A Polícia Civil de Barra do Corda, coordenada pelo Del Regional Renilto Ferreira e equipe de capturas, prendeu na tarde da última segunda-feira (21) João Batista da Conceição, 55 anos, pelo crime de uso de documento falso e tentativa de estelionato contra o INSS de Barra do Corda.

De acordo com o Delegado Renilto Ferreira, após investigações, “foi possível flagrar João Batista no balcão de atendimento, usando documentos adulterados/falsificados, tentando se passar por uma pessoa falecida em 2016, para o requerimento de prova de vida com o intuito de liberar o benefício deste falecido. O mesmo confessou o crime e alegou que receberia R$ 300,00 reais para tal ato”, declarou o delegado.

Ainda segundo informações obtidas por Renilto Ferreira, um comparsa de João Batista, é Jair Ferreira de Sousa de 49 anos de idade, mentor intelectual desse crime e de vários outros nesse mesmo sentido, bem como também o falsificador dos documentos apreendidos.

Jair já foi preso 03 vezes pela prática desses mesmos crimes em Barra do Corda, Tuntum e Pastos Bons. Ao perceber a chegada da viatura da polícia no INSS, conseguiu fugir.

“O Jair é apontado nas investigações como um dos principais criminosos dessa cidade e região no tocante a aplicação de fraudes contra o INSS, mediante captação de cartões de pessoas falecidas, bem como falsificação de documentos e utilização de laranjas (pessoas que recebem valores ínfimos para serem testas de ferro na prova de vida) para aplicação dessas fraudes. Estima-se que essas fraudes gerem prejuízos gigantescos ao INSS, causando prejuízo a quem realmente tem direito a tais benefícios”, arrematou o Delegado Ranilto Ferreira.

No mesmo dia, a Polícia Civil fez vária tentativas no sentido de prender Jair Ferreira não conseguiu e pede a quem souber do seu paradeiro para entrar em contato com a Polícia Civil pelo telefone (99) 99230-7936 que a sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo.

adonias