Pela primeira vez em Presidente Dutra o setor de saúde será comandado não por um Secretário ou Secretária e sim por uma Equipe de Gestão. A informação foi repassada por uma fonte com trânsito dentro da administraçao Irene Soares. A coisa está tão feia na Secretaria Municipal de Saúde-SEMUS que a prefeita preferiu manter Terezinha Cruz no cargo, mas sem nenhum poder de decisão e entregou todo o comando a uma equipe de gestores com conhecimento na área. Da equipe participam médicos e outros profissionais de saúde. “A situação chegou a um ponto tão crítico que ninguém mais sabe quem manda e quem não manda dentro da SEMUS”, afirma um enfermeiro. É por causa desta situação que ninguém quis aceitar o convite para assumir de fato e de direito a pasta. Surgiram rumores em torno de alguns secretariáveis como o pré-candidato Biné Soares (PTB), Pedro Muniz, que desmentiu o convite e por último o médico Orlando Gomes. Em contato por telefone com este blogueiro o Dr. Orlando se limitou dizer: “que eu saiba a secretária de saúde é a Doutora Terezinha”.
O médico Orlando Gomes, na opinião muitas pessoas ligadas à saúde, seria o nome ideal para tentar consertar o desmantelado setor de saúde do município, mas encontra dois empecilhos: O pouco tempo que resta de administração e o fato de ser prestador de serviços conveniados do SUS. Se o Dr. Orlando fizer parte desta equipe “salvadora”, como informado ao blogue, pelo menos vamos ter no comando da saúde uma pessoa que realmente entende do assunto.


O deputado Rigo Teles (PV-Foto) informou que a governadora Roseana Sarney (PMDB) garantiu – durante reunião com ele, com o prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Souza “Nenzim (PV) e com vereadores da região Centro Sul do Maranhão – que a Sinfra vai executar e entregar, antes do final do seu governo, o asfaltamento do trecho de 50km da MA-012, que interliga os municípios de São Raimundo do Doca Bezerra e Barra do Corda. Segundo Rigo, inicialmente a governadora Roseana Sarney assinou a ordem de serviços, orçada em mais de R$ 35 milhões, para o asfaltamento da MA-012, interligando os municípios de Esperantinópolis, São Roberto e São Raimundo do Doca Bezerra. “A primeira parte dos serviços já foi iniciada pela Secretaria de Estado de Infra-Estrutura (Sinfra)”, garante. Teles afirmou que o asfaltamento da MA-012 é fruto de sua luta, a pedido da população, durante 13 anos de mandato na Assembleia Legislativa. “A obra é a realização de um antigo sonho do povo das regiões Central, Centro Sul e Mearim do Estado do Maranhão”, disse.
INTEGRAÇÃO
O parlamentar ressalta que sua luta para promover a integração do Médio Mearim e da região Centro Sul do Maranhão conta com o apoio dos prefeitos Manoel Mariano de Souza, o “Nenzin (PV)” (Barra do Corda), Chico Moreno (São Raimundo do Doca Bezerra), São Roberto (Dr. Jerry Adriani), de Esperantinópolis (Mário Jorge) e vereadores da região.
Segundo o deputado, o asfaltamento do trecho de MA-012 é um antigo sonho de cerca de 30 mil pessoas, residentes nos povoados de Barra do Corda de Sumaúma, Cacau, Ipiranga (com projeto de emancipação política), São José do Mearim, Montevideu, Barro Brano, Centro dos Ramos, Três Lagos dos Manducas, Cajazeiras.

Com informações da Assessoria de Imprensa do Deputado Rigo Teles



O pré-candidato a prefeito de Presidente Dutra Biné Soares (PTB) em nova postagem no seu facebook disse que “nunca pensei que uma simples postagem fosse gerar tantos comentários” como os aqui no blogue. Biné Soares afirmou ainda que em hipótese alguma descartou uma provável candidatura sua. Confira sua nova postagem abaixo.


CASO ‘CHICO RIOGRANDENSE

Logo após a morte do ex-prefeito de São José dos Basílios Francisco Ferreira de Sousa ocorrida há pouco mais de uma semana, começam a aparecer indícios dos reais motivos do assassinato de Chico Riograndense como era mais conhecido. Acompanhe a seguir matéria do Jornal Pequeno.

POR OSWALDO VIVIANI

O envolvimento do ex-prefeito Francisco Ferreira Sousa, o ‘Chico Riograndense’, de 69 anos, com crimes de encomenda em São José dos Basílios (a 396 quilômetros de São Luís) pode ter sido a motivação de seu assassinato, ocorrido, na manhã de sábado (7). ‘Chico Riograndense’ – gestor de São José dos Basílios por dois mandatos (2001 a 2004, pelo PP, e 2005 a 2008, pelo PFL) – foi morto com 5 tiros de pistola calibre 380, disparados pelo ‘garupa’ de uma moto prata, à altura do Povoado Poção, quando o ex-prefeito voltava de carro de uma das fazendas que possuía na região. O Jornal Pequeno apurou que em ao menos 7 assassinatos, ocorridos desde a década de 90, ‘Chico Riograndense’ apareceu como suspeito de ser mandante ou de ter envolvimento com supostos mandantes. A acusação chegou ao JP por meio de militantes de movimentos sociais que atuam na região maranhense dos Cocais.

As vítimas dos homicídios, segundo a denúncia que chegou ao JP, foram:

‘Zezim Capeta’ (ex-‘prestador de serviços’ de ‘Chico Riograndense’, morto a tiros por dois pistoleiros em 1994; cobrava uma dívida do ex-prefeito;

Rubem (filho de ‘Zezim’, investigava o assassinato do pai; Rubem e um homem que estava com ele foram mortos a tiros);

‘Chiquinho Borges’ (irmão do ex-prefeito Wilson Borges, espalhava em São José dos Basílios não ter medo de ‘Riograndense’; outro homem que estava com Borges numa moto também foi morto; ambos, a pauladas);

Pedro Mendes (também assassinado a pauladas, no Povoado Mucunã, dias depois de discutir com ‘Chico Riograndense’ por causa de um terreno);

‘Pires’, do município de Dom Pedro (morto a tiros; cobrava um débito de ‘Chico Riograndense’);

Josemir (morador do Povoado Altamira; trabalhou num posto de combustíveis de ‘Riograndense’, localizado no Povoado Serra do Dico, e, ao ser demitido, levou o ex-patrão à Justiça do Trabalho; foi morto a tiros).

Todos esses casos devem fazer parte da investigação sobre o assassinato de ‘Chico Riograndense’, que desde segunda-feira (9) está a cargo do delegado Edmar Cavalcante, titular da Regional de Presidente Dutra.

Retrato falado – De acordo com a delegada Karla Simone Saraiva, que participou das investigações preliminares, os dois matadores do ex-prefeito terão seus retratos falados confeccionados ainda nesta semana, baseados no depoimento do trabalhador rural Loriel Pereira da Silva, que estava no Fiat Strada conduzido por ‘Riograndense’ quando o veículo foi atacado. Loriel foi baleado num dos braços, mas sem gravidade. Ele já informou à polícia as principais características físicas dos pistoleiros, que não usavam capacetes. Todos os tiros que acertaram ‘Chico Riograndense’ – quatro na cabeça e um no ombro – foram efetuados com a moto e o carro em movimento, segundo Loriel. Atingido, o ex-prefeito perdeu o controle do carro e saiu da estrada, indo parar num matagal.

A motivação do assassinato – cuja linha principal de investigação da polícia é crime de encomenda, já que nada foi levado da vítima – ainda é desconhecida. O motivo pode ser vingança, pelos assassinatos em que o nome da vítima foi envolvido, ou disputa política, já que ‘Chico Riograndense’ pretendia candidatar-se a prefeito nas eleições deste ano – agora, pelo PDT, partido ao qual se filiou no ano passado.

Natural de Pedreiras (MA), Francisco Ferreira Sousa, o ‘Chico Riograndense’, era considerado uma espécie de ‘coronel’ político de São José dos Basílios. Depois de se eleger por dois mandatos consecutivos, ele conseguiu fazer, em 2008, seu sucessor, João da Cruz Ferreira, o ‘João das Crianças’ (PDT), 49 anos.

O corpo de ‘Chico Riograndense’ foi sepultado na tarde de domingo (8), no Cemitério São João Batista, em Dom Pedro.

Visitado em junho de 2010 pelo JP na Estrada, São José dos Basílios é um dos municípios mais pobres da região maranhense dos cocais. A má gestão e o coronelismo sucateiam o município, que abriga pouco mais de 7 mil habitantes.

Mais detalhes aqui!


Marcia Andreia

Depois de tantas vitórias e conquistas obtidas em 2011 por mim e minha família, achei que não tinha mais nenhuma surpresa reservada a mim. Pois tinha. E ela veio em forma de alegria e felicidade. Acabo de receber a notícia de que a minha filha Márcia Andréia Soares da Silva de apenas 20 anos de idade foi aprovada no V Exame de Ordem Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB. A segunda etapa da prova aconteceu no final de dezembro e o resultado publicado hoje 13/01 e foi a primeira vez que Márcia Andréia prestou o exame da Ordem. Uma grande conquista com a ajuda de Deus e muito esforço e muita luta dela. Para se ter uma idéia Márcia, nos últimos meses de dezembro de 2011 abandonou praticamente tudo e passou a quase morar dentro das salas de aula do MARCATO, curso especializado em dar aulas a quem vai prestar exame da OAB. A seguir trechos da publicação.

Fiz aniversário na última quarta-feira 11/01 e ganhei este presente. Será que eu mereço? Clique no link abaixo e confira a relação de todos os aprovados.

http://oab.fgv.br/NovoSec.aspx?cod=5133&key=163


Acabo de receber informação por telefone de uma pessoa de dentro da Secretaria Municipal de Saúde informando que a Bioquímica Terezinha Mota Cruz foi mesmo demitida. E a informação dada em post abaixo que ela continuará recebendo o salário de secretária também foi confirmada no mesmo telefonema. É uma espécie de cala-boca, porque se a agora ex-secretária resolve abrir a boca não ficará pedra sob pedra e já enrolada prefeita vai se enrolar ainda mais. A prefeita já teria até feito convite ao médico Pedro Muniz para assumir o lugar de Terezinha Cruz numa tentativa desesperada de trazer para o seu grupo o vereador Ronaldo Pereira de Freitas e a empresária Mirtes Brito Muniz, prima do Dr. Pedro. Mais tarde volto com mais informações sobre este assunto.


Uma fonte muitíssimo bem situada dentro da prefeitura garantiu hoje ao blogue que a Secretária de Saúde de Presidente Dutra esteve com um pé fora da administração ireniana nesta quinta-feira 12/01.  Terezinha Cruz só não foi demitida, acredita a fonte, pela grande amizade que tem com Irene Soares e por ser testemunha viva de tudo que supostamente acontece de errado no setor de saúde do município, o que pode comprometer e muito a prefeita. De acordo com a fonte, Irene e Terezinha teriam feito um “acordo pra inglês ver”. A Secretária continua no cargo recebendo seu salário normalmente, mas sem nenhum poder de decisão. Uma espécie de “Rainha da Inglaterra”, aquela que reina mas não governa. Ainda segundo essa mesma fonte, o pré-candidato Biné Soares teria sido sondado para assumir o cargo de Terezinha e não aceitou, estuda a possibilidade de indicar uma pessoa de sua confiança para atuar como “gestor” de saúde do município.

Imagem arranhada

A Secretária Municipal de Saúde Terezinha Cruz está com sua imagem arranhada desde que pipocaram denúncias feitas pelo Médico Anestesista Agripino Gomes Campos que teve seu nome informado pela Secretaria ao Ministério da Saúde como Médico Oftalmologista e por causa disso recebeu uma equipe de auditores do MS em seu hospital para um interrogatório (leia aqui). Terezinha Cruz também foi ouvida (leia aqui) e seu depoimento foi um desastre, trouxe mais dúvidas do que esclarecimentos. Depois disso, ela vinha sendo “fritada” pela prefeita Irene Soares que não tem pulso e nem coragem de demiti-la.


Os moradores da Travessa do Cajueiro ao lado da Cohab não sabem mais a quem recorrer para que o acesso à rua seja resolvido. No meio da travessa existe um enorme buraco e ninguém da Prefeitura aparece para resolver o problema, apesar dos moradores já terem ido diversas vezes reclamar da péssima situação em que vivem. O acúmulo de água e detritos de esgoto e uma fedentina insuportável vêm tirando o sono de quem mora nas proximidades e colocando em risco a saúde das crianças. Na mesma Travessa mora Iomar Lucena, irmão do Presidente da Câmara Municipal de Presidente Dutra Itamar Lucena. Ele utiliza uma outra via de acesso para chegar até sua casa e faz de conta que está tudo às mil maravilhas. “O Secretário de Obras do Município Messias Moraes e o engenheiro da prefeitura Maurício Rodrigues Leal prometeram resolver nossa situação várias vezes e nunca apareceram por aqui”, afirma um morador. O empresário Gil tem uma oficina de lanternagem próximo ao buraco e disse que não conta as vezes que foi na prefeitura. No vídeo abaixo ele afirma que já gastou mais de mil e quinhentos com piçarra para sua oficina não ficar isolada e sem acesso. Na última chuva a travessa ficou completamente alagada e ele teve que contratar e pagar do próprio bolso uma retro-escavadeira que abriu uma vala para o escoamento da água. “A TV da prefeitura veio fazer uma reportagem, mas só contaram o que a prefeita queria ouvir. A mãe de dona Irene disse que a culpa é de quem vendeu os terrenos”, afirmou Gil. Confira o vídeo abaixo.


Na postagem que fez em seu facebook hoje 12/01, o ainda pré-candidato Biné Soares fez um desabafo que causou surpresa e muita gente não sabe o que está acontecendo. Confira na imagem abaixo.

Quais seriam os motivos deste desabafo de Biné? É o que muita gente que saber. Minhas fontes já estão em campo apurando tudo. Aguarde.


Ao contrário do que pensam seus adversários, o Gestor Regional de Educação do Estado Biné Soares (PTB), que aparece na foto ao lado do Ministro da Educação Fernando Hadad, continua pré-candidato à Prefeitura de Presidente Dutra. A afirmação foi feita pelo próprio Biné em resposta a email enviado por este blogueiro, “informo-lhe que a cada dia fico mais e mais entusiasmado com a aceitação da população presidutrense em torno do nome Biné Soares. Desprendido de qualquer vaidade ou sentimento próximo, vejo que as pessoas de Presidente Dutra reconhecem o trabalho que desenvolvi frente à Secretaria de Administração do Município, entre os anos de 2005 e 2008, quando pude dar cara nova a esta cidade, honrando compromissos, dialogando com os vários setores da sociedade e desenvolvendo um trabalho que atualmente não vemos. Por tudo isso e mais, por ter recebido nos últimos meses o apoio de várias lideranças, correligionários, vereadores e amigos é que continuo acreditando numa candidatura em 2012”, afirmou Biné.

Outro nome

Mostrando preocupação com a unidade do grupo e maturidade política, Biné, em outro questionamento diz que se não for escolhido candidato, vai respeitar a decisão que for tomada, “face o meu perfil técnico por formação e conciliador por experiência, afirmo-lhe, categoricamente, que não serei candidato por imposição. Caso o grupo político do qual faço parte decida por um outro nome que não o meu, respeitarei plenamente a decisão”, disse. Biné Soares também comentou a afirmação da prefeita Irene Soares de só querer se manifestar pubicamente sobre candidaturas depois do carnaval, “acredito eu, tratar-se de uma estratégia da prefeita a fim de se evitar embates ou constrangimentos dentro do próprio grupo”.

Priscylla Sá

Sobre um possível apoio da prefeita Irene Soares à pré-candidatura da Suplente de Deputada Estadual Priscylla Sá (PT do B) conforme se comenta a boca pequena em rodas de conversas na cidade, Benedito Soares disse que prefere não concordar, mas ao mesmo tempo não descarta nenhuma composição político-partidária, “Diante do burburinho de que a prefeita Irene ensaia um apoio à pré-candidata Priscylla, acordo este que segundo comentários estaria sendo costurado de forma velada e com a simpatia daqueles que até pouco tempo se tratavam de forma hostil e hoje se cumprimentam e se abraçam, ainda prefiro concordar com a idéia de que a prefeita está dando um tempo para, posteriormente, compartilhar com toda a sua base de apóio a escolha do candidato ou da candidata. Como em “política até boi voa sem asas” não rechaço nenhuma composição político-partidária para as próximas eleições, quem viver verá!”, afirmou.

Secretaria Municipal de Saúde

Ao ser questionado a que ponto o episódio envolvendo a Secretária Municipal de Saúde e o médico Agripino Gomes Campos Neto, interrogados por auditores do Ministério da Saúde sobre procedimentos de glaucoma informados como produção do Hospital Biné Soares (leia aqui) e que foram realizados e pagos a uma Clínica de Oftalmológica de São Luis, o pré-candidato pelo PTB acha que setores da prefeitura já deveriam ter dado uma explicação plausível à população, “no tocante ao ocorrido entre particulares e a Secretaria Municipal de Saúde, defendo a tese de que os vários setores da prefeitura envolvidos na questão, já deveriam ter dado um esclarecimento eficaz e contundente acerca do assunto. Ao que parece, a Secretaria Municipal de Saúde tem como comprovar os atendimentos realizados, bem como atestar a veracidade dos pagamentos efetuados, o que possivelmente ocorreu fora um erro no que tange ao cadastramento do nome do estabelecimento no qual os serviços foram executados, bem como do profissional responsável. Mas até agora, ainda não vimos nenhuma justificativa técnica e plausível que possa de uma vez por todas colocar um ponto final neste episódio”, completou.

Biné Soares comprovou que, mesmo com a possibilidade de ter sua sua pré-candidatura ser lançada pela prefeita Irene Soares que faz uma administração desastrada, não fugiu ao debate, respondendo não aos questionamentos deste blugueiro, mas os questionamento da comunidade presidutrense e isso é muito importante para a população.


Dois pistoleiros assassinaram há poucos instantes o ex-prefeito de São José dos Basílios Francisco Ferreira Sousa, o Chico Riograndense. Informações dão conta que o ex-prefeito foi vítima de uma emboscada no povoado Poção, interior de São José dos Basílios, cidade onde foi prefeito por dois mandatos e teria sido atingido por quarenta tiros. Os pistoleiros fugiram e a polícia está a procura. Ainda não se tem detalhes se o crime teria motivação política.

De acordo com informações da I Companhida Independente da Polícia Militar de Presidente Dutra, os criminosos estavam numa moto prata sem placas no momento do assassinato fugindo do local se embrenhando nas matas do município. Todo o contigente da Polícia Militar da região comandado pelo Capitão Machado está fazendo barreiras nas principais saidas de São José dos Basílios na tentativa de prender os dois pistoleiros. O Secretário de Segurança Pública do Estado Aluízio Mendes está enviando mais reforço e um delegado especial para o local.

Prefeito

Naturalde Pedreiras, Francisco Ferreira Sousa, mais conhecido como Chico Rio Grandense, era casado, tinha 69 anos e  comerciante em Dom Pedro onde morava há vários Anos. Em 1999 resolveu entrar para a política, se elegendo pelo PPB (hoje PP) o segundo prefeito de São José dos Basílios, reelegendo-se em 2004 pelo PFL. O atual prefeito Joãzinho das Crianças foi o candidato de Riograndense em 2008 eleito com larga maioria.

post atualizado às 10:50h


Do Blogue de Décio Sá

A Polícia Federal está criando uma rede de delegacias especializadas no combate ao desvio de recursos públicos. De acordo com a PF, a previsão é de que sejam criadas 17 delegacias do gênero nos estados. O Serviço de Repressão a Desvios de Recursos Públicos foi criado por meio de portaria assinada pelo ministro interino da Justiça, Luiz Paulo Barreto, e publicada no “Diário Oficial da União” da última segunda-feira (2). Será subordinada à Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado. Parece que os primeiros a inaugurar essas delegacias é uma turma de prefeitos, advogados, agiotas, contadores e empresários do Maranhão. Pelo menos dez prefeitos maranhenses já estariam na mira da PF, segundo apurou o blog. Como esse ano é de eleição, os agiotas também estão sendo investigados pelos federais. A PF maranhense passou todo o ano de 2011 fazendo operações pontuais contra desvios em prefeituras. No entanto, 2012 promete muitas surpresas logo para esses primeiros meses. Até aquele conhecido construtor, pai de playzinhos que gostam de “pirar” na cidade, pode entrar no “pau”. É o mesmo que está enrolado até o pescoço com aquela história de propina de R$ 1,5 milhão de projeto aprovado pela Assembleia para permitir derrubada de pés de babaçu. Ele já vem sendo investigado há pelo menos um ano, mas agora parece que a casa dele vai cair de vez. Será um escândalo de grande dimensão. Coincidência ou não, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, chefe-maior do Ministério Público Federal, que junto com a CGU é parceira da PF nessas operações, passou os últimos em São Luís. Foi visto durante toda à tarde desta quinta-feira (5) esfriando a cabeça no bar Landruá, na Litorânea.

Aguarde que assim que os primeiros “peixões” começarem a cair na rede, o blog vai trazer todos os detalhes.


O final de 2011 talvez tenha sido o mais triste da história do município. A população pobre não teve o que comemorar e muito menos como se divertir na virada do ano. A sempre ausente prefeita Irene Soares, desta vez se superou: Não divulgou mensagem se congratulando com a comunidade como fazia todos os anos. Não teve festa em praça pública, queima de fogos, bandas, coisas comuns promovidas principalmente por administradores que estão em baixa com seu povo, que é o caso de Irene. Aqueles de melhor condição financeira se divertiram nos clubes da cidade, os menos endinheirados preferiram ficar sentado na porta de casa como foi visto ao longo da Avenida Tancredo Neves na noite do réveillon. E a pergunta é: Por onde andava Irene Soares naquela noite?


Em comentário enviado ao blogue, o Diretor da Unidade de Negócios da CAEMA em Presidente Dutra responde post publicado abaixo. Confira a seguir.

Erione Campelo

Enviado em 05/01/2012 as 10:48

A presença de ferro em dois poços de Presidente Dutra é fato, pois, a geologia da região é favorável. Esta gerência realiza descargas de rede, cloração e novos produtos químicos foram adquiridos para combater o ferro e serão testados nos próximos meses, com varetamento de rede, na tentativa de solucionar o problema até que os dois novos poços licitados que substituirão os atuais com ferro entrem em operação.
Esta gerência está empenhada em resolver a problemática do ferro. O cliente é o nosso foco, logo, qualquer questionamento sobre a qualidade da água e valores das contas devem ser reclamadas pelo cliente na loja de atendimento de Presidente Dutra. Certamente, nosso pessoal darão atenção especial para estes casos.Basta comparecer e se manifestar com sua conta de água para tomarmos as devidas providências.

Erione Campelo

Enviado em 05/01/2012 as 10:55

Lembra-se ainda que o odor característico se deve a bactérias de ferro e não pode ser comparado com “cocô”.
Lembra-se também que uma descarga prévia na torneira ajuda consideravelmente.