O delegado Idaspe  Perdigão Freire Junior, foi preso preventivamente na tarde desta quarta-feira (8); o mandado de prisão foi cumprido pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate a Corrupção (SECCOR)

Segundo a polícia, Perdigão estaria se beneficiando da venda de motocicletas apreendidas no pátio da Delegacia de Esperantinópolis, onde ele é titular. Além disso, o delegado também é suspeito de receber dinheiro de parentes de presos em troca de liberdade.

Ainda segundo a polícia, no dia 17 de Julho, a SECCOR havia prendido preventiva duas outras pessoas, o carcereiro Raimundo da Silva Barros e Ronaldo de Sousa Santos, ambos servidores da prefeitura de Esperantinópolis.

As investigações continuaram para apurar a participação de outros envolvidos nos crimes e hoje, uma equipe chegou à cidade para prender Perdigão. O delegado será levado para São Luís onde será ouvido sobre na Secretaria Estadual de Segurança Pública.

adonias