Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (07-05), o Delegado Regional César Ferro informou que em depoimento prestado à polícia, Bartolomeu Ribeiro da Silva confessoU ter mandado matar sua ex-companheira Rayra dos Santos Feitosa de 25 anos de idade; crime ocorrido no último dia 2 de maio.

Delegado Regional César Ferro, o Xerifão de Presidente Dutra

De acordo com o delegado, Bartolomeu ainda tentou negar a autoria intelectual do assassinato, mas foi confrontado com o conjunto probatória levantado pelos investigadores da Polícia Civil e acabou confessando o feminicídio.

Ainda de acordo com César Ferro, quem supostamente efetuou os disparos contra a empresáriA foi Amós Américo Alves, vulgo “Negrete” que encontra-se foragido. “A polícia não tem nenhuma dúvida de que o autor intelectual (mandante) da morte da empresária é Bartolomeu Ribeiro da Silva e o executor é Amós Américo Alves, com a participação de outra pessoa”, afirmou César Ferro. Acompanhe na entrevista acima.

adonias


Facebook
Twitter
Instagram