O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Boechat morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em São Paulo.

O jornalista estava em helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via.

O apresentador José Luiz Datena reportou o acidente e a morte do colega de emissora. “Ele diria que a vida vale a pena pra caramba, em todos os seus minutos e segundos. Ele sempre usou esse tempo que teve de uma forma honesta.”

O presidente da República, Jair Bolsonaro, lamentou a morte do jornalista. “É com pesar que recebo a triste notícia do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, que estava no helicóptero que caiu hoje em SP. Minha solidariedade à família do profissional e colega que sempre tive muito respeito, bem como do piloto. Que Deus console a todos

O governador de São Paulo, João Doria, exaltou o trabalho de Boechat. “Com o falecimento de Ricardo Boechat, o Brasil perde um dos maiores jornalistas da sua história. Sua atuação diária demonstrava sensibilidade em defesa do interesse público e do jornalismo de qualidade. Toda a solidariedade a seus familiares, amigos e colegas da Rede Bandeirantes.”

O Deputado federal e Ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, se solidarizou com a família. “Meus sentimentos à família e amigos de Ricardo Boechat.”

adonias