu saudade da época que foi presidente, extrapolando seu tempo ao dobro do permitido pelo Regimento Interno da casa. Reclamado por um colega de plenário saiu com esta: “Eu falo o tempo que eu quiser”, e Itamar permaneceu calado. Nesta segunda 05/11 houve sessão, mas ninguém da base da prefeita tocou no assunto Secretaria Municipal de Saúde. Nem mesmo o vereador-defensor Jarbas Araújo que mais uma vez não mostrou os documentos que afirmou possuir, disse apenas já ter devolvido para a prefeitura. Itamar Lucena Lima precisa saber que é vereador de Presidente Dutra e não da prefeita e por isto deve satisfações é para a população que o elegeu e paga seu polpudo salário à custa de suados impostos. A população elegeu Itamar Lucena para defender seus direitos, não os interesses da prefeita. A população pergunta: POR QUE TE CALAS, ITAMAR?

A era Itamar

A Câmara Municipal de Presidente Dutra nunca esteve tão mal representada como nos últimos três anos da chamada “era Itamar”. “Até a linha telefônica tão utilizada por Itamar no mandato de outros presidentes, ele deixou cancelar não se sabe o motivo” afirma um vereador. Ao se calar diante de fatos como o que envolve a Secretaria Municipal de Saúde, o Presidente da Câmara se mostra um fraco, um omisso. Atitude que beira a irresponsabilidade diante do caos que se instalou no município. Como vereador, todos sabem que sua atuação é fraca, como presidente é bem pior. Mas ainda há tempo de Itamar reconquistar o respeito da população. Basta agir com princípios éticos e morais de um presidente de poder legislativo que o povo espera que seja.

Itamar esclarece

Logo após a publicação deste post, o Presidente da Câmara Municipal de Presidente Dutra Itamar Lucena Lima fez contato por telefone com o titular deste blog apenas para esclarecer que a linha telefônica (99 – 3663-1353) da Câmara está em perfeito funcionamento e com todas as contas pagas até o mês de novembro. Esclarecimento feito, esclarecimento publicado.

Post alterado às 00:01h


A população de Presidente Dutra não se cansa de cobrar através deste blog e do Portal Noticias da Rádio Portal FM, posição do Ministério Público em relação à queixa-crime apresentada pelo Médico Agripino Gomes Campos Neto contra a Secretaria Municipal de Saúde por falsidade ideológica e a denúncia sobre o mesmo assunto feita pelos vereadores Raimundo Falcão Nava, Jurivan Carvalho de Sousa, Ronaldo Pereira de Freitas e Silvia ao promotor Rosalvo Lima Filho e em seguida à Procuradora Geral de Justiça Fátima Travassos no dia da inauguração da nova sede da promotoria de Presidente Dutra. Até o momento o Ministério Público não informou se os processos foram ou não despachados.

A Vara do Trabalho e o Concurso

Outro assunto muito cobrado é a realização do Concurso Público de Presidente Dutra. A prefeita Irene Soares sempre alegou que só não fazia o concurso por culpa dos vereadores de oposição que não aprovavam o projeto de lei. Chegou a fazer audiência trazendo amigas de Caxias da época que era Gerente Regional e envolveu até o então Juiz do Trabalho Manoel dos Santos Veloso numa audiência na Câmara Municipal há pouco mais de um ano. Sem sucesso, apelou para o atual Juiz, Bruno de Carvalho Montejunas, este fez diversas reuniões na sede da Vara do Trabalho na tentativa de convencer os vereadores de oposição a votarem pela aprovação do concurso. Só conseguiu o voto do vereador Ronaldo. O projeto de lei 004/2011 foi aprovado e nem a prefeita e nem o Juiz Bruno voltaram a tocaram no assunto.


A Prefeitura Municipal de Presidente Dutra prepara para antes do natal um mutirão para acabar com a escuridão nas ruas da cidade. O estado lastimável das ruas e das duas principais avenidas que cortam a cidade foi denunciado no Portal Notícias da Rádio Portal FM. Só nas avenidas Tancredo Neves e José Olavo Sampaio existem 104 postes com lâmpadas queimadas e muitas das que acendem funcionam sem reator diminuindo a claridade em até 70%.  Mas não é isto que está levando a prefeita a fazer o mutirão. Segundo informações que chegaram ao blog há sérios problemas nas prestações de contas da ILP. O blog teve acesso a estes documentos e aguarda o momento certo de divulgar.


O presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Tatá Milhomem (DEM – Foto), fez uma grave denúncia na sessão plenária desta quarta-feira, dia 7. Disse que ainda não foram prestadas contas de cerca de dois mil convênios, o que atrapalha a celebração de novos contratos com os municípios. Ele citou casos em que o atual gestor não pode conveniar com o Estado porque o município permanece inadimplente por falta de prestação de contas das administrações anteriores. Milhomem elogiou a nova lei que obriga o gestor que libera os convênios, no caso as Secretarias, a acompanhar, fiscalizar e obrigar os prefeitos a executarem as obras. “Muitas estão inacabadas e exigem injeção de novos recursos, que não podem ser liberados, sugerindo em muitos casos as verbas foram desviadas.

Ora, nada mais correto que aproveitar a proposta de criação de uma CPI proposta pelo deputado Marcelo Tavares para que todos convênios possam ser apurados.

Mas a bancada governista prefere se ater apenas a um convênio realizado entre a prefeitura da capital e o Estado, no final da gestão de Jackson Lago, quando foram liberados R$ 73 milhoes para obras em São Luís. Como em um direcionado, querem saber apenas o paradeiro do dinheiro conveniado com a capital, esquecendo de que, entre abril de 2009 a junho de 2010, foram contratados cerca de R$ 1 bilhão com as prefeituras.

Presidente Dutra

Em Presidente Dutra dois desses convênios dormem o sono da impunidade. É o da construção do Prédio da Prefeitura em frente à Praça São Sebastião no valor de mais de 800 mil reais e outro para a construção do Hospital Materno Infantil, obra inacabada construída no leito de um riacho atrás do Bar do Mota orçada em mais de um milhão e meio de reais. Esses dois convênios foram celebrados entre a prefeitura e o ex-governdor Jackson Lago.

Com informações do Blog de Luis Cardoso


Um “cometarista” que se identifica por Alvares de Azevedo faz comentário no post “Vereador Jarbas Araújo foi o único a defender Terezinha Cruz” em tom ameaçador na tentativa de amendrontar ou intimidar este blogueiro. Se deu mal porque jamais vai me intimidar. Pelo texto e as palavras eu sei quem escreveu. Mas como em internet tudo fica registarado aí vai o nome do cidadão, email e o IP (Internet protocol), ou seja o endereço do protocolo de internet do computador que foi acessado o comentário. É através deste IP que chegaremos ao MAC (registro universal da placa de rede), não esqueça que eu trabalho na área. Portanto meu amigo, antes de ameaçar os outros, tome cuidado prmeiro. a seguir,  o comentário, o IP, o email e a minha resposta.

Alvares de Azevedo
cac_1959@yahoo.com
189.127.188.5

Sr. Adonias, procure algo mais interessante pra fazer, como por exemplo a falta de água em nosso município à mais de 20 anos… esqueça o nome das pessoas de bem, vc não tem o direito de ficar falando bobagens de pessoas que não sabem nem se vc é gente… presta muita atenção no que anda falando… te cuida!!!

Resposta: Isto é uma ameaça? Se for, pode vim quente que eu to fervendo. Não tenho medo. Mas primeiro deixe de ser covarde, e se identifique que é pra gente ter um tete a tete bem de pertinho viu? é Só marcar hora e local.