O Delegado Regional de Barra do Corda Renilto Ferreira, que investiga o crime contra a dona de casa Dalverlane Viana da Silva de 33 anos, morta a facadas na madrugada da última segunda-feira (03) em Barra do Corda quando chegava em casa supostamente pelo seu ex-companheiro, solicitou ao Instituto de Criminalística de Imperatriz, envio de peritos para Barra do Corda com o objetivo de periciar o local onde aconteceu o bárbaro crime.

O suspeito José Felipe e a vítima Dalverlane

Imagens enviadas ao Blog de Adonias Soares mostram o delegado e os agentes periciando a casa de José Felipe da Silva Sousa de 50 anos, principal suspeito de assassinar sua companheira. Também foram periciadas, roupas apreendidas por policia na casa de Felipe, que estavam lavadas e estendidas.

De acordo com Renilto Ferreira, o resultado do exame com Luminol encontrou manchas de sangue nas roupas de José Felipe e ele passa a figurar como principal suspeito do assassinato de Dalverlane.

Renito Ferreira, delegado regional

Há alguns dias, Dalverlane Viana registrou ocorrência pedindo proteção; ela alegava está sendo perseguida e ameaçada pelo ex-companheiro. Mesmo a Vara da Comarca tendo decretado as medidas protetivas, não a impediram de ser morta.

Ainda de acordo com o delegado Renilto Ferreira, as amostras de DNA do sangue encontrado nas roupas de Jose Felipe da Silva, foram colhidas para posteriormente serem confrontadas com o DNA de Dalverlane. Mas a polícia já tem convicção, mediante depoimentos colhidos nos autos, documentos encartados e perícias realizadas, de que FELIPE foi autor de feminicídio contra sua ex-companheira mediante requintes de crueldade e sem possibilidade de defesa para a mesma”, relatou Renilto Ferreira.

adonias