Situação do estado do gramado Leandrão.

A campanha do Cordino na Copa FMF, foi um fiasco a equipe mesmo disputando três partidas com o mando de campo não conseguiu marcar se quer um ponto. A onça de Barra do corda disputou 5 partidas e foram 5 derrotas sofreu 15 gols e marcou apenas 2. A performance tem preocupado o torcedor da onça.  A equipe que nasceu em 2010 a partir de uma seleção local que disputou a competição Copão Maranhão do Sul, na época os dirigentes e a prefeitura entusiasmados com o desempenho resolveram profissionalizar a equipe. Em 2010 disputou a segunda divisão e conseguiu o acesso à primeira divisão e nunca foi rebaixado. Uma equipe que revelou o maior artilheiro maranhenses dos últimos tempos, Ulisses foi artilheiro do campeonato maranhense em três temporadas, foi campeão do 1º turno do campeonato maranhense em 2017, disputou o campeonato Brasileiro da serie D , copa do Brasil, mas as atuações nos dois últimos campeonatos tem preocupado bastante seus torcedores, em 2018 ficou na 6ª colocação e este ano amargou a 7ª colocação e foi salva do rebaixamento graças ao trabalho do treinador Marlon Cutrim.

Membros da torcida organizada “Fúria da Onça” protesta contra os políticos locais.

Nos últimos anos a diretoria não tem dado condições de trabalho ao treinador e jogadores, o exemplo é o estado do gramado do estadio Leandrão, esse abandono ao estadio fez com que dos três jogos disputados no Leandrão  pela Copa FMF, dois foram com portões fechados por falta de laudos técnicos, isso é inadmissível no futebol profissional. Por tudo que tem acontecido os torcedores estão apreensíveis quanto a participação no campeonato maranhense de 2020, membros da torcida organizada “Furia da Onça” protestou com cartazes durante as partidas do Copa FMF. Vale lembrar que no campeonato de 2020 pelo regulamento duas equipes serão rebaixadas, para não amargar o seu primeiro rebaixamento é necessário que a diretoria através do presidente Bruno Cesar, faça investimentos. O Cordino estreia no Campeonato maranhense no dia 25 de janeiro no estádio Costa Rodrigues em Pinheiro-MA, contra o PAC.

Por: Dalvino Barbosa

 

Dalvino Barbosa

Professor Dalvino Barbosa.Graduado e com Especialização em Matemática, pela UEMA. Jornalista Reg. 001879/MA. Procuro sempre fazer o melhor dando o máximo da minha capacidade, Amo minha família,maranhense com muito orgulho.