Por Sukarno Cruz Torres

Um prefeito é vencedor, quando na sua gestão administrativa ele cumpre suas metas, executa o seu plano de ação e realiza seus objetivos no prazo de seu mandato. O futuro de nossa cidade seguirá dependendo de experiências projetadas através de referências do passado e vivências do presente. O tempo manda no mundo, dele depende o momento ou a ocasião apropriada para que a gestão de um prefeito se realize. Nossos filhos e netos não podem pagar um preço tão alto pelas decisões erradas tomadas por governantes que tivemos. A vida já é curta e nós a encurtamos ainda mais desperdiçando o tempo. Guardadas as devidas proporções, em Presidente Dutra, politicamente tivemos na história recente uma década perdida no tempo e direção.

Nesta última década, em um período de frustrações, sem ações importantes do governo municipal que pudessem contribuir com o desenvolvimento da cidade, ficamos parados no tempo. O crescimento de Presidente Dutra dependeu como nunca do fator sorte e da boa vontade dos nossos conterrâneos, que independente de ações políticas, souberam manter suas forças e coragens para continuar as suas lutas do dia-a-dia. Precisamos cada vez mais de inclusão social dos que ficaram menos favorecidos.

Tivemos como herança, um período longo de estagnação, mesmo possuindo um potencial sem igual. É de conhecimento de todos que temos uma excelente e estratégica localização. Mesmo assim, somente pela força do seu povo, vivemos um momento de crescimento econômico, aumento demográfico e expansão imobiliária.

Precisamos de um novo modelo de desenvolvimento, gestores com novas propostas e medidas políticas capazes de aproveitar essas mudanças. Os efeitos remanescentes da administração municipal são desastrosos. Uma década se perde não apenas pelo esgotamento dos seus políticos, procedimentos e doutrinas, mas também pela inacreditável teimosia em se admitir que o mundo não possa mudar.

Essa “Década Perdida” serve como um exemplo real de que a má administração pública, conjugada com a incompetência, pode gerar os piores frutos no âmbito político, econômico e social de um município. As grandes mudanças devem e podem começar com a participação mais efetiva da sociedade no poder.

 

Sukarno Cruz Torres é presidutrense, mora em São Luis, é Analista Financeiro e Técnico em Contabilidade

adonias

Comentar

COMENTÁRIOS (2)

  1. Conta Única

    08/05/2012

    Nosso amigo comentarista lamentavelmente errou na contabilidade, apesar de técnico no assunto. Década Perdida é aquela em que nada se realiza como a década do Agripino, Jurandy Joaquim Figueiredo. Se contabilizar as obras executadas na gestão Irene Sereno só no bairro Cibrazém verá que ultrapassou todas as outras administrações anteriores. Se quiser e o blog deixar relacionarei

    Resposta: Pode mandar.

  2. Josemi

    09/05/2012

    Amigo Sukarno, parabéns pela sua matéria, existe gestor que constroi exclusivamente pra si e para agradar os seus, tanto é que ao final da administração as obras já não existirão mais. Um exemplo é a pavimentação das ruas da nossa Cidade feitas na administração atual, em muitas ruas já não existe mais.

Deixe uma resposta









*