O pré-candidato Hernando Macêdo (PC do B – Foto) aos poucos vai se isolando ainda mais da disputa pela prefeitura de Dom Pedro e tudo caminha para um embate entre a atual Prefeita Arlene Costa (PSD) e o médico Fabrício Abraão (PRB). A última baixa importante sofrida pelo grupo de um só partido político do eterno candidato Hernando Macêdo foi do Dr. Marco Aurélio, respeitado e atuante advogado em nossa região que declarou apoio nesta sexta-feira 18/05 ao grupo da prefeita. Dr. Marco

Dr. Marco Aurélio

Aurélio, que esteve com o comunista nas duas últimas eleições, não desembarca no grupo arlenista sozinho. Leva junto quatro partidos (PDT, PTC, PRTB e PSDB) e mais a força de sua esposa Deputada Estadual Valéria Macêdo, uma das parlamentares que mais trabalham pelo maranhão. Com os quatro novos partidos, sobe para quinze o número de partidos da base de sustentação política da prefeita Arlene Costa. “A partir de agora, Dom Pedro tem dois representantes na Assembléia Legislativa brigando por recursos para o nosso município que são, o Deputado Max Barros e a Deputada Valéria Macêdo”, afirma um assessor de Arlene Costa.

 

Outras Baixas

 

Em matéria postada aqui, informamos que outros expoentes da política dompedrense, como: Vereador Dr. Valbert (PTB), Chico do Waldemar, ex-prefeito e padrinho político de Hernando em duas eleições e Ivonilson Amâncio, ex-vereador e ex-candidato a vice-prefeito hernandista, a exemplo do Dr. Marco Aurélio decidiram fazer composição política com a chefe do executivo municipal de Dom Pedro.


O pré-candidato a prefeito da prefeita Irene Soares, Raimundinho da Audiolar (PTB) usa da força e toma o Diretório Municipal do Partido Trabalhista Brasileiro-PTB do seu ex-aliado Biné Soares. Depois de ter seus membros eleitos em convenção partidária no 14 de abril, inclusive com a presença do Presidente do Diretório Estadual que assinou as duas atas, O mesmo Diretório foi dissolvido a mando do deputado federal Pedro Fernandes voltando à condição de Comissão Provisória. Confira abaixo os nomes dos novos membros e do presidente da comissão provisória Raimundo Alves Carvalho, o Raimundinho da Audiolar.

 

A prefeita Irene Soares está mostrando que não está para brincadeira quando diz que quer eleger Raimundinho da Audiolar de qualquer maneira para continuar no poder e que vai se utilizar de todos os meios, sejam quais forem. No final da tarde da última quinta-feira 17/04, Irene fez uma festa de arromba em frente ao Bar do Dy para recepcionar seu pré-candidato Raimundinho da Audiolar. Todas as Ruas próximas foram interditadas pela Guarda Municipal que utilizou cones para isto. Até a Rua Principal Antonio Piauí em frente à casa lotérica teve  o trânsito de veículos impedido por um carro de som que permaneceu atravessado no meio da rua até as nove horas da noite e a cidade praticamente incendiou de foguetes. Pelo poderio econômico que a prefeita Irene Soares e seu pré-candidato Raimundinho da Audiolar vêm mostrando percebe-se que o Juiz Eleitoral da 54ª Zona Eleitoral da Comarca de Presidente Dutra Ferdinando Marco Gomes Serejo vai ter muito trabalho no decorrer das eleições deste ano.

 

Procurado por este blog, Biné Soares disse que se encontrava em Imperatriz resolvendo assuntos particulares e que ainda não tinha recebido nenhum comunicado do Presidente Estadual do PTB deputado federal Pedro Fernandes e que posteriormente vai emitir uma nota de esclarecimento aos seus amigos, correligionários e à população de Presidente Dutra.


A prefeita de Presidente Dutra Irene Soares fará novo Concurso Público Municipal.

 

 A Excelentíssima Sr.ª Prefeita de Presidente Dutra, Estado do Maranhão, nos termos da legislação vigente, torna público para o conhecimento dos interessados a reabertura das inscrições ao Concurso Público que trata o presente Edital e seus Anexos, de provas objetivas, destinado ao provimento de 110 (cento e dez) vagas que não foram preenchidas no Edital do Concurso nº 001/2011 para cargos no âmbito da Administração Pública Municipal. Diz o Edital que pode ser baixado aqui.

 

O primeiro concurso feito por este mesmo Instituto Ludus acabou numa grande confusão depois que o resultado da lista dos classificados na prova objetiva foi divulgado aqui no blog. Teve uma família quase inteira classificada. Um advogado classificado no segundo lugar no concurso anterior enviou mensagem para o telefone celular deste blogueiro denunciando que outro advogado colega seu, foi classificado na quinta colocação na disputa por três vagas. ”O mais estranho, é que ele (o advogado) se formou há três anos e outro dia me disse que estava precisando urgentemente fazer umas especializações e do nada apareceu aprovado com quatro títulos, é muito estranho”, desabafa o advogado que pediu para não ter seu nome divulgado. O caso que mais chama a atenção é da candidata Antonia Lima Custódio. Seu nome não aparece entre os dezenove classificados na lista do resultado da prova objetiva. Após recurso impetrado por ela junto ao Instituto Ludus consegue aparecer na anti-penúltima colocação (décima sétima), e pasmem! No resultado final, depois das provas de títulos, Antonia Lima Custódio consegue a proeza de aparecer aprovada na sexta colocação. Confira as listas abaixo.

Lista de Classificados da Prova Objetiva
Resulta da Prova Objetiva com Recurso

 

Resultado final

Antonio Lima Custódio conseguiu nada menos que 23 (vinte e três) pontos com o recurso impetrado e as titularidades, isto porque no esdital está escrito que O ACERTO MÍNIMO DO CONJUNTO DA PROVA É DE 60 (SESSENTA) PONTOS e o total da candidata é de 82 pontos. O mesmo Edital do Concurso Público de Presidente Dutra divulgado (Clique aqui) no dia 19/12/2011, item 9.1, página 12 trata DAS PROVAS DE TÍTULOS diz o seguinte:

A prova de Títulos (inclusive experiência profissional), de caráter apenas classificatório, será aplicada para os candidatos habilitados na Prova Objetiva. Es Prova valerá, no máximo, 10,0 (dez) pontos, ainda que a soma dos valores dos Títulos apresentados possa superar esse valor.


Uma bancada de advogados de Presidente Dutra deverá entrar esta semana com uma ação no Ministério Público denunciando possíveis irregularidades encontradas no primeiro concurso. Com a palavra o Promotor de Justiça Rosalvo Lima Filho.

 

O Espaço está aberto aqui no blog para o Instituto Ludus dar suas explicações


Em reunião que aconteceu por volta das sete horas da noite desta terça-feira no Palácio dos Leões, o empresário Raimundinho da Audiolar aceitou o convite da prefeita Irene Soares para ser seu candidato à prefeitura de Presidente Dutra. A reunião aconteceu entre Raimundinho, a governadora Roseana Sarney, Pedro Fernandes presidente estadual do PTB e o deputado estadual Rigo Teles (PV). Irene e seus correligionários fora vetados da reunião com a governdora. Raimundinho disse a Roseana Sarney que só decidiu pela candidatura por estar recebendo muita pressão nos últimos dias da prefeita Irene e de seu grupo para que aceitasse ser o condidato dela (Irene) à sua sucessão. Por enquanto o Diretório do PTB continua com o ex-Gestor Regional de Educação Biné Soares. Mais tarde volto ao assunto.


O texto abaixo foi escrito por um leito de São Luis que mora no Bairro de Fátima, que se identificou como Leonardo Rodrigues. O texto chegou ao Blog em forma de comentário. Achei tão interessante que resolvi transformá-lo em postagem. A seguir o texto do jovem Leonardo Rodrigues fazendo um alerta aos jovens de Presidente Dutra.

 

Olá, sou Leonardo Rodrigues, resido no Bairro de Fatima, estou preocupado com a situação em que se encontra nossa querida cidade, abandonada a muito tempo pelo poder público, sem perspectiva nenhuma de melhoria, gostaria de alertar principalmente aos jovens Presidutrenses, para com as questões políticas, pois estamos chegando próximo as eleições, por conta disto, nós jovens temos um papel fundamental no processo político, pois o que está em jogo é o futuro de todos nós, primeiro temos que nos conscientizar e depois conscientizar as outras pessoas, da importancia do voto consciente, pois virão politicos com falsas promessas no intuito de lhes convencer a votar neles, diante disto, faço lhes um apelo e ao mesmo tempo um pedido de um jovem que se preocupa com o futuro da nossa cidade. Quando for escolher um candidato, seja ele quem for, prefeito ou vereador, faça lhes algumas perguntas básicas, como por exemplo. Por que eu devo votar em você? Outra, o que você tem feito pelo social? O que faz você diferente dos demais? Me mostre o seu projeto de governo? Faça estas perguntas e anote suas respostas, depois tome sua decisão analiticamente, Fazendo assim daremos um grande passo para uma transformação e/ou construção de uma sociedade mais justa e melhor para se viver.
Obrigado pela oportunidade.

 


O juiz eleitoral da comarca de Presidente Dutra Ferdinando Marco Gomes Serejo Sousa (Foto) realiza nesta quinta-feira no auditório da Gerência Regional de Saúde audiência pública. Na pauta do assunto, as eleições deste ano. Qualquer pessoa pode e deve participar da audiência e tirar suas dúvidas sobre o pleito deste ano, principalmente estudantes, prestadores de serviços, sindicatos e associações comunitárias. O juiz não quer deixar nenhuma dúvida sobre as regras eleitorais das eleições 2012. Cada dúvida será esclarecida e debatida na hora, “Nenhum participante vai ficar sem explicação”, afirma o juiz. Experiente e especialista na área eleitoral, Ferdinando Marco garante que as eleições deste ano no município serão limpas e transparentes: “Já realizei eleições em cidades, como Morros, por exemplo, onde os candidatos eram adversários políticos e mais ainda pessoais e não tive nenhum problema e aqui na comarca de Presidente Dutra, tenho certeza que vamos ter um pleito tranqüilo”, disse Ferdinando. Para provar o que está dizendo, Ferdinando Marco convidou o Secretário de Informática do TRE Gualter Lopes, responsável pelo funcionamento das Urnas Eletrônicas a participar da audiência pública. Gualter vai mostrar que o método utilizado nas Urnas Eletrônicas é 100% seguro, não tem como ser burlado. O Juiz eleitoral levará o Secretário de Infrmática do TRE também para São José dos Basílios e Joselândia, municípios subordinados à Comarca de Presidente Dutra. Ferdinando Marco informou ainda que as audiências públicas com os candidatos acontecem posteriormente.


Por Sukarno Cruz Torres

A discussão em torno de quem será o Vice-prefeito de algumas chapas para as eleições deste ano, coloca em destaque a função deste cargo.

 

Para entender, é só observarmos o processo sucessório atual de Presidente Dutra e as dificuldades de se montar chapas majoritárias com seus vices. Recentemente, temos na história de Presidente Dutra, um caso onde uma pessoa não serve para ser candidato a prefeito de um lado, mas é peça chave como candidato a Vice-prefeito de outra ala de partidos. Alguns servem apenas como marionetes, sem poder de decisão, outros são chamados para comporem as chapas na intenção de atrair o seu potencial eleitoral, e nesse caso, temos o atual ocupante do cargo de Vice-prefeito, que foi ‘campeão’ de votos em várias eleições como candidato a vereador. Infelizmente, o nobre vereador não teve como Vice-prefeito, a oportunidade nem poder de decisão que pudesse agregar valores a atual administração. Permaneceu durante todo o seu mandato inerte e subserviente, prestando serviços com demasiada submissão e, em algumas oportunidades, quando tentou se mexer e mostrar força, causou desembaraços e constrangimentos a titular do cargo.

 

Vice, do latim “em vez de”, “substituição”, não deixa de ter significado amedrontador na política, onde não há espaços vazios, onde o vácuo é imediatamente ocupado por outras pretensões, pelo mais forte ou mais oportunista. Portanto, o momento atual é bastante adequado para se especular e avaliar a real importância e consequências da escolha de parceiros de chapas.

 

A figura do Vice é tão identificada com a democracia e com a liberdade de pensamento, que não existe Vice-ditador, vice-imperador ou Vice-Papa. O Vice é personagem importante na grande maioria das instituições, sejam elas políticas ou não. É mais importante quanto mais democrática seja a instituição. Sua presença está sempre a lembrar ao principal – seja o prefeito ou o gerente, o governador ou o diretor, o presidente ou o superintendente – que ninguém é insubstituível.

 

É, pois, um alerta constante ao exercício das virtudes da humildade, da prudência, da constância e do trabalho. Inegável, no entanto, a existência de um mito em torno do Vice e sua aura de eminência parda, quase sempre oculto, nos bastidores, por existir, mas sem poder aparente, embora exale um magnetismo irresistível para a traição. Por ser fruto, muitas vezes, da composição de forças divergentes ou concorrentes, é procurado para influir junto ao poder e instado a galgar mais um degrau, tomar o lugar da frente.

 

É o que justifica ser o Vice patrono do ditado “a criatura sempre se volta contra o criador”. Sabedoria popular comprovada por inúmeros exemplos famosos da história do Brasil e do mundo. E também não tão famosos, mas encontráveis em qualquer comunidade.

 

Lembrando a história do Brasil e para nos limitarmos às últimas cinco décadas, vale lembrar o grave problema de transição provocado por Café Filho, Vice de Getúlio Vargas, que manobrou para impedir a ascensão de Juscelino Kubitischek. Este, por sua vez, teve o problemático Jango Goulart – indispensável para trazer os votos do PTB de Vargas, mas um entrave a mais para que a eleição e posse de JK fosse assimilada por setores militares golpistas. O mesmo Jango que, ao substituir Jânio Quadros, criou as condições objetivas para a Revolução de 64 que, por sua vez, recrudesceu no arbítrio para alijar Pedro Aleixo, Vice que deveria substituir Costa e Silva. Posteriormente, sem vocação para tal, o General João Figueiredo substituiu a Ernesto Geisel como solução para pacificar a caserna no episódio da sucessão. Adalberto Pereira dos Santos foi de fato o Vice-presidente do General Ernesto Geisel, mas o poder do General João Figueiredo era muito maior, que na época era o Ministro-chefe da Casa Militar do Brasil, todos o chamavam de ‘VICE’. Posteriormente o General João Figueiredo foi apontado como candidato à sucessão pelo Presidente Ernesto Geisel e concorreu para presidente na eleição de 1978 pela Aliança Renovadora Nacional (ARENA), na chapa com Aureliano Chaves para Vice-presidente. Aureliano Chaves ocupou a presidência da República por dois períodos relativamente extensos (dois meses em 1981 e cerca de um mês em 1983), devido aos problemas de saúde de João Figueiredo.Mais recentemente, frustrando a vontade política da Nação, tivemos José Sarney sendo empossado no lugar de Tancredo Neves para, no governo seguinte, ver Itamar Franco cumprindo o restante do mandato de Fernando Collor.

 

É preciso mais exemplos para mostrar a importância do Vice?

 

Agora, não há essa possibilidade, pois o vice não é votado, é eleito como o titular. Com tantos traumas com Vices, finalmente se elegeu na opinião pública – e na política em particular -, a figura do “Vice ideal”,consubstanciada no discreto e cooperativo ex-governador de Pernambuco, Marco Maciel. Até fisicamente de difícil percepção, extremamente trabalhador e religioso, não se tem notícia de que tenha o experiente ex-senador apresentado qualquer problema ao titular da Presidência da República, em já quase oito anos de mandato, tornando-se unanimemente como o modelo a ser buscado por qualquer candidato que queira agregar apoio sem, com isso, herdar problemas.

 

Não resta dúvida de que a instituição do Vice, pronto a assumir as funções do titular na ausência ou impedimento deste, é benéfica à continuidade da administração pública, apesar dos eventuais problemas políticos que possam surgir de convivência entre titular e substituto legal. Este tem, pela força da legislação, legitimidade e representatividade, resultante do processo eleitoral.

 

A Constituição Federal prevê o registro da candidatura, a eleição e posse dos chefes do Executivo, seja em nível federal, estadual ou municipal, com seus respectivos Vices, de modo que as ausências eventuais, os impedimentos do titular ou a vacância do cargo não gerem um vazio de poder até a investidura do substituto ou do sucessor legal.

 

É bom lembrarmos que a figura do Vice tem desempenhado relevante papel na história.

 

Peixoto na “velha república”, passando por Café Filho na“república nova”, e muito mais recentemente, durante a “nova república”, em duas oportunidades os Vices demonstraram sua importância para a manutenção da democracia, com a posse dos presidentes José Sarney e Itamar Franco.

 

Em Presidente Dutra, com o falecimento do Prefeito Remy Alves Soares, foi empossada para concluir o mandato, a sua Vice-prefeita, Sra. Eleusina Carvalho de Oliveira.

 

Assim, a verdadeira concepção da importância dos Vices aperfeiçoa o sistema democrático e faz valer o sufrágio eleitoral.

 

Vale lembrar também, que junto com o Prefeito, além do Vice-prefeito, vem um ‘pacote’ completo de outros apetrechos, tais como: amigos, parentes, agregados, seguidores e outros tantos sem classificação. Analise toda a árvore do processo, o futuro de nossa cidade agradece.

 

Sukarno Cruz Torres é Presidutrense, mora em São Luis, é Analista Financeiro e Técnico em Contabilidade


Hoje, 13 de maio, Dia das Mães, logo ao acordar, me deparo com informações postadas em todas as redes sociais dando conta da trágica e prematura morte do meu querido amigo Ferdinã Torres.

O acidente que vitimou nosso jovem líder aconteceu ontem, dia 12, por volta das 22h30 horas. O carro conduzido por Ferdinã, um Fiat Uno Mille, que transportava também o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Colinas, Genivaldo Fernandes e o cinegrafista da TV Consolação, Billy Christian, bateu de frente com uma carreta na BR 135, no trecho entre os municípios de Colinas e Paraibano. Todos morreram. Continue lendo no Blog do Badeco, que está de volta com novo visual e muito mais informações.


 

Recados para Orkut


Conforme informado por este blog na noite de ontem 11/05 e em primeira mão, fracassou a quarta tentativa da prefeita Irene (PRB) de tomar o controle do PTB de Biné Soares. A prefeita de Presidente Dutra Irene Soares, acompanhada do namorado e prefeito de fato Carlos Fialho, além do filho Remy Filho (Remyzinho) e dos correligionários Raimundinho da Audiolar (PTB), Messias Moares, Antônio Princesa e Toinho Veloso chegaram à sede da Secretaria das Cidades em São Luís por volta das 3:40h da tarde e em menos de 15 minutos saíram de cabeça baixa da sala do presidente do diretório estadual do Partido Trabalhista Brasileiro, Deputado Federal licenciado Pedro Fernandes. Ao que parece, Pedro Fernandes deve ter perguntado novamente para Raimundinho da Audiolar se ele queria ou não ser candidato a prefeito de Presidente Dutra, mas como sempre e por não sentir a mínima confiança no grupo da prefeita que carrega consigo mais de 80% de reprovação no seu governo, o empresário recusou ser candidato dela. Essa já é a quarta tentativa da prefeita Irene de arrancar na marra o PTB de Biné Soares. A primeira tentativa foi na noite do dia 13 de abril, na fazenda do Dr. Milton Muniz (leia aqui), quando a prefeita propôs ao empresário Raimundinho da Audiolar que pedisse ao Biné Soares parte do diretório municipal do PTB, que seria eleito no dia seguinte. Fizeram parte desta reunião, o deputado estadual Rigo Teles, o presidente da Câmara Municipal de Presidente Dutra Itamar Lucena, o médico Milton Brito Muniz e sua esposa Linete Lucena, além do corretor de imóveis Pelé. A segunda e a terceira tentativa ocorreram, respectivamente, nas cidades de Colinas e Tuntum, quando a prefeita Irene, acompanhada dos mesmos correligionários pediu ao Deputado Federal Pedro Fernandes que dissolvesse o diretório eleito no dia 14 de abril. Um integrante do Diretório Municipal do PTB se disse surpreso com a atitude de Irene:

“A imaturidade da prefeita é tanta, que ela sequer lembrou que a chapa com os integrantes do diretório municipal não poderia ser alterada um dia antes da convenção, pois conforme o regimento interno do partido, toda chapa deve ser registrada 48h antes da convenção. Assim, Biné Soares registrou a chapa no prazo correto, tanto que toda a eleição deu-se por aclamação dos filiados presentes, votando todos numa única chapa apresentada. Outro ponto esquecido pela prefeita foi o fato do próprio presidente do diretório estadual Pedro Fernandes ter assinado o livro de ata da convenção, o que configura sua aceitação dos trâmites legais que elegeram o diretório municipal. Por último, a prefeita parece estar esquecendo que todos os documentos referentes à instalação da comissão provisória, ficha de filiados, entre outros documentos encontram-se nas mãos de Biné Soares. Já a prepotência da prefeita Irene repousa na certeza dela em acreditar que o deputado Pedro Fernandes já tinha esquecido que ela abandonou o PTB na sua reeleição em 2008 indo para o PRB sem ao menos dar um até logo ao presidente do partido. Outra gafe cometida pela prefeita deu-se com a sua recusa em ao menos convidar Pedro Fernandes para a inauguração da Praça São Sebastião reformada a partir de uma emenda do parlamentar. A prefeita Irene é assim, faz e acontece, geralmente menosprezando as pessoas que lhe deram a mão, como o próprio deputado Pedro Fernandes, o Ex-Governador José Reinaldo Tavares, que lhe agraciou com o cargo de Gerente Regional de Caxias e por último com o já falecido e Ex-Governador Jackson Lago, que encheu a prefeitura de Presidente Dutra de convênios nos anos de 2007 a 2009”, concluiu o dirigente petebista.

Agora só nos resta saber se Pedro Fernandes vai cair mais uma vez nas graças de Irene ou se a Governadora Roseana Sarney entrará nessa questão partidária, uma vez que o empresário Raimundinho da Audiolar já está se preparando para pedir à governadora Roseana Sarney interferência no PTB de Presidente Dutra. Pelo menos é isso que andam espalhando partidários de Raimundinho e de Irene Soares nas ruas da cidade. Já estipularam até dia e hora que o empresário será recebido pela governadora no Palácio dos Leões: Próxima quinta-feira 17/05 as quatro horas da tarde. É aguardar para conferir depois.


Praticamente isolados por uma vida inteira, até que enfim os moradores do Povoado Santa Vitória foram lembrados. Atendendo um pedido da prefeita de Dom Pedro Arlene Costa, a governadora Roseana Sarney liberou a imediata pavimentação asfáltica da estrada que liga o Povoado Santa Vitória a Dom Pedro. O ato solene aconteceu durante um encontro político que contou com a presença do Ministro do Turismo Gastão Vieira, o Secretário de Infraestrutura Max Barros, o Secretário de Articulação Política Hildo Rocha, a prefeita Arlene Costa, o empresário Eduardo Costa e é claro a governadora Roseana Sarney.

 

Reeleição

 

A governadora, o ministro Gastão Vieira e o Secretário Max Barros reafirmaram o compromisso de continuar trabalhando pelo município de Dom Pedro e reafirmaram apoio à reeleição da prefeita Arlene Costa.


Decretos foram assinados nesta sexta-feira (12). Veja como ficam as gratificações para os professores da rede estadual.

 

Do G1 MA

O governo do Maranhão concedeu a gratificação por titulação para 7.523 profissionais da educação do grupo Magistério da Educação Básica e a progressão na carreira de 500 professores, totalizando mais de 8 mil profissionais da rede estadual de ensino.

Os dois decretos que concedem as gratificações por titulação e progressão funcional para os professores do Magistério da Educação Básica foram assinados na sexta-feira (11). Os professores contemplados com as progressões serão beneficiados com a mudança de referência dentro da mesma classe da carreira do Grupo Magistério de Educação Básica.

Com a medida, os profissionais que obtiveram, durante o exercício profissional, cursos na área de formação ou educação, irão receber gratificação por titulação da seguinte forma: atualização, aperfeiçoamento ou reciclagem que cheguem a somar 360h (acréscimo de 10% no valor do vencimento básico); pós-graduação em nível de especialização (15%); mestrado (20%) e doutorado (25%).

“Essa é mais uma ação de valorização dos docentes, uma forma de reconhecimento ao trabalho de quem contribui, e muito, para a formação dos maranhenses e se esforça para se manter atualizado na profissão”, declarou a governadora Roseana.


Em primeira mão agora às 19:00

Pedro Fernandes e Biné Soares

Em reunião que aconteceu agora a pouco em São Luis na sede da Secretaria de Cidade, o Presidente Estadual do PTB Deputado Federal Pedro Fernandes reafirmou que o Diretório Municipal do partido continua mesmo com o ex-Gestor Regional de Educação Biné Soares.

Por volta das 3:40h da tarde chegou à sede da Secretaria de Cidades o empresário Raimundinho da Audiolar (PTB) acompanhado da prefeita de Presidente Dutra Irene Soares (PRB), e do prefeito de fato Carlos Fialho. Acompanhavam também o empresário, Messias Moraes, Toinho Veloso e Antonio Princesa. A reunião durou cerca de vinte minutos. Desde ontem uma fonte garantiu que Raimundinho se reuniria com Pedro Fernandes, o estranho hoje foi a presença de Irene Soares e seus “assessores”. O blog não teve acesso ao conteúdo completo do que foi discutido durante a reunião, mas tudo leva a crer que Fernandes deva ter perguntado pela enésima vez se Raimundinho da Audiolar queria ser candidato a prefeito pelo PTB e ele mais uma vez teria respondido que não, que estava tudo desmantelado dentro do grupo da prefeita e que só disputaria a prefeitura com o apoio fechado de todo grupo irenista, principalmente Biné e a Família Soares, o que neste momento é praticamente impossível. Mais tarde volto com mais detalhes sobre este assunto.


Do blog de Luis Cardoso

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) conseguiu na Justiça Federal condenar o ex-prefeito de Dom Pedro, José de Ribamar Costa Filho, por atos de improbidade administrativa na gestão de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental (Fundef). José de Ribamar Costa Filho terá que devolver R$ 109.073,80 aos cofres públicos, com acréscimo de juros e correção monetária.

Relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE/MA) identificou três irregularidades na prestação de contas oferecida pelo ex-prefeito, referentes ao Fundef do ano de 2001: fracionamento de despesas, ausência de procedimento licitatório e não aplicação do mínimo de 60% dos recursos do fundo com pagamento dos professores do ensino fundamental.

José de Ribamar Costa fracionou despesas com o fim de evitar procedimento licitatório na aquisição de carteiras e mesas, material de construção, combustível, peças para veículos e reforma de complexo educacional de Dom Pedro. Além disso, não aplicou 60% dos recursos na remuneração, aperfeiçoamento e habilitação de professores do município.

O relatório produzido pelo TCE/MA recebeu a chancela do MPF/MA, que propôs ação de improbidade contra o ex-prefeito em 2008. Uma equipe de analistas periciais do MPF/MA foi responsável pela identificação de diversas irregularidades nas operações bancárias do ex-prefeito, referentes aos recursos do Fundef.

Na sentença, a Justiça Federal condenou José de Ribamar Costa à multa civil e ao ressarcimento do valor de R$ 109.073,80 ao erário. Determinou a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos e a proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios fiscais ou creditícios, também pelo prazo de cinco anos.


O médico cardiologista Fabrício Abraão (PRB) confirmou ao blog que vai mesmo disputar a Prefeitura Municipal de Dom Pedro. Dompedrense de nascimento, o médico Fabrício se mostra chateado por nunca ter recebido convites para trabalhar pela população do seu município: “Meu grande sonho desde criança sempre foi servir e cuidar do meu povo e nunca, nenhuma administração municipal me deu essa chance”, afirma. O caminho para isto foi entrando na política. Em companhia de lideranças como Curió e Lula montaram um grupo político e logo na primeira eleição estadual (passada) conseguiram dar uma expressiva votação (1.343 votos) ao até então desconhecido Deputado Estadual Antonio Pereira. Dr. Fabrício como é mais conhecido aposta em dois fatores para acreditar numa campanha vitoriosa do PRB: “A total ausência do eterno candidato Hernando Macêdo que só aparece em Dom Pedro em época de eleição e a administração da prefeita Arlene Costa que está deixando a desejar”, declarou Fabrício. Recentemente Fabrício Abraão esteve no povoado Santa Vitória na companhia de amigos e do Deputado Antonio Pereira onde foi muito bem recebido pelos moradores. Confira nas fotos abaixo.

Entre suas principais bandeiras de luta, duas se destacam no programa de governo do pré-candidato: Saúde e Geração de Emprego e Renda. Como profissional da área de saúde diz que vai implementar políticas públicas de saúde em todos os setores com destaque voltado para a prevenção. Fabrício Abraão chama a atenção para um filão que chegou à região e poucos prefeitos se deram conta disso, que é a exploração de gás em pleno funcionamento nos municípios de Capinzal do Norte e Santo Antonio dos Lopes. Segundo ele, somente a realização de cursos de capacitação, qualificação e especializações podem garantir os melhores empregos para profissionais do município: “Já perdemos economicamente para Presidente Dutra e agora para Santo Antonio dos Lopes, daqui a pouco seremos esmagados por estas duas cidades se não haver um choque de gestão na nossa economia municipal”, disse Fabrício. O pré-candidato do PRB se disse muito satisfeito com o apoio declarado do empresário Francisco Manoel de Sousa, o Tôtô de A Credinorte ao seu nome. Provocado por este blogueiro de qual seria a possibilidade dele (Fabrício) compor chapa com Hernando Macêdo como vice, ele foi curto e direto: “Nenhuma”. Respondeu.